Para metade do mundo, 2014 será “melhor”

SXC

-

Quase metade do mundo acredita que 2014 será melhor do que o ano que termina, pelo que indica uma pesquisa que ouviu mais de 60 mil pessoas em 65 países.

Desde 1977, a sondagem de fim de ano da Win/Gallup pergunta a pessoas à volta do mundo se estão mais optimistas em relação ao ano que chega.

Este ano, a Win/Gallup ouviu 67.806 pessoas em todo o mundo, pessoalmente e por telefone, entre setembro e dezembro de 2013. A margem de erro é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

Desde 1977, a sondagem verificou uma tendência de subida do optimismo dos entrevistados, com algumas variações, com o “pico” de optimismo a ser observado em 2004-5.

A sondagem também sugere que o optimismo em relação a 2014 não está necessariamente associado à prosperidade económica: em todo o mundo, 32% acham que haverá mais prosperidade do que em 2013, enquanto 30% pensam que haverá diminuição, de acordo com Win/Gallup.

 

O mundo está a ficar melhor?
Para si, o próximo ano será melhor, pior ou igual a 2013?

Gráfico WIN/Gallup

Este ano, a consulta revelou que 48% dos entrevistados acham que 2014 será melhor do que 2013; 28% acham que será igual, 20% acham que será pior e