Pedro Pinho com processo disciplinar e suspenso preventivamente

(cv) TVI

O agente Pedro Pinho

O Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) instaurou um processo disciplinar ao empresário por “alegadas agressões praticadas contra jornalista” e suspendeu preventivamente o agente por 20 dias.

“Instauração de processo disciplinar a José Pedro Silva Maia Pinho, por deliberação da Secção Profissional, de 28 de abril de 2021, tendo por objeto alegadas agressões praticadas contra jornalista. Determinou-se a medida cautelar de suspensão preventiva do agente desportivo pelo prazo máximo de 20 dias regulamentarmente admissível”, lê-se no comunicado do Conselho de Disciplina da FPF.

No mesmo comunicado, o CD revelou que, após uma participação da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), também instaurou um processo disciplinar ao FC Porto e ao seu diretor de comunicação, Francisco J. Marques, por “declarações proferidas na comunicação social, sob o enfoque das ofensas à honra ou consideração de agentes desportivos”.

O organismo acrescentou que os dois processos foram hoje enviados à Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, “ficando excluída a publicidade até ao fim da instrução”.

A alegada agressão do agente, que já motivou a abertura de um inquérito por parte do Ministério Público, e as declarações do FC Porto e do seu diretor de comunicação aconteceram esta segunda-feira, após o empate dos dragões no terreno do Moreirense (1-1), num encontro da 29.ª jornada da I Liga que deixou os campeões nacionais a seis pontos do líder Sporting.

Esta quarta-feira, numa entrevista ao Porto Canal, o presidente portista, Pinto da Costa, afirmou que não viu “nenhuma agressão”, nem viu ainda “nenhuma imagem em que se veja o Pedro Pinho a agredir seja quem for”.

“O que vi na altura foi ele a querer tirar a máquina e a tapá-la para não deixar filmar. “Não estou a dizer que houve ou que não houve. Eu não vi, nem vi ainda nenhuma imagem em que veja Pedro Pinho a agredir aquele senhor. Agora, qualquer ato de violência, o FC Porto e eu, particularmente, rejeito, censuro e não posso aceitar”, declarou o dirigente.

Em declarações ao jornal desportivo Record, Pedro Pinho garantiu estar “arrependido” pelo “ato irrefletido” que protagonizou, mas assegurou não ter “agredido fisicamente” o repórter da TVI.

“O que pretendo deixar claro é que não agredi fisicamente o repórter em questão. Estou arrependido do meu ato irrefletido, que resulta em grande parte da emotividade do momento, dado que nunca me vi envolvido em qualquer caso comparável. Aproveito esta oportunidade para pedir desculpas publicamente ao jornalista e a todos os adeptos do futebol”, salientou.

Questionado sobre as declarações do líder do PSD, Rui Rio, o agente quis também aproveitar a oportunidade “para perdoar a algum bandalho que tenha falado demais”, aludindo ao termo usado pelo social-democrata.

No final do jogo, Sérgio Conceição foi expulso, por protestos junto do árbitro da partida, tendo sido o castigo conhecido esta quarta-feira. O treinador foi suspenso por 21 dias, tendo igualmente que pagar uma multa de 10.200 euros.

Por essa razão, o técnico portista vai falhar os próximos quatro jogos da sua equipa (Famalicão, Benfica, Farense e Rio Ave) e regressa na última jornada do campeonato, diante do Belenenses SAD.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu Bo, o cão de água português de Barack Obama

Bo, o cão de água português que o ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, adotou em 2009 morreu este domingo com 13 anos, em consequência de um cancro, anunciou o político nas redes sociais. O cão …

Futuro pós-vacinação entre reforço de dose, controlo de variantes e medicamentos

A incerteza sobre a duração da imunidade das vacinas contra a covid-19 deixa o futuro do combate à doença entre o reforço da vacinação, a monitorização de novas variantes e o desenvolvimento de terapêuticas alternativas, …

Presidente da República promulga Carta de Direitos Humanos na Era Digital

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou este sábado a Carta de Direitos Humanos na Era Digital, aprovada em abril na Assembleia da República, segundo uma nota divulgada no site da Presidência. A lei, …

Depois de 17 anos no subsolo, biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos

Biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos. O aviso é de um grupo de cientistas que alerta que, dentro de alguns dias ou semanas, as cigarras da Ninhada X vão surgir depois de 17 …

Foguetão chinês regressou à Terra (e a maior parte desintegrou-se)

Um importante segmento do foguetão chinês desintegrou-se este domingo ao reentrar na atmosfera terrestre e caiu no oceano Índico, perto das Maldivas, anunciou a agência espacial da China. "De acordo com o percurso e análise, pelas …

"Se eu encaixar, eu sento-me." Os gatos adoram caixas ilusórias

Qualquer amante de gatos sabe que estes animais têm uma predileção inata por se sentarem em espaços fechados, mesmo que o espaço seja apenas um contorno bidimensional de um quadrado no chão.  Os cientistas analisaram esta …

Jet pack da Marinha britânica. Fuzileiros navais testam macacão Gravity em exercício de embarque

Quem melhor do que as organizações militares para testar e usufruir dos jet packs? A Marinha Real Britânica e os Fuzileiros Navais reais testaram um macacão a jato, desenvolvido pela empresa Gravity Industries. Esta semana, a …

Marés de Júpiter podem ajudar a perceber a história do Sistema Solar

Uma equipa de investigadores detetou uma pequena perturbação gravitacional em Júpiter. A descoberta pode ajudar a investigar o interior do planeta e perceber melhor a história do Sistema Solar. "Se você tentasse mergulhar em Júpiter, nunca …

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …