Parlamento grego aprova acordo com credores

Alexandros Vlachos / EPA

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, cumprimenta a presidente do Parlamento, Zoi Konstantopoulou, que votou contra o acordo com os credores

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, cumprimenta a presidente do Parlamento, Zoi Konstantopoulou, que votou contra.

O parlamento grego aprovou, esta madrugada, o acordo alcançando na segunda-feira com os líderes da zona euro para permitir o terceiro resgate financeiro do país, que poderá chegar aos 86 mil milhões de euros.

O partido no poder, o Syriza, aprovou o acordo graças ao apoio das forças políticas de oposição pró-europeias.

Segundo a televisão estatal da Grécia, 229 deputados votaram a favor do acordo, seis abstiveram-se e 64 manifestaram-se contra, nomeadamente o ex-ministro das Finanças, Yanis Varoufakis, e a presidente do parlamento grego, Zoi Konstantopoulou.

Também o ministro da Energia, Panagiotis Lafazanis, votou contra.

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, afirmou que tinha três opções nas negociações com os parceiros europeus, aceitar o acordo atual, uma bancarrota no país ou sair da zona euro.

Esta terça-feira, Alexis Tsipras assumiu publicamente que não acredita no acordo que assinou com os credores, mas garantiu que não tinha outra alternativa a apresentar ao povo grego.

“As opções específicas que tinha à minha frente eram: em primeiro lugar, aceitar um acordo com o qual eu discordo, em segundo, a falência desordenada, e tínhamos ainda uma terceira opção, o ‘grexit’ (saída grega da euro) defendida por Schäuble”, disse Tsipras no parlamento grego.

O primeiro-ministro salientou que será o “último” a fugir às suas “responsabilidades” e também “o último a facilitar a queda de um governo de esquerda”.

Face às demissões de alguns membros do governo nos últimos dias e às discordâncias manifestadas acerca do acordo por alguns dos membros do Syriza no governo, é de esperar que Tsipras promova uma remodelação nos próximos dias.

Simela Pantzartzi / EPA

O ministro das Finanças da Grécia, Yanis Varoufakis, durante um encontro do Syriza no parlamento grego

O ex-ministro das Finanças da Grécia, Yanis Varoufakis, votou contra

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …