“Injustamente, Passos Coelho levou com o rótulo de perigoso liberal”

horasis / Flickr

Miguel Pinto Luz

Miguel Pinto Luz, candidato à liderança do PSD, não tem medo de o admitir: sem contar com Sá Carneiro, o presidente do PSD com quem tem mais afinidade é Pedro Passos Coelho.

No programa Bloco Central, da TSF, Miguel Pinto Luz disse: “Identifico-me mais com Passos Coelho, mas chamo-me Miguel Pinto Luz”. Sem margem para dúvidas, o presidente do PSD com quem Miguel Pinto Luz tem mais afinidades é Pedro Passos Coelho. “Injustamente, levou com o rótulo de perigoso liberal.”

Pinto Luz afirmou ainda que irá apresentar um programa diferente daquele que Rui Rio apresentou nas últimas eleições. No topo das suas prioridades está o Serviço Nacional de Saúde (SNS) que “está a ser desmantelado” ao ponto de qualquer dia não haver “meios para acudir ao que aí vem”.

Críticas ao atual presidente também não faltaram. O vereador de Cascais acusou Rio de ter transformado o PSD “no partido de um homem só“, sendo que uma das divergências registadas foi o voto do PSD contra a descida dos preços dos passes. “Esta foi uma iniciativa que nasceu dos autarcas do PSD de Lisboa” que “aumenta a competitividade das áreas metropolitanas e que dá acesso às pessoas”.

Em relação ao Aeroporto do Montijo, à necessidade de reformar a segurança social e à descida do IVA da eletricidade e do gás de 23% para 6%, Miguel Pinto Luz também pensa de forma diferente da de Rui Rio. “Não faz sentido” reduzir o IVA quando “uma das prioridades do país é atingir a neutralidade carbónica”, afirmou na entrevista.

Ainda assim, os candidatos estão de acordo num ponto: é ao centro que se ganham eleições. “O PSD tem de se posicionar ao centro, porque é ao centro que se ganham eleições. Quando o PSD nessas guerras estéreis de perceber qual é a pureza ideológica do partido, num partido que tem por base um catch all party, só tem a perder”.

Sobre o Orçamento do Estado para 2020, Pinto Luz insiste que, se fosse ele o líder, o PSD nunca decidiria o sentido de voto sem conhecer o documento.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O sr. Miguel Luz está equivocado. O sr. Pedro Coelho não é, nunca foi, nem tão pouco foi considerado como liberal ou defensor das ideias do Liberalismo, muito pelo contrário, o sr. Coelho é um neoliberal assim como é o sr. Luz.

  2. Passos Coelho levou o rótulo de “perigoso liberal” por dois motivos: “perigoso” porque fez mal a milhões de portugueses, “liberal” porque um social-democrata não pode dizer que vai cumprir o défice “custe o que custar” (por analogia, se alguém tem dívidas e as quer pagar não vai assaltar ninguém para arranjar dinheiro, há um limite ético que não pode ser ultrapassado).
    Foi por isso que este sr. Pinto Luz apareceu. O sr. Montenegro era porta voz do governo na altura, governo que estava ao serviço dos alemães e por isso tem uma canga bastante negativa. O sr. Pinto Luz não tem essa canga mas é farinha do mesmo saco. Devem fazer ambos parte da seita maçónica que precisa do Estado para sobreviver.

RESPONDER

Câmara do Porto encerra cemitérios nos dias 31 de outubro e 1 e 2 de novembro

O presidente da Câmara do Porto anunciou o encerramento dos cemitérios em 31 de outubro e 1 e 2 de novembro, justificando a decisão com a necessidade de desviar meios para cumprir a proibição de …

Rui Vitória de saída do Al Nassr

O treinador português Rui Vitória está de saída do Al Nassr, avança este sábado o canal árabe 24Sports. A saída de Rui Vitória, que em janeiro de 2019 deixou o comando técnico do Benfica, surge …

Casamento com 200 pessoas autorizado em Arruda dos Vinhos. Câmara contesta

O presidente da Câmara de Arruda dos Vinhos criticou a decisão da autoridade de saúde de autorizar a realização de um casamento “com cerca de 200 pessoas”, considerando que vai colocar a população do concelho …

Novo Banco desmente demissão de gestores após polémicas com Fundo de Resolução e Vieira

O Novo Banco veio a público desmentir a notícia do Público que alega que três gestores de topo da instituição se demitiram, após divergências internas envolvendo várias polémicas relacionadas com o Fundo de Resolução, com …

Milhões da bazuka europeia só chegam em junho

Portugal e os restantes Estados-membros das União Europeia (UE) só deverão receber os respetivos fundos da bazuka europeia de apoio à retoma no pós-pandemia na segunda metade de 2021, em meados de junho. A confirmar-se …

Braço de ferro entre Costistas e Nunistas novamente adiado

O PS voltou a adiar, agora de 31 de Outubro para 7 de Novembro, a reunião da Comissão Nacional que decidirá a orientação do partido face às eleições presidenciais. Fica assim adiado o braço-de-ferro entre …

Cercas sanitárias e recolher obrigatório. Governo avalia novas medidas na próxima semana

O Ministério da Saúde, liderado por Marta Temido, vai voltar a reunir na próxima semana com o Conselho Nacional de Saúde Pública (CNSP), num encontro em que serão discutidas novas medidas para travar a propagação …

Presidenciais EUA. Biden promete vacina gratuita para todos, Trump apela ao voto latino

Joe Biden e Donald Trump continuam em campanha eleitoral para a corrida à Casa Branca, numas eleições que estão agendadas para 3 de novembro. O candidato presidencial democrata Joe Biden prometeu esta sexta-feira que a vacina …

Há 72 concelhos com risco "muito elevado" de contágio. Governo esconde mapas de perigo

O Governo insiste em não divulgar os mapas de perigo com o risco de contágio por coronavírus que foram feitos por peritos da Direcção Geral de Saíde (DGS). Isto numa altura em que o Expresso …

Nuno Melo estuda candidatura à liderança do CDS

O eurodeputado Nuno Melo não excluiu uma candidatura à liderança do CDS, avança este sábado o semanário Expresso. Confrontado pelo jornal, o eurodeputado não excluiu uma eventual candidatura à liderança dos centristas, dizendo apenas que "não …