Pentágono revela que a China atacou um avião militar dos EUA com uma arma laser

Um navio de guerra da Marinha chinesa disparou, na semana passada, um laser num avião de reconhecimento das forças armadas dos Estados Unidos no Mar das Filipinas.

O incidente aconteceu a 600 quilómetros a oeste da ilha de Guam, que é um dos territórios dos Estados Unidos e sede de várias das suas bases militares. A Marinha norte-americana revelou o sucedido esta quinta-feira em comunicado.

Os navios de guerra chineses possuem armas a laser de alta energia altamente destrutivas que podem cegar os pilotos. O alvo do ataque foi uma aeronave militar de vigilância Boeing P-8 Poseidon que sobrevoou águas internacionais, de acordo com o Pentágono, e não foi danificada. O avião tinha deixado a Base Aérea de Kadena na cidade japonesa de Okinawa.

A Frota do Pacífico nos Estados Unidos é responsável pelas missões de vigilância nos mares da Ásia. Em comunicado, citado pela ABC, a Marinha disse que “as armas laser podem causar sérios danos às tripulações e marinheiros, bem como aos sistemas de navios e aeronaves”, e descreveu o ataque como “muito arriscado” e “imprudente”.

Em declarações à CNN, oficiais militares norte-americanos disseram que a medida foi suficientemente agressiva para provavelmente provocar um protesto diplomático formal dos Estado Unidos.

Este incidente ocorre após meses de tensões entre Washington e Pequim no alto mar, devido ao crescente expansionismo naval da China na Ásia.

Há algumas semanas, o chefe do Pentágono, Mark Esper, disse que “nós vimo-los tomar e militarizar ilhas no Mar da China Meridional e modernizar rapidamente as suas forças armadas, enquanto procuramos usar tecnologias emergentes para alterar o equilíbrio de poder e remodelar o mundo a seu favor e muitas vezes à custa de outros”.

Entre essas novas armas estão as poderosas armas laser usadas na semana passada.

ZAP //

 

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Relatório revela envolvimento da Igreja Católica em 100 casos de pedofilia na Polónia

Uma comissão estatal que analisou as denúncias de crimes de pedofilia registadas na Polónia entre 2017 e 2020 denunciou na terça-feira que quase um terço dos casos estudados, num total superior a 300 processos, envolvem …

Polícias voltam aos protestos por causa do subsídio de risco em dia de nova reunião com o Governo

Elementos da PSP e da GNR voltam esta quarta-feira aos protestos por causa do subsídio de risco, uma concentração que vai decorrer enquanto os sindicatos e associações socioprofissionais estão reunidos no Ministério da Administração Interna …

Vieira continua em domiciliária. MP vai pedir reforço de garantias de caução

O Ministério Público (MP) vai pedir reforço de garantias de caução por entender que o uso das ações da SAD do Benfica não é a forma apropriada. O Correio da Manhã avança, esta manhã, que o …

Investigadores suecos pagam 23 dólares a quem se vacinar contra a covid-19

Recompensa surge no âmbito de uma pesquisa que pretende avaliar o nível de eficácia de diferentes incentivos à vacinação contra a Covid-19. O estudo conta com a participação de 8.200 voluntários com menos de 60 …

Costa diz que Estado se curva "perante a memória" de Otelo. Mas BE condena ausência de luto nacional

O primeiro ministro, António Costa, e o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, decidiram não declarar luto nacional pela morte de Otelo Saraiva de Carvalho, Capitão de Abril. A líder do BE e o …

Catarina Martins volta a bater o pé e Jerónimo sublinha: "Ainda não há Orçamento"

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta terça-feira, o Bloco de Esquerda, o PCP e o CDS, em mais uma ronda de reuniões com os partidos com assento parlamentar. Se o objetivo do Presidente da República era …

Simone Biles, Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Simone Biles. O ouro olímpico não é sinónimo de paz, muito menos interior

Na sequência do escândalo Nassar, a opinião pública dos EUA concordou que não valia tudo no caminho até ao ouro olímpico — principalmente quando está em causa a dignidade humana. Com a sua principal estrela …

"Sinto que desci ao inferno". Polícias recordam ataque ao Capitólio

"É assim que vou morrer", "sinto que desci ao inferno" e "corri o risco de ser morto" são alguns dos relatos de polícias que presenciaram a invasão ao Capitólio. Começaram as audiências na comissão da Câmara …

Pandemia aumentou o preço dos carros usados. Venda de veículos novos caiu a pique

A procura por usados aumentou com a pandemia. Com menos carros novos a saírem dos concessionários, também por causa da crise dos chips, a oferta de usados é escassa, levando os preços a subirem. Um choque …

Jogos Olímpicos: três polémicas de arbitragem em 24 horas

Depois da pontuação controversa no surf, uma decisão que quase ninguém entendeu, no basquetebol, e uma revisão discutível no judo. A arbitragem não é, ou não é suposto ser, o foco de qualquer edição dos Jogos …