Passos revoltado com Marcelo (e o Presidente não se fica)

PSD / Flickr

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, cumprimenta Pedro Passos Coelho na cerimónia de tomada de posse

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, cumprimenta Pedro Passos Coelho na cerimónia de tomada de posse

A tensão entre Marcelo Rebelo de Sousa e Passos Coelho cresceu de tom nos últimos dias, depois das críticas feitas pelo Presidente da República à suspensão do feriado do 1º de Dezembro durante o governo PSD/CDS.

O jornal i garante que Passos está “furioso com Marcelo” e que “não perdoa” os “ataques do Presidente no 1º de Dezembro”, quando disse que o feriado da Restauração da Independência “nunca deveria ter sido suspenso”.

O Presidente sublinhou ainda a importância da “independência financeira e económica” e como é fundamental rejeitar “minimizações inaceitáveis” ou “submissões”.

Passos Coelho não marcou presença nas cerimónias do 1º de Dezembro, considerando, de acordo com o i, que o convite para o evento foi uma “provocação gratuita“. O dirigente social-democrata não falou directamente do caso, mas em entrevista ao jornal ECO, esta segunda-feira, deixou palavras azedas referindo-se a Marcelo.

“Ainda bem que ele não é Presidente do PSD”, atira Passos, abordando o facto de Marcelo Rebelo de Sousa ter dito que pretende, acima de tudo, evitar crises políticas e de ter pedido “clareza de demarcação de alternativa de Governo” em prol de acordos de regime.

Em resposta, o Presidente da República não se fica. “Tem toda a razão. Ainda bem que o PSD está bem entregue ao líder“, referiu Marcelo, com uma nota de tom irónico numa altura em que a popularidade de Passos Coelho está pior do que nunca, surgindo atrás do líder do PAN numa sondagem recente.

Em declarações aos jornalistas esta segunda-feira, na Covilhã, Marcelo afirmou ainda que, não sendo “possível ser ao mesmo tempo presidente do partido e de Portugal”, foi ao menos “possível eleger pelo voto dos portugueses alguém que é Presidente de todos“.

Marcelo Rebelo de Sousa notou ainda que um chefe de Estado “não pode ter preferências nem pode ter amuos. Não pode gostar mais de uns portugueses do que de outros. Tem de gostar igualmente de todos os portugueses”.

Passos diz que Marcelo está a fazer o mesmo que Cavaco

A relação entre Passos e Marcelo não é a melhor há vários anos e ter-se-á desgastado no tempo em que o actual Presidente da República foi líder do PSD. Desde que Marcelo assumiu o lugar de chefe de Estado, já houve mais do que uma troca de recados entre ambos. E se o Presidente faz questão de recusar tensões com a direcção do PSD, elas estão patentes também nesta troca de palavras.

Na entrevista ao ECO, Passos elogia Marcelo pela forma como tem actuado para facilitar a vida ao governo, mas trata de frisar que não é nada de novo e que vem na mesma linha do que Cavaco Silva fez aquando do Executivo de José Sócrates, embora com estilos diferentes.

Passos também deixa no ar uma pergunta que pode ser entendida como mais uma farpa ao Presidente, que já foi líder do PSD e que tem sido um dos maiores aliados do actual governo do PS.

Será que tem levado o papel mais longe do que devia? Eu votei nele e, para mim, ele está a cumprir o papel que tinha dito que ia fazer”, conclui Passos.

SV, ZAP

PARTILHAR

21 COMENTÁRIOS

  1. Ficou amuado o “menino” Passos. É o que acontece quando se dizem verdades, desta vez pela boca do PR, embora o sentimento geral seja o mesmo.
    Uma das coisas que mais detestei em Passos Coelho foi exatamente a atitude de lambe botas, de subserviência, de submissão a certos interesses, entre eles o governo alemão. Passos Coelho fez o papel que lhe competia para chegar ao poder, isto é, fez uma campanha toda suportada em promessas mentirosas. Chegado ao poder, passou a ser um mero instrumento de certos interesses, um fantoche a fazer figura de primeiro ministro, pois na verdade quem “governava” eram os alemães. Triste figura.
    Se tivesse continuado, esta criatura já teria privatizado a CGD e provavelmente a Seg. Social, afinal estamos em presença do governo mais neoliberal de sempre. Não me espantaria nada que, se tivesse acabado o mandato, pouco tempo depois o convidassem para “administrador”, pelos ” bons serviços prestados ” (mas não ao país certamente) do Goldman ou do Deutsch Bank. Entretanto, os amigos dele alemães vão mandando umas farpas venenosas a nosso respeito, para os jornais, tentando que o nosso barco “vire” que é para meterem lá esta marionete submissa outra vez.

