Pela primeira vez, cientistas viram chimpanzés a matar gorilas

Sebastian Niedlich (Grabthar) / FLickr

Investigadores testemunharam, pela primeira vez, chimpanzés e gorilas a lutar entre si, confrontos esses que provocaram a morte de alguns deles.

De acordo com o site Science Alert, as duas disputas foram observadas no Parque Nacional Loango, no Gabão, em 2019. Em ambas, foram os chimpanzés a instigar os ataques e os que acabaram por sair vencedores (e nas duas vezes um gorila bebé acabou sem vida).

Num novo estudo que documenta estas lutas, publicado esta segunda-feira na revista científica Scientific Reports, uma equipa de cientistas tenta perceber o que pode estar por trás desta situação incomum.

“As nossas observações fornecem a primeira evidência de que a presença de chimpanzés pode ter um impacto letal nos gorilas”, disse Tobias Deschner, primatologista do Instituto Max Planck de Antropologia Evolutiva e um dos autores da pesquisa.

O primeiro caso, em fevereiro de 2019, envolveu 18 chimpanzés e cinco gorilas (um líder, três fêmeas adultas e um bebé) e durou 52 minutos. Os chimpanzés encontraram os gorilas pelo caminho quando voltavam de uma ida aos territórios vizinhos.

A segunda interação, em dezembro do mesmo ano, envolveu 27 chimpanzés (alguns dos quais envolvidos no primeiro incidente) e sete gorilas (um líder, três fêmeas adultas, um jovem e dois bebés) e durou 79 minutos. Neste caso, os chimpanzés encontraram os gorilas no início de uma patrulha pela fronteira do território.

Nos dois casos, os chimpanzés conseguiram separar os bebés das mães e matá-los, sendo que, no segundo incidente, o bebé foi comido pelos chimpanzés. Os outros gorilas escaparam, enquanto alguns chimpanzés ficaram feridos no primeiro confronto.

Segundo o mesmo site, os investigadores acham que os chimpanzés podem ter visto os gorilas bebés como presas, ou que estavam a competir por comida, ou ainda que as lutas seriam por uma questão de território.

Com isso em mente, é possível que estas lutas possam ser mais comuns do que mostram os registos, mas é importante destacar que os casos que acabaram com vítimas mortais aconteceram durante alturas do ano em que os alimentos eram mais mais escassos.

“Estamos apenas no início no que toca a entender os efeitos da competição nas interações entre as duas espécies em Loango”, disse a bióloga cognitiva Simone Pika, da Universidade de Osnabrück, que também assina o estudo.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Nada como os partidos de esquerda convocarem uma manifestação contra o racismo, pois deve ser disso que se trata e assim poderão talvez resolver a situação!

  2. Mas é mesmo isso, sobrevivênsia animal, são duas espécies, por alguma razão os chimpanzés não querem os gorilas por perto, até que provavelmente tem que compartilhar alimentos e território, sendo eles primos dos humanos e primatas, está tudo explicado, alguns humanos no dinheiro, nos votos, e alguns até na religião, parecem primatas.

  3. Este artigo fez-me ir pesquisar sobre primatas, fiquei esclarecida de algumas dúvidas, muito bom este artigo, muito obrigada.

RESPONDER

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …

Em Inglaterra, há crianças de 16 anos que vão passar a viver em alojamentos não regulamentados

A 9 de setembro, foi aprovada uma nova lei em Inglaterra, segundo a qual as crianças com 16 e 17 anos podem ser colocadas em alojamentos não regulamentados. O sistema de acolhimento de crianças inglês está …

Suspeitos numa mota sem matrícula dispararam na direcção de candidata do CDS

A candidata do CDS à Junta de Freguesia de Palmela, em Setúbal, foi surpreendida, na noite de sexta-feira, por disparos de caçadeira, protagonizados por "duas pessoas sem capacete", numa mota sem luzes, nem matrícula. O incidente …

Jerónimo diz que conquista de Guimarães só é possível "milho a milho"

O secretário-geral do PCP defendeu, esta sexta-feira, que a presença da CDU na autarquia de Guimarães só pode ser reconquistada “milho a milho”, na noite em que a dirigente do PEV Heloísa Apolónia integrou a …

Parlamento aprovou Constitucional em Coimbra (mas PS ainda pode chumbar a saída de Lisboa)

O Parlamento aprovou, na generalidade, a proposta do PSD para transferir o Tribunal Constitucional (TC) e o Supremo Tribunal Administrativo (STA) de Lisboa para Coimbra. Mas a mudança só poderá ser concretizada depois da votação …

Concluídas obras de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame em Paris

A fase de segurança e consolidação da catedral de Notre-Dame, em Paris, quase destruída num incêndio há mais de dois anos, terminou, dando lugar à etapa de restauro, anunciaram este sábado as autoridades. Em 15 de …