Mulher de Navalny é detida na Rússia. Mais de 800 pessoas foram presas durante manifestações

Vladimir Varfolomeev / Flickr

Alexei Navalny numa marcha de apoio a presos políticos

Dezenas de pessoas foram presas hoje durante manifestações organizadas na Rússia para exigir a libertação do opositor Alexei Navalny. Entre elas está Yulia Navalny.

Yulia Navalny, mulher do opositor russo que foi detido no aeroporto em Moscovo, foi detida este sábado durante protestos pela libertação do marido.

A mulher do ativista estava numa das 70 manifestações que estão a decorrer este sábado.

De Moscovo a Novosibirsk, a equipa do ativista anticorrupção fez apelos para que as pessoas saíssem às ruas em 65 cidades russas para protestarem contra a prisão de Navalny.

As primeiras manifestações ocorreram hoje no Extremo Oriente russo e na Sibéria, onde vários milhares de pessoas tomaram as ruas, principalmente em Vladivostok, Khabarovsk e Tchita, diante de um grande número de polícias antimotim deslocados para os locais dos protestos, de acordo com apoiantes de Navalny.

Em Yakutsk, ao sul do Círculo Polar, os manifestantes enfrentaram o frio extremo para se manifestarem, com -50 graus Celsius.

Cerca de 863 manifestantes já foram presos em 20 cidades russas, de acordo com a organização não-governamental OVD-info, especializada em monitorizar prisões paralelas às manifestações.

Um vídeo divulgado pela OVD-info mostrou dezenas de polícias antimotim a correr atrás dos manifestantes em Vladivostok.

A polícia de Moscovo já prometeu “reprimir sem demora” qualquer reunião não autorizada. O autarca de Moscovo, Sergei Sobyanin, denunciou as manifestações como “inaceitáveis” em plena pandemia.

Entre quinta e sexta-feira vários apoiantes de Navalny foram detidos pelas autoridades russas, nomeadamente a porta-voz do ativista, Kira Iarmych, que foi condenada a nove dias de prisão.

Alexei Navalny foi preso a 17 de janeiro ao voltar à Rússia, depois de cinco meses de convalescença na Alemanha devido a um envenenamento, acusado de violar as medidas de controlo judicial (por estar em condicional, relacionada a outro processo na justiça russa) ao sair do país.

Vários instituições e países já apelaram para a libertação imediata do opositor russo.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. “125 manifestantes já foram presos”

    Deve ter sido a totalidade dos manifestantes no local, que já agora deviam ser a quae totalidade dos “apoiantes” da marioneta da CIA chamado Navalny!

    Coitado do desgraçado que tem que andar nestes rodopios ridículos e inconsequentes!

    Noutros sítios, outras marionetas da mesma CIA não têm tido melhor sorte: o tal de “verdadeiro presidente” na Venezuela, a gaijita na Bielorússia … ! Enfim … !

    • Gostava de o ver a dar provas disso! Se não conseguir, não passa de mais um teórico aberrante de teorias da conspiração

  2. Olha lá ó PL tu és um comunista/fascista não pertences cá á liberdade e democracia, portanto vai viver para a Rússia ou Venezuela ou CHINA ou Coreia do norte se não gostas de cá, adeus.

  3. Caiu o nome, mas ficaram os métodos, ou pensam e agem todos da mesma forma ou são envenenados ou levam no lombo e vão até ao hotel de 5 estrelas. Por alguma razão o Putin já arranjou maneira de se eternizar no poder, por conseguinte há de ter bons guardas por detrás.

  4. Não adianta as discussões sobre o comportamento dos comunistas: marxistas, leninista/stalinistas, fascistas. nazistas ( fascistas e nazistas são frutos apodrecidos do comunismo – dois chifres do Diabo) Na Rússia, o Czar Vladimir não admite que alguém faça oposição ao seu regime tirânico e tudo depende da vontade política do Czar. E está acabado. Alexei Navalny vai ter que possuir fôlego de felino, isto é, de tigre siberiano para o enfrentamento com o CZAR de todas Rússias. É o que pensa joaaoluizgondimaguiargondim – jlg21.com@gmail.com

RESPONDER

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …

Carlos César reivindica papel do PS na construção da democracia e no combate à corrupção

O presidente do PS defendeu, esta segunda-feira, que se deveu ao seu partido o aprofundamento da democracia e os avanços no combate à corrupção, embora admitindo desvios", "erros" e "omissões num ou outro momento da …

Para eliminar "veneração do Ocidente", China quer retirar livros de Bill Gates e Steve Jobs das listas de leitura

Este mês, as autoridades chinesas ordenaram que os livros "que veneram as ideias ocidentais" e "abraçam todas as coisas estrangeiras" fossem removidos das listas de leitura e das bibliotecas nas escolas primárias e secundárias.  De acordo …

De Ronaldo a Félix. Seleção pode perder oito jogadores com a Superliga

Se a Superliga Europeia avançar, assim como as ameaças da UEFA, a seleção das quinas poderia ficar sem oito jogadores, tendo em conta a última convocatória para os jogos de qualificação para o ​​​​​​​Mundial 2022. A …

Covid-19. Ensaio clínico promove reinfeção de adultos para estudar imunidade

Cientistas da Universidade de Oxford pretendem reinfetar dezenas de pacientes adultos com a covid-19, num estudo que visa perceber os limites da imunidade e os efeitos do novo coronavírus sobre o corpo a partir do …

Linha de Fundo: Luta a dois e outros combates

Dragões de olho no líder. Benfica e Braga perdem terreno. E mais um golpe perfeito de Telma Monteiro, visto da Linha de Fundo. A noite dos guarda-redes SC Farense 0 - 1 Sporting CP (Pedro Gonçalves …