Depois de perder a filha, matemático cria robô que detecta infecções graves

Um pai conseguiu transformar a sua dor em tecnologia para salvar outras pessoas – e criou Laura, o Algoritmo da Vida.

O analista de sistemas brasileiro Jacson Fressato, de 37 anos, criou um robô inteligente que identifica pacientes com estado de infecção generalizada, ou sepsis – que em 2010 causou a morte da sua filha, com apenas 18 dias de vida.

A máquina reconhece sinais de alerta, como alterações na temperatura e nos parâmetros sanguíneos, identifica os quadros de risco e avisa a equipa médica através de monitores em postos de enfermagem.

Usando inteligência artificial, o programa “aprendeu” a identificar sinais da doença, cruzando normas de protocolos internacionais e o histórico clínico de 7.000 pacientes internados no hospital em 2016.

Para criar o robô, Fressato teve que realizar dinheiro: vendeu a casa, o carro, enclausurou-se durante 4 anos e investiu quase 300 mil euros, com ajuda de um investidor.

O sistema, incluindo a instalação e o treino de pessoal, custa cerca de 12 mil euros.

Baptizado de Laura, o robô é uma homenagem à filha de Fressato. Laura morreu em 2010, e Fressatto fez a promessa de fazer alguma coisa para ajudar a evitar outras mortes.

“O pior, não é deixar um filho a dormir no seu túmulo, o pior é pôr uma mãe a dormir à noite” diz o analista, emocionando-se.

“Eu sempre me imaginei com esposa, filhos, casa, o pacote completo. Não pude ter nada disso. Mas, se eu só me lamentasse, estaria perdido”, disse o analista, em entrevista à Folha de S. Paulo.

“Agora, temos um robô, que é igual à sepsis, que é tão invisível como a sepsis, que tem a mesma capacidade que a sepsis – mas que em vez de se deixar surpreender pela sepsis, é ele que surpreende a sepsis, é ele que surpreende os que não estão a ver os riscos que o paciente está a correr”, explica Fressato.

Mais de 600 brasileiros morrem diariamente devido à doença, segundo um levantamento do Instituto Latino-Americano da Sepsis.

“Estudos mostram que, por cada hora sem tratamento, o paciente com sepsis tem mais 8% de probabilidade de morrer”, diz a infectologista Viviane Dias.

O robô está há apenas dois meses no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba, no Paraná, e neste período já reduziu a um terço os casos de sepsis grave: até setembro deste ano, a média foi de 1,5 casos por mês. Depois de Laura, a taxa caiu para 0,5 casos mensais.

Para todos os efeitos, Laura é o Algoritmo da Vida.

PARTILHAR

RESPONDER

Nova Zelândia decreta em junho erradicação de contágios. Está há 13 dias consecutivos sem novos casos

A Nova Zelândia, país que tem sido apontado internacionalmente como exemplar no combate à pandemia de covid-19, prevê decretar a “erradicação da doença” no país no próximo dia 15 de junho. A informação foi avançada esta …

Secretário da Defesa discorda de Trump no envio de tropas para conter distúrbios. Aliados europeus afastam-se

O Secretário norte-americano da Defesa, Mark Esper, rompeu na quarta-feira com o Presidente, Donald Trump, no apoio ao envio das forças armadas para as cidades e os estados que se recusarem "a tomar as medidas …

Vai "nascer" em Arouca a maior ponte suspensa do mundo. É a esperança para fazer renascer o turismo

O Turismo de Arouca está a enfrentar dificuldades devido à quebra gerada pela pandemia, mas os empresários aguardam com expectativa a abertura daquela que será a maior ponte suspensa do mundo, já descrita como "extraordinária". Ainda …

"Será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na região de Lisboa

O presidente da Associação dos Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, considerou que "será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na Grande Lisboa, tendo em conta os números da região nos …

Atraso na partilha de informação. Responsáveis da OMS recusam responder a perguntas sobre China

Os mais altos responsáveis da Organização Mundial de Saúde (OMS) recusaram-se esta quarta-feira a responder diretamente a perguntas sobre um atraso da China na partilha do mapa genético do novo coronavírus com a agência. Três perguntas …

Espanha reabre fronteiras a 22 de junho. Portugal diz que ainda não há uma decisão tomada

Espanha vai reabrir as fronteiras com Portugal e França a 22 de junho. O país tinha planeado abrir as fronteiras ao turismo estrangeiro a 1 de julho, mas decidiu adiantar a data. Porém, Portugal diz …

Conceição critica arbitragem, mas em Espanha fala-se de penálti de Pepe "que roça o escândalo"

Os 'dragões' perderam no primeiro jogo após a retoma do campeonato. Sérgio Conceição deixou críticas à arbitragem, mas em Espanha fala-se de um penálti escandaloso... de Pepe. O FC Porto ficou com a liderança da I …

Redução do IVA, abono para crianças e incentivos para comprar elétricos. O plano de 130 mil milhões de Merkel

A chanceler alemã, Angela Merkel, anunciou esta quinta-feira um pacote de estímulo de 130 mil milhões de euros para este ano e 2021, para impulsionar a economia do país, duramente atingida pela pandemia de covid-19. Entre …

De Jorge Jesus a Bruno de Carvalho. Rui Pinto terá espiado 72 pessoas e entidades

O português Rui Pinto terá espiado 72 pessoas e entidades, acusa o Tribunal da Relação de Lisboa. A defesa do denunciante criticou a manutenção da prisão preventiva. De acordo com o acórdão do Tribunal da Relação …

Empresas podem manter lay-off até ao fim de setembro. Apoio pode chegar a 85% do salário

Os traços gerais do plano do Governo para a retoma da economia e para tentar travar a escalada do desemprego foram apresentados aos parceiros sociais, esta terça-feira, por Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade …