Pentágono encontra 1.000 “deficiências não solucionadas” no avião mais caro do mundo

As tentativas do fabricante dos caças F-35, a empresa Lockheed Martin, de melhorar o processo de manutenção dos aviões e o serviço logístico para as peças sobressalentes estão “estagnadas”, segundo avaliou o Centro de Ensaios do Pentágono.

Em particular, a disponibilidade operativa dos caças, uma “característica-chave”, está à volta dos 50%, tendo em conta que este índice tem se mantido intacto desde outubro de 2014, apesar do aumento da flotilha das aeronaves, assinala Robert Behler, diretor do Departamento de Ensaios Operativos, num relatório destinado aos altos responsáveis do Pentágono e a diferentes comités do Congresso, citado pelo portal Bloomberg.

Vale a pena ressaltar que se planeia terminar oficialmente a fase de desenvolvimento dos F-35, que durou 16 anos, no ano de 2018.

A partir de setembro, o projeto vai entrar numa fase de provas de combate intensas que culminarão com o começo da fabricação em massa.

O relatório ressalta que até hoje, já nas vésperas do fim do desenvolvimento formal, o projeto ainda sofre de problemas técnicos e viabilidade.

No total, fala-se de umas mil “deficiências não solucionadas” da aeronave. Nesta lista figuram coisas de pouca importância relativa, como os pneus pouco duradouros do veículo na versão dos Marines, o F-35B.

Por outro lado, também há assuntos cruciais, como o software do avião que ainda mantém “deficiências-chave restantes”, apesar de ter tido 31 processos de iteração desde a sua criação.

Entre os problemas-chave mencionadas pela Bloomberg estão a impossibilidade de reabastecimento em voo da versão F-35A, deficiências na interface do capacete do piloto, problemas classificados com lançamento de mísseis ar-ar AIM-120 e o emprego do armamento de ataque ao solo, assim como o facto da base de dados completa sobre os possíveis adversários (aviões e sistemas de defesa antiaérea chineses, russos, sírios e iranianos) não estar disponível até aos finais de 2019.

Finalmente, o problema com a logística das peças sobressalentes tem piorado devido ao algoritmo de autodiagnóstico imperfeito que costuma qualificar como “deficientes” componentes que nunca falharam.

Deste modo, o relatório resume que a fase das provas de combate, “a mais confiável na hora de determinar o desempenho nas missões reais”, não será terminada até dezembro de 2019.

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Para não o mandar para a sucata, os americanos vão começar a vender aos seus aliados, Portugal incluído, porque até fica bem ficarmos equipados com aviões modernos.

RESPONDER

Documentário "low cost" afirma que Jesus era, afinal, um filósofo grego

O documentário Bible Conspiracies (Conspirações Bíblicas, em tradução livre), disponível na Amazon Prime desde novembro de 2017, tem dado que falar. Durante o filme, realizado em 2016, são proferidas várias afirmações que contrariam o que …

Choupette já é a gata mais rica do mundo e pode herdar fortuna de Karl Lagerfeld

A gata do estilista Karl Lagerfeld, Choupette, pode ser uma das beneficiárias da sua fortuna de mais de 170 milhões de euros. Não é que o felino precisasse, já que tem, só por si, um …

Gravuras rupestres descobertas na Serra da Gardunha

Um conjunto de rochas com gravuras rupestres foi descoberto na Serra da Gardunha, Fundão, e a primeira análise indica que serão do período entre o Calcolítico e a Idade do Bronze, disse o arqueólogo Martinho …

Cinco telemóveis são apreendidos por dia nas prisões portuguesas

O número de apreensões de telemóveis, drogas e armas brancas nas prisões portuguesas caiu em 2018. Ainda assim, foram confiscados 1934 aparelhos, o que dá uma média superior a cinco por dia. Para os guardas prisionais, …

Estado vai dar incentivo de 250 euros para compra de bicicletas elétricas

Visando impulsionar o uso de veículos mais verdes, o Governo vai conceder um incentivo de 250 euros para a compra de uma bicicleta elétrica. Os detalhes das novas regras deverão ser anunciadas já nos próximos …

Lisboa em primeiro lugar no ranking das cidades mais atrativas para investir

A capital portuguesa subiu do 10.º para o 1.º lugar no ranking das cidades mais atrativas para investir, da PricewaterhouseCoopers, avança a Visão. Lisboa foi alvo de uma ascensão sem precedentes, subindo do 10.º para o …

O Sol vai brilhar e os termómetros vão chegar aos 26 graus este fim de semana

As temperaturas máximas vão subir e o fim de semana promete ser solarengo, com os termómetros a chegarem aos 26 graus Celsius. A temperatura máxima vai subir nos próximos dias em Portugal continental, com a máxima …

Lidl deixa de vender sacos de plástico em Portugal

O Lidl Portugal vai deixar de vender sacos de plástico em todas as suas lojas no mercado português até ao final do ano, medida que será faseada e arranca em maio na região Norte, anunciou …

As mulheres ganham menos 2464 euros do que os homens por ano

Em média, as mulheres em Portugal ganham menos 176 euros por mês do que os homens. Anualmente, cria-se um fosso de 2464 euros, segundo dados de 2017 acedidos pelo Diário de Notícias. O diário avança estes …

Vem aí um novo Cartão de Cidadão e vai ser igual ao dos restantes países da UE

O Cartão do Cidadão vai mudar. As alterações serão residuais e poderão ser observadas já a partir de 2021, ano limite para que se atualize o formato de todos os documentos de identidade na União …