PCP quer salários a 100% e proibir despedimentos para viabilizar OE Suplementar

António Cotrim / Lusa

O secretário-geral do Partido Comunista Português (PCP), Jerónimo de Sousa

O PCP impôs algumas condições para garantir a viabilização do Orçamento Suplementar na especialidade. Os comunistas querem o pagamento dos salários a 100% e a proibição de despedimentos.

O Orçamento Suplementar foi aprovado, na generalidade, esta quarta-feira. No entanto, o PCP já tem algumas cartas na manga para a discussão na especialidade. Os comunistas querem proibir os despedimentos, pagar salários a 100% e aumentar o número de camas nos cuidados intensivos.

Nesta panorama de pandemia, a prioridade do PCP é a ajuda às famílias, às pequenas empresas e ao reforço dos serviços públicos, realçou a deputada Paula Santos. Além disso, o partido identificou vários apoios para os quais não encontram uma verba correspondente na atual versão do Orçamento Suplementar, escreve o Expresso.

Não só o PCP pede que sejam proibidos todos os despedimentos, como exige a readmissão de todos os trabalhadores que foram despedidos desde 1 de março. Além disso, pedem o pagamento de 100% do salário dos trabalhadores que estão atualmente em lay-off. Os comunistas reforçam que não se pode excluir ninguém.

Para aqueles que não são abrangidos por nenhuma ajuda, o PCP sugere criar um apoio no valor de 438,81 euros. Os comunistas querem também transformar os vínculos de quem foi contratado para respostas temporárias à pandemia em contratos efetivos e reiteram um complemento de salário de 20% aos trabalhadores de serviços essenciais.

O partido liderado por Jerónimo de Sousa quer ainda rever o valor da mensalidade das creches e reforçar as contratações no Serviço Nacional de Saúde. Segundo o Expresso, no âmbito das empresas, o PCP propõe alargar as condições de acesso a ajudas, devolver antecipadamente às empresas mais pequenas os pagamentos especiais por conta e proibir o apoio às que tenham sede fiscal em offshores.

O imbróglio da TAP também não foi esquecido, num tema em que o PCP propõe que se nacionalize a companhia aérea portuguesa. Ainda no mês passado, o PCP formalizou uma proposta que defende que o Estado deve recuperar o controlo da TAP, adotando uma posição maioritária no seu capital e assumindo “todos os direitos sobre a gestão”.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O PCP não quer despedimentos, mas ele pode despedir os seus funcionários, quer a exclusividade só para ele. bem prega Frei Tomas faz o que ele diz não o que ele faz.

    • O nosso dinheiro quando é gerido pelo pcp é bem gerido. Dá para comprar máscaras a preços absurdos a agências de viagens, para contratar uns familiares para mudar umas lâmpadas por 120 mil euros ano… Eles tratam-se bem

RESPONDER

Rússia acusa Navalny e aliados de extremismo em novo processo

A Rússia intensificou a campanha contra o opositor do governo Alexei Navalny, abrindo esta terça-feira um novo processo judicial, que poderá levá-lo a cumprir uma pena de prisão de mais uma década. Navalny cumpre dois anos …

Governo demite Chefe do Estado-Maior da Armada. Gouveia e Melo provável sucessor

O ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho, vai propor ao Presidente da República a demissão do Chefe do Estado-Maior da Armada, confirmaram hoje à Lusa fontes ligadas à Defesa. O Governo propôs ao Presidente da …

Borussia Dortmund 1-0 Sporting | Um Mal(en) que veio só… e foi suficiente

O “bicho papão Haaland não jogou, mas nem assim os “leões” conseguiram contrariar o maior poderio germânico. O Sporting saiu de Dortmund com uma derrota, apesar da excelente réplica no Signal Iduna Park, e muito por …

FC Porto 1-5 Liverpool | Dragão atropelado em casa

O Liverpool é uma espécie de “besta” em tons de “red” para o FC Porto. Em nove jogos oficiais, os “azuis-e-brancos” nunca venceram, somando 3 empates e 6 derrotas, a mais recente foi pesadíssima e …

China desenvolve arma invisível capaz de destruir redes de comunicação em dez segundos

Uma equipa de cientistas chineses está a desenvolver uma arma sónica, que gera um intenso pulso eletromagnético, capaz de destruir redes de comunicação e de fornecimento de energia elétrica. A arma poderá ter um alcance …

Dezenas de mulheres abusadas por funcionários da OMS na República Democrática do Congo

Dezenas de mulheres e meninas foram abusadas sexualmente por voluntários da Organização Mundial de Saúde (OMS) destacados para enfrentar o Ébola na República Democrática do Congo (RDC), entre 2018 e 2020, concluiu um inquérito independente …

Evolução de parasita está a tornar mais difícil detetar e tratar a malária

Uma mutação do parasita que causa a malária está a "camuflar" as proteínas que são identificadas nos testes rápidos, tornando mais difícil detetar e tratar a doença. De forma semelhante aos testes à covid-19, baratos e …

Banguecoque em alerta. Mais de 70.000 casas inundadas na Tailândia

As autoridades tailandesas têm feito esforços para proteger partes de Banguecoque das cheias, que já inundaram 70.000 casas e mataram seis pessoas nas províncias no norte e centro do país. A tempestade tropical Dianmu causou cheias …

Exilados sírios obrigados a pagar taxas para evitar o alistamento obrigatório

No início deste ano, Yousef, um sírio de 32 anos que vive na Suécia, teve que pagar as taxas que lhe isentavam da obrigatoriedade de se alistar no exército da Síria, caso contrário a família …

Portugal tem cerca de 8.200 pessoas em situação de sem-abrigo, mais de metade em Lisboa

Estima-se que, em 2020, cerca de 485 pessoas tenham abandonado esta condição, o que representa uma descida de 39% face a 2019. Portugal terá cerca de 8.200 pessoas em situação de sem-abrigo, segundo os resultados de …