/

Pela primeira vez em 45 anos, uma casa vitoriana “flutuou” pelas ruas de San Francisco

1

A manhã de 21 de fevereiro em San Francisco, nos Estados Unidos, foi um pouco diferente do normal: uma casa vitoriana passou a “flutuar” pelas ruas da cidade.

De acordo com o BuzzFeed News, uma equipa de trabalhadores conseguiu arrancar e transportar uma casa de 139 anos inteira para um novo local na cidade de San Francisco.

O esforço para mover a histórica casa exigiu mais de um ano de planeamento. As luzes da rua e as linhas de energia tiveram de ser removidas e os parquímetros foram arrancados para que a casa vitoriana, conhecida como Englander House, pudesse chegar ao seu destino final.

No domingo passado, pelas 7h20, espetadores perplexos assistiram à cena e seguiram a casa de 807 Franklin Street para 635 Fulton Street. De acordo com SF Gate, a casa de estilo italiano foi movida por camião com uma carreta hidráulica operada remotamente.

Esta foi a primeira vez em 45 anos que uma casa vitoriana em San Francisco foi realocada desta forma.

“É a maior emoção que tive em 10 anos”, disse Camilla Blomqvist, uma moradora local, citado pelo All That’s Interesting. “E se tombar?”

A casa tem um design personalizado e 1,5 quilómetros quadrados de espaço. Pessoas familiarizadas com a arquitetura vitoriana notarão que esta casa não foi construída num estilo templado, mas projetada com um toque pessoal. Tudo começou em 1869, com um arquiteto alemão chamado Wildrich Winterhalter.

Depois de se mudar para San Francisco em 1869, o imigrante começou a construir grandes fábricas de tijolos para outros clientes alemães. Winterhalter também projetou casas para aqueles que o procuravam, sendo a casa vitoriana recentemente realocada uma das quatro que ainda estão de pé na cidade.

“Era uma casa projetada por um arquiteto, sem dúvida”, disse Ian Berke, o agente imobiliário que listou a casa em 2013. “Há todos estes detalhes luxuosos. Molduras elaboradas, cornijas, uma escadaria deslumbrante e belos corrimões. Está incrivelmente intacto, embora estivesse em péssimas condições. É uma grande e importante peça de arquitetura”.

A casa foi construída em 1882 por Max Englander, que era dono de uma empresa de carruagem com o seu filho Aaron. Posteriormente, a propriedade foi abandonada e ficou em mau estado até ser comprada em 1990. O proprietário morou lá até 2013, quando declarou falência.

Agora, a Englander House está a ser transferida pelo seu último proprietário para um necrotério na Fulton Street. O necrotério também teve de ser movido 3,6 metros para abrir espaço para a entrada da casa. Os edifícios serão combinados num novo complexo de apartamentos, com 10 unidades no necrotério e sete na Englander House.

O lote de 22 metros em que a casa anteriormente estava será transformado num complexo de apartamentos de 47 unidades e foi comprado por 2,65 mil dólares.

Este tipo de operações não são tão raras com se possa pensar. As propriedades de San Francisco eram tipicamente feitas de sequoia, que é bastante leve e facilmente móvel. Com uma cidade em constante fluxo, não era incomum que propriedades, tanto históricas como novas, fossem realocadas.

Em 1900, havia 19 empresas de mudanças que se ofereciam especificamente para transportar casas de uma morada para a outra.

A Sociedade Histórica de San Francisco registou o processo num filme para fins educacionais, mas ainda não há uma data de lançamento definida.

  Maria Campos, ZAP //

1 Comment

  1. A casa de dois andares tinha 1,5 Km2 de espaço 🙂 e o terreno de 22 mtr. foi vendido por 2,65 mil dolares = 2.385 Euros.
    Pechincha para as Heights 🙂

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.