Passos Coelho diz que “não tinha consciência” que devia pagar à Segurança Social

eppofficial / Flickr

O primeiro-ministro Pedro Passos Coelho

O primeiro-ministro disse esta segunda-feira que estava convencido que, há 15 anos, as contribuições para a Segurança Social dos trabalhadores independentes eram “de opção” e sublinhou que não teve qualquer intenção de não cumprir as suas obrigações contributivas.

“Eu não tinha consciência que essa obrigação era devida durante esse período, evidentemente que poderia ter tido conhecimento disso por outra via e poderia até ter sido notificado pela Segurança Social na altura dessa situação, mas não fui. Não existe, portanto, da minha parte nenhuma intenção de não cumprir com essas obrigações, estava convencido que elas eram, nessa época, de opção e que, portanto, eu não tinha esses anos de carreira contributiva”, afirmou o primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho.

Passos Coelho, que respondia a questões dos jornalistas à margem de uma visita ao SISAB, referiu ainda que a dívida que tinha de mais de 2.800 euros à Segurança Social – correspondentes às contribuições entre outubro de 1999 e setembro de 2004, está saldada e que não invocou a sua prescrição como poderia ter feito.

“Nunca tive durante estes anos nenhuma informação, nenhuma notificação sobre a não regularidade da minha situação contributiva e quando me apercebi que havia uma dívida que poderia ser invocada como prescrita, eu não invoquei a prescrição e regularizei-a. Portanto, quando fui confrontado com esta situação procurei pagar o que a Segurança Social deu nota para pagar”, adiantou ainda Passos Coelho.

O primeiro-ministro nota também que não teve qualquer “benefício ou regalia” e que recebeu o tratamento devido a “qualquer cidadão”.

Passos Coelho refere ainda que não regularizou a dívida quando teve conhecimento dela, em Novembro de 2012, porque, na altura, pensou que seria melhor só pagar depois de deixar o governo, de forma a não dar a ideia de que estava a “usufruir de algum benefício particular”. Mudou de ideias e pagou agora “para acabar de vez com qualquer dúvida”, salienta.

Quanto às críticas e pedidos de esclarecimento da oposição, Passos Coelho nega a ideia de ser “caloteiro“, como acusou o Bloco de Esquerda, e conclui que “disse tudo o que sabia e aquilo que é a verdade”.

ZAP, Lusa

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Se nao tem consciencia que tem encargos fiscais, então só pode ser, desculpem a expressão, demente. Apenas estes e as crianças estão desculpados de não saberem destas coisas. Ó senhor doutor, já estavas era a servir mestres nas obras em Espanha, longe!

  2. Está a gozar não está? Das duas uma, ou está a mentir com toda a força, ou então desculpem a expressão “é atrasadinho”. Sinceramente não acredito na segunda. Em qualquer dos casos ou não tem a minima competência, ou não temidoniedade para estar à frente dos destinos do pais. O problema é que os Portugueses amanhã já não se lembram destas coisas. Como muitas outras. O problema real é que há muitos Portugueses que tambem são assim “chicos Espertos”?

  3. Acho realmente piada “sem achar graça”. Estes erros do sistema custam caro a muitos Portugueses no dia a dia. Portugueses esse que, mesmo com erros do sistema não podem alegar desconhecimento de causa. Existem de um lado os pequenos contrbuintes que são bandidos até prova em contrario e do outros lado os contribuintes VIP que são os que escapam e continuam a escapar a tudo.
    Perseguimos e bem a fraude dos XXX,XX €, mas deixamos passar impunemente a fraude dos XXX.XXX.XXX,XX €

  4. nao vale a pena gastar cera com um ruin defunto ele so serve para lixar a malta e um vil malandro nao sou homem de vinho mas vou-me emborrachar quando este quadrúpede perder as eleições odeio odeio odeio ate ao fim do mundo

RESPONDER

militares a cantar hino do Sporting na parada

Exército investiga vídeo de militares a cantar hino do Sporting na parada

O vídeo que mostra recrutas de um quartel do Funchal, na Madeira, a entoar cânticos de apoio ao Sporting durante uma parada militar está a ser investigado pelo Exército. O episódio terá acontecido depois de …

Autoridade Marítima diz que multas nas praias ainda não podem ser aplicadas

A Autoridade Marítima Nacional explicou hoje que a fiscalização das praias se vai pautar pela sensibilização para o cumprimento das medidas de prevenção da covid-19, indicando que as coimas por incumprimento só podem ser aplicadas …

Trabalhadores das cantinas e refeitórios em greve na 2.ª feira por aumentos salariais

Os trabalhadores das cantinas, refeitórios, fábricas de refeições e bares concessionados vão estar em greve na segunda-feira, por aumentos salariais, segundo a Federação dos Sindicatos de Agricultura, Alimentação, Bebidas, Hotelaria e Turismo de Portugal (FESAHT). Além …

469 novos casos, 7 mortes e 386 recuperados em Portugal nas últimas 24 horas

Portugal registou, nas últimas 24 horas, sete mortes atribuídas à covid-19 e 469 novos casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, segundo o boletim epidemiológico da Direção Geral da Saúde. O número de internamentos continua a descer. …

Limpeza, segurança e discrição. O Monte de Saint Michael procura um "rei" para o seu castelo

O Monte de Saint Michael, uma fortificação histórica na Cornualha, está a procura de um "rei". O trabalho inclui a responsabilidade pela segurança e proteção do castelo.  Abriram as inscrições para um "oficial do castelo" residente …

China cancela subidas ao Evereste por receio de casos vindos do Nepal

A China cancelou as permissões de escalar o Monte Evereste do seu lado do pico mais alto do mundo devido ao receio de importar casos de covid-19 do vizinho Nepal, noticiou a imprensa estatal. O encerramento …

Marcelo e Ferro repudiam identificação “inaceitável” de deputada em notícia da Lusa

O Presidente da República e o presidente da Assembleia da República condenaram a “lamentável notícia” da Lusa na qual se identificava a deputada do PS, Romualda Fernandes, de modo “a todos os títulos inaceitável”. A …

Museu Nacional Soares dos Reis reabre (e revela peças raramente vistas)

O Museu Nacional de Soares dos Reis, no Porto, reabre este sábado com três exposições temporárias e um concerto do Ensemble Vento do Norte, porque é “urgente devolver o Museu à cidade e ao país”, …

Portugal tenta anular decisão de Bruxelas sobre ajudas ilegais na Zona Franca da Madeira

Na mesma altura que prepara a recuperação das ajudas às empresas, Portugal recorreu ao Tribunal para anular a decisão da Comissão Europeia que declarou ilegais as ajudas públicas atribuídas através da Zona Franca da Madeira …

Ronaldo com salários em risco na Juventus (mas o futuro não passa pelo Sporting)

A Juventus está a negociar com os jogadores o atraso no pagamento de alguns salários devido à grave crise financeira que atravessa. Cristiano Ronaldo é um dos mais bem pagos do plantel e o seu …