      • Errado!
        Precisamos duma europa coesa com os valores que estão na sua base e que alguns não cumprem por razões de interesse próprio e isso é que está mal e vai levar á desintegração da UE pois nós, segundo alguns, é que somos os parvos, mas muitos outros países já pensam sair, exatamente porque discordam da forma como os alemães têm conduzido a europa .Precisamos do dinheiro de todos os europeus tal como eles precisam do nosso (o fundo de resgate aliás serve para isso ). Se os alemães não precisassem do nosso também não cobravam os juros escandalosos que cobram e que contribuem para o superavit que têm, tendo em conta o crescimento do PIB que estão a ter e que é anémico neste momento.
        Pedimos, logo, temos de pagar, e isso está a ser feito, agora o que não temos que admitir é que nos espezinhem.
        Mais do que financeiro o problema é politico. Os alemães não são os nossos principais financiadores, caso não saiba, mas têm a liderança politica da europa e com isso largas influências.

      • Dinheiro dos alemães?!
        Quando?!
        Onde?!
        Ou está falar por si, ou é “apenas” ignorante (ou as duas)!!!
        Tendo é conta o modo como foi criada a moeda única, qualquer pessoa minimamente informada diria que os “alemães” são os que mais tem lucrado com o dinheiro dos outros europeus…
        Mas, se calhar, isto já é informação a mais para si!…

      • pois quando se fala em dinheiro encratra se sempre gosos como tu mas en caso de deculdade es sempre o primeiro a fugir nao te esqueças da segunda gurra mondial e se na fostes a escola pede a alguen que te explique

  2. se Pedro Passos Coelho fosse como a maioria dos políticos, certamente estaria a exercer um alto cargo num banco ou qualquer outra instituição, era muito mais cómodo para ele e financeiramente mais vantajoso. Admiro a coragem com que, tendo ganho as eleições, sujeitou-se no quadro político actual a assumir a oposição com os ataques diários de que é alvo pelos media, establisment socialista, esquerda radical até do do presidente que pelos vistos não se contenta em meter o bedelho na governação. Se o homem é tão mau e impotente porque é que se preocupam tanto em atacá-lo pemanentemente?

    • Ele não foi a tempo. Precisava de mais 4 anos para acabar o “serviço”. Depois de feito é que tinha o “prémio” e ia, com a sua “enorme competencia” baseada na sua “enorme experiência” gozar do cargo de um ” experiente administrador” dum Banco qualquer, talvez o Deusch Bank, quem sabe…. Só para rir… 🙂 🙂 🙂 🙂

  3. Há aqui muita malta que parece esquecer-se que quem negociou a retirada dos feriados foi o Sócrates.
    E agora vem o Costa, repõe e é o maior.
    Assim é fácil…

    • Informou-se ou informaram-no mal.
      Já ouviu falar na expressão “ir muito para além da troika”?
      Esta foi mais uma medida que se insere nessa expressão. Podia citar-lhe aqui uma serie de medidas que Passos aplicou por mera vontade própria mas o espaço e o meu tempo seria curto.

  4. A arrogância de Passos, não vai aguentar por muito tempo, o estilo de Marcelo, que é o seu contrário. É humilde e mostra-o, ao contrario de passos. Nada de novo. Não tolera a isenção de Marcelo face ao PSD, pois, não está habituado a esse nobre comportamento. Afinal, deseja a todo o custo, que Portugal tenha problemas , sem parecer ter noção, o quanto isso afectará 90% dos Portugueses. E tudo, para ver se consegue ter razão. É lastimável , ter esse desejo, por essa razão.

  5. O MRS ainda pensa que está na TVI a agradar a gregos e troianos a pensar em ser presidente.O presidente da República não tem por missão criticar governos anteriores por actos realizados .Para isso já devia ter criticado o seu amigo Costa pela trapalhada da CGD.

    • Claro. E criticou. O que lhe parece que o PR está a fazer senão criticar o governo quando afirma que não concorda com os salarios aplicados na CGD, que resultam duma disposição legal aprovada em conselho de ministros pelo próprio governo.

