Investigadores procuram pedras para substituírem as danificadas no incêndio de Notre-Dame

(h) Benoit Moser, BSPP / EPA

Incêndio na Catedral de Notre-Dame de Paris

O Instituto francês de Investigação Geológica e Mineira e o organismo público que gere as obras em Notre-Dame lançaram um programa para identificar e selecionar pedras compatíveis com o edifício e substituir as que ficaram danificadas no incêndio.

Num comunicado divulgado, os responsáveis pela reconstrução e restauro da catedral referem que o incêndio de 15 de abril de 2019 danificou elementos “importantes” da construção, sendo necessário encontrar uma grande quantidade de pedras que sejam semelhantes às do monumento.

O programa de pesquisa agora divulgado traduz-se na identificação, caracterização e seleção de pedras “estética e fisicamente compatíveis” com as danificadas e servirá, também, para criar um guia de referência metodológica para a catedral de Notre-Dame e outros monumentos da região de Paris.

A investigação, que teve início em julho, consiste no estudo geológico de pedreiras e testes laboratoriais com diversas amostras, e é realizada por geólogos, técnicos de laboratório e outros especialistas em sedimentos e geomática.

As pedras originais da catedral foram extraídas do subsolo da cidade, de uma vasta zona de rochas calcárias que se formou há mais de 41 milhões de anos e onde ainda existem cerca de uma dezena de pedreiras.

Durante esta pesquisa, os investigadores vão estudar as características destas pedras com o objetivo de encontrar as mais adequadas para a restauração da catedral. O porta-voz do Governo francês Gabriel Attal indicou que o Presidente Emmanuel Macron mantém o objetivo de que as obras fiquem concluídas em 2024.

A catedral encontrava-se em obras de restauro no seu exterior quando, em abril de 2019, deflagrou um violento incêndio que demorou cerca de 15 horas a ser extinto. A origem acidental do incêndio, um curto-circuito, continua a ser privilegiada, embora a causa do fogo não esteja esclarecida, e os resíduos calcinados deverão ser analisados ao pormenor para detetar o menor indício.

As obras de Notre-Dame têm enfrentado vários imprevistos, desde a necessidade de adotar medidas contra a contaminação por chumbo até à crise do novo coronavírus, passando pelo mau tempo no final de 2019, mas foram retomadas no final de abril do ano passado.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Bispo do século XVII foi enterrado com um feto. Cientistas já sabem porquê

Cientistas já sabem porque é que foi encontrado o cadáver de um feto junto dos restos mortais de um antigo bispo de Lund, na Suécia. Peder Pedersen Winstrup foi um bispo de Lund, cidade na atual …

Detenção da autarca de Vila Real de Santo António surpreende PSD. Deputado do PS envolvido no negócio

Esta terça-feira, a presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, Conceição Cabrita, foi detida por suspeitas do crime de corrupção num negócio de imobiliário em Monte Gordo.  Fonte da direção do PSD disse, …

Atraso com vacina da Johnson não altera metas do plano de vacinação

O anúncio desta terça-feira do atraso da distribuição da vacina da Johnson & Johnson na Europa não vai afetar o plano de vacinação em Portugal, garantiu a task force. Mais um contratempo para o processo de …

Descoberta de bactérias comedoras de metano numa árvore comum pode ser boa notícia

A descoberta de bactérias que "comem" metano numa árvore australiana comum pode ser uma boa notícia no desafio de reduzir a emissão de gases com efeito de estufa. As árvores são os pulmões da Terra, uma …

Rio diz ser "desejável" que PSD Madeira e Açores excluam Chega de coligações

Em Portugal Continental, o PSD não aceita coligações com o Chega para as próximas autárquicas, sublinhou Rui Rio, que deseja que o mesmo princípio seja seguido nas Regiões Autónoma. Esta terça-feira, Rui Rio reiterou que …

Marcelo começa a despedir-se da emergência e passa a bola ao Governo

Depois do 15.º estado de emergência e com a situação mais controlada, o Presidente da República entende que o ideal é o Governo começar a procurar alternativas legais. Marcelo Rebelo de Sousa espera que o 15.º …

EDP abdicou de decisão do Fisco antes de vender barragens

A EDP abdicou de uma prerrogativa prevista na lei que permitia à Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) abrir um procedimento de inspeção prévio antes de concluir a venda das seis barragens ao consórcio francês da …

O chapim-real tem uma cultura (e os "imigrantes" mudam-na para melhor)

Uma equipa de cientistas da Universidade de Konstanz e do Instituto Max Planck, na Alemanha, descobriu que os chapins-reais são capazes de mudar a sua cultura para se tornarem mais eficientes. Nos animais, "cultura" é qualquer comportamento …

Cabrita promete "as mais profundas transformações" na PSP, GNR e SEF

O ministro da Administração Interna disse esta terça-feira que as reformas que o Governo está a fazer na PSP, GNR e SEF são "as mais profundas transformações" realizadas nas forças de segurança "desde há …

Medina diz que o comportamento de Sócrates "corrói o funcionamento da vida democrática"

Os dirigentes socialistas têm estado num silêncio sobre o caso José Sócrates. Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa, reagiu, afirmando que a acusação do juiz de instrução Ivo Rosa é de "enorme gravidade …