Parlamento holandês reconhece “genocídio” dos chineses uigures

O Parlamento dos Países Baixos votou esta sexta-feira a favor de considerar “genocídio” a repressão e violações dos direitos humanos da minoria étnica chinesa de origem muçulmana uigur, sendo o primeiro na Europa a assumir esta posição.

A maioria dos deputados holandeses votou a favor de uma moção proposta pelo grupo progressista D66, que inclui a Esquerda Verde GroenLinks, os Social-democratas PvdA, o Partido dos Animais PvdD, além de dois partidos dos quatro que compõem a coligação que governa o país.

“Estes são abusos terríveis, cometidos contra a minoria uigur muçulmana, não devemos poupar nas palavras, devemos designá-los como genocídio”, afirmou Sjoerd Sjoerdsma (D66), que promoveu a moção.

Organizações não governamentais de defesa dos direitos humanos alegaram que mais de um milhão de uigures estão detidos em campos de reeducação política. Pequim negou e afirmou tratarem-se de centros de treino vocacional, destinados a distanciar os uigures do terrorismo e do separatismo.

O Parlamento Europeu condenou os abusos, mas o maior crítico de Pequim na comunidade internacional continua a ser a Turquia, um país que partilha laços históricos e culturais com os uigures.

O ministro dos Negócios Estrangeiros holandês, Stef Blok, do executivo cessante nos Países Baixos, preferiu não usar a palavra “genocídio” contra a China, embora tenha reconhecido a existência de violações em grande escala dos direitos humanos, como a esterilização forçada de mulheres uigures.

Blok optou por esperar a decisão da ONU ou do Tribunal Penal Internacional (TPI) sobre a situação na província de Xinjiang (noroeste).

Na Europa, também França, Suécia ou Reino Unido estão a debater medidas semelhantes às do Parlamento holandês, embora não seja claro qual o efeito que a moção agora aprovada possa ter nas relações sino-holandesas.

O Parlamento do Canadá aprovou na segunda-feira, com a ausência do primeiro-ministro, Justin Trudeau, e de vários membros do Governo, uma moção do Partido Conservador a considerar as ações da China em Xinjiang “correspondem à definição de genocídio”, estipulado na Convenção das Nações Unidas.

O termo genocídio foi usado inicialmente pela anterior administração norte-americana, incluindo pelo então secretário de Estado Mike Pompeo.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Genocídio e tal… e na prática acontece o quê?? O mesmo que aconteceu à Rússia na sequência da anexação da Crimeia: Nada!

    Rússia e China, podem fazer o que lhes der na real gana. A realidade é essa.

  2. É bem, mas depois há o pormenor de a Holanda (porto de Roterdão) ser a maior porta de entrada de lixo chinês na Europa!…

RESPONDER

Certificados digitais são gratuitos (e podem ser enviados por email)

Os certificados digitais covid-19, que devem começar a ser emitidos em Portugal esta semana, são gratuitos, emitidos em formato digital e podem ser consultados no portal do SNS 24, na aplicação móvel do SNS ou …

PS acusa Rio de "não ter ideias" e aconselha-o a "ter uma agenda política"

No encerramento das jornadas parlamentares do PSD, em Portalegre, Rui Rio apontou o dedo ao PS, por alimentar clientelas. Na resposta, a líder parlamentar do PS acusa Rio de não ter uma ideia para o …

João Mário está desiludido com o Sporting, que já procura uma alternativa ao médio

O Sporting mostra-se intransigente no preço a pagar por João Mário. O médio português está descontente e já pediu ao seu agente para procurar outro clube. Também o Sporting já estuda uma alternativa. As negociações entre …

Vídeo polémico da TAP em Espanha. Um dos directores foi suspenso e o outro saiu mais cedo

O polémico vídeo feito por dois directores da TAP em Madrid, onde falam da contratação de trabalhadores em Espanha, já levou à suspensão de um deles e à saída antecipada do outro. Entretanto, o ministro …

Arqueólogos descobriram (e partiram) um ovo com mil anos

Uma equipa de arqueólogos descobriu, na antiga zona industrial de Yavneh, em Israel, um ovo de galinha com mil anos. O ovo estava enterrado no subsolo, onde se manteve preservado durante cerca de mil anos até …

"Já estamos na quarta vaga" e Lisboa é o motor. Especialistas pedem restrições imediatas

Especialistas pedem restrições para a região de Lisboa e Vale do Tejo. Carlos Antunes defende que "já estamos na quarta vaga" e que Lisboa é o motor. Lisboa já passou o patamar dos 240 casos por …

Cessar-fogo quebrado. Israel lança ataque aéreo na Faixa de Gaza

O cessar-fogo entre Israel e Hamas foi quebrado na madrugada desta quarta-feira. Os israelitas lançaram um ataque aéreo na Faixa de Gaza depois de, segundo dizem, terem sido lançados balões incendiários a partir deste território. …

"Síndrome de Maria Antonieta". Condição que torna o cabelo branco repentinamente pode ter explicação

Os últimos meses da vida de Maria Antonieta foram extremamente desgastantes, sendo que a onda de acontecimento negros culminou com a sua morte. Os livros de história contam que este cenário fez com que a …

Von der Leyen vem a Lisboa dar "luz verde" ao PRR. Plano é “ambicioso e robusto” (e pode avançar já na próxima semana)

A presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, vai estar hoje em Lisboa para anunciar formalmente a aprovação do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) de Portugal. Von der Leyen vai “entregar pessoalmente ao primeiro-ministro, …

Biden e Putin reúnem-se em Genebra em busca de relação "estável e previsível"

A Ucrânia, a Bielorrússia, o destino do opositor russo detido Alexei Navalny, e os ciberataques são os temas da cimeira e o debate prevê-se áspero e difícil. A cimeira vai decorrer na cidade suíça de Genebra …