  6. O que eu não sabia e que havia tantos caloteiros em Portugal, pedem mas não pagam, e quem empresta e que e o malfeitor, cada vez
    á menos pessoas serias tenho vergonha de alguns
    tenho dito

  7. O o sorrizinho CÍNICO, quando está a dizer uma mentira. Deixa está lá o PPC, assim é melhor para a geringonça, que está governando MUITO bem, estou cada vez mais contente, o PCP e o BE, estão a fiscalizar muito bem o PS, assim não podem por o pé em “ramo verde”

  8. Preocupante, isso sim, é que o essencial para o País progredir está a ser ítica e pouco mais.esquecido.Política, Política,,, e pouco mais. O País está, em geral, a funcionar pior, a justiça continua lenta, o investimento diminuiu, a Economia só cresce à custa de maior consumo e mais dívida externa. Devíamos obviamente ter outro governo e políticos mais capazes. O problema é quem válido quer ir para lá. Devíamos fazer um novo Partido, ganhar eleições e mudar o paradigma. quem se ainata?

  9. se o governo e seu ministros foram os mais liberais de sempre nao sei,que foram os mais imcompetentes desde o 25 abril foram de certecinha absoluta,imcompetentes e cinicos,bater nos reformados e facil,qualquer jovem tem força p bater num velho qualquer

  10. Passos Coelho é guerrilheiro político podre sente-se na mó de grande mentiroso aproveite fazer sempre obstáculos seja aquém for estava agarrado ao taxo mas mude de mente se quiser que algum indeciso menos cuidadoso vote em passos.

RESPONDER

Ativista detido depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Museu do Louvre

Mwazulu Diyabanza foi detido na semana passada em Paris, depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Louvre. O ativista congolês disse que a ação foi parte de um protesto para que os museus europeus …

Proteção Civil do Porto já pediu recolher obrigatório e recomenda novo estado de emergência

A Proteção Civil do distrito do Porto já avançou com o pedido ao Governo de recolher obrigatório para a região. Marco Martins sugere ainda o regresso ao estado de emergência. Marco Martins, responsável pela proteção Civil …

Exames nacionais de 2021 mantêm normas excecionais criadas no anterior ano letivo

Os professores vão voltar a contabilizar, na classificação dos próximos exames nacionais, apenas as respostas às perguntas obrigatórias e àquelas em que o aluno tenha melhor pontuação, à semelhança das normas excecionais aplicadas no ano …

PSD-Madeira critica preços "pornográficos" e "obscenos" nas viagens da TAP no Natal

O PSD-Madeira voltou nesta quarta-feira a criticar os preços praticados pela TAP nas viagens para a região, referindo que na época do Natal chegam a atingir 1.143 euros, e considerou os valores “pornográficos” e “obscenos”. “São …

Autarca de Roma revela que máfia italiana planeou um ataque contra si e a sua família

A presidente da Câmara de Roma, Virginia Raggi, revelou que grupos do crime organizado planearam matá-la e a sua família porque ela os estava a atacar em partes da capital italiana que dominam. Aos 37 anos, …

OE2021. "Quem vota contra quer outro modelo ou desistiu de melhorar o SNS", diz Temido

A ministra da Saúde, Marta Temido, sustentou esta quarta-feira que os partidos que vão votar contra o Orçamento do Estado para 2021 querem outro modelo de sistema de saúde ou desistiram de melhorar o SNS. Numa …

Mais 3.960 casos e 24 mortes. É o pior dia desde o início da pandemia

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 3.960 casos positivos e 24 mortes por covid-19. Os dados foram divulgados no mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este foi o pior dia desde o …

Reconhecimento para cuidadores informais vai ser mais fácil e rápido

O pedido de estatuto de cuidador informal fica, a partir de hoje, mais fácil, deixando de ser necessário apresentar atestado médico e permitindo que documentos que impliquem atos médicos possam ser apresentados posteriormente. De acordo com …

OE2021 ainda não foi votado, mas já se espera um aumento da despesa em mais de 300 milhões

Entre a entrega da proposta e a votação, o Governo voltou a negociar com os partidos, mostrando abertura para medidas na especialidade que deverão custar pelo menos mais 300 milhões de euros. O Orçamento do Estado …

Portugal é dos 10 países com melhores políticas de integração de migrantes

Portugal está no grupo dos dez países com melhores políticas de integração de migrantes, segundo uma avaliação de 52 estados que destaca o combate à discriminação ou a reunificação familiar como pontos fortes. Segundo o Índice …