Partido de Marinho e Pinto impedido de concorrer na Madeira

RTP / Flickr

Ex-bastonário da Ordem dos Advogados, Marinho e Pinto, eleito eurodeputado

Ex-bastonário da Ordem dos Advogados, Marinho e Pinto, eleito eurodeputado

O Tribunal do Funchal considerou que a inscrição do Partido Democrático Republicano (PDR), de António Marinho e Pinto, foi feita fora do prazo, impugnando a candidatura do partido às eleições antecipadas para a Assembleia Legislativa da Madeira.

A juíza do Tribunal Judicial do Funchal responsável pelo processo das eleições regionais não admitiu a candidatura do PDR às eleições da região autónoma.

O PDR foi reconhecido como partido no Tribunal Constitucional a 11 de fevereiro passado, mas a lei eleitoral para a Assembleia Legislativa da Madeira determina que “as candidaturas são apresentadas pelos partidos políticos, isoladamente ou em coligação, desde que registados até ao início do prazo de apresentação de candidaturas“, ou seja, até 28 de janeiro, quando foi publicado o decreto do Presidente da República a convocar as eleições para 29 de março.

O Tribunal do Funchal foi do entendimento que “o arranque do processo eleitoral corresponde ao primeiro dia útil da vigência do decreto que marque a data das eleições”, de acordo com o jornal Público.

O processo de legalização do PDR junto do TC foi entregue no dia 1 de dezembro do ano passado no Tribunal Constitucional, mas só recentemente o partido foi registado, através do acórdão nº 104/2015, de 11 de fevereiro, duas semanas depois de o Presidente da República ter dissolvido a Assembleia Regional e convocado eleições antecipadas.

O líder do PDR chegou a afirmar que se o PDR fosse impedido de concorrer na Madeira isso “defraudaria a democracia”.

De acordo com o Diário de Notícias da Madeira, Marinho e Pinto afirmou que hoje mesmo vai começar a preparar o recurso para o Tribunal Constitucional da decisão de não admissão da candidatura do PDR.

O eurodeputado considera que “não há nada na Constituição que permita esta restrição ilegítima e inconstitucional da Lei Eleitoral” e que a rejeição da candidatura “é um abuso do legislador ordinário que viola as garantias constitucionais”.

Marinho e Pinto reconhece que o PDR ficou inscrito como partido no Tribunal Constitucional depois do prazo que a Lei Eleitoral da Madeira permite para apresentação de candidaturas, mas confia que será dada razão ao partido devido ao facto de a demora na legalização ter resultado de uma demora da instância constitucional.

Esta segunda-feira, no último dia do prazo, 12 forças políticas – nove partidos (PSD, CDS, BE, PND, JPP, PNR, PCPT/MRPP, MAS e PDR) e três coligações (Mudança (PS/PTP/MPT(PAN), CDU (PCP/PEV) e Plataforma de Cidadãos (PPM/PDA)) – entregaram na Comarca da Madeira as listas de candidatos.

ZAP

PARTILHAR

RESPONDER

Afinal, Gibraltar não foi o último refúgio dos neandertais

A primeira extração de ADN antigo dos célebres restos mortais neandertais de Gibraltar revelou que este local não se trata do último refúgio desta espécie humana antes da sua extinção. O novo estudo, liderado pelo Museu …

Berardo põe Banco de Portugal em tribunal para obter documentos

José Berardo foi para os tribunais para ter acesso a documentos do Banco de Portugal. A Fundação com o seu nome já tinha pedido ao supervisor dados de 2007, quando foi autorizado o seu reforço …

Reviravolta em Espanha. Pablo Iglesias recua e cede lugar no governo

O líder do Podemos anunciou esta sexta-feira que desiste de integrar o governo, alegando que não quer ser a desculpa do Partido Socialista Operário Espanhol para que não haja um executivo de coligação de …

Drácula tinha razão. Transfusões de sangue jovem podem ajudar a rejuvenescer

https://vimeo.com/349081827 Transfusões de sangue jovem podem ajudar a combater o envelhecimento. Uma equipa de cientistas identificou duas proteínas rejuvenescedoras do cérebro em sangue jovem. As transfusões de sangue jovem são um tópico que tem causado grande controvérsia …

Presenças-fantasma no Parlamento. Duas deputadas do PSD constituídas arguidas

A Assembleia da República aprovou o levantamento da imunidade parlamentar de vários deputados do PSD requerido Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa. A Assembleia da República autorizou o pedido de levantamento da imunidade parlamentar a cinco …

Irão apreende dois petroleiros britânicos no Estreito de Ormuz

Um petroleiro com bandeira britânica foi alegadamente apreendido pela Guarda Revolucionária Iraniana nas águas do Golfo. Mas não foi o único. De acordo com a BBC, os proprietários do Stena Impero — o nome do navio …

Bolsonaro visita Portugal no início de 2020. E "quer muito"

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, deverá visitar Portugal no início de 2020, disse esta sexta-feira, em entrevista à Lusa, na cidade cabo-verdiana do Mindelo, o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Ernesto Araújo. “Hoje tive uma …

Erupção do super-vulcão de Nápoles pode criar um tsunami com 30 metros de altura

Uma erupção subaquática do super-vulcão de Nápoles, Campi Flegrei, pode produzir um tsunami de 30 metros de altura que poderia ter um impacto muito severo nas áreas costeiras populosas como Pozzuoli e Sorrento. Ao modelar as …

Descoberta a bebida que pode proteger os músculos dos astronautas em Marte (e tem álcool)

Com a tecnologia atual, Marte fica a nove meses da Terra. Mas a verdadeira questão é: quando os astronautas chegarem ao Planeta Vermelho, terão força para continuar? Após mais de 50 anos de voos espaciais tripulados, …

Asteróide Ryugu é semelhante a uma esponja gigante (e pode ter um núcleo denso escondido no interior)

O rover espacial MASCOT conseguiu fazer medições que mostraram que, ao contrário do esperado, o asteróide Ryugu está vazio por dentro e a sua estrutura porosa é semelhante à de uma esponja. A descoberta explica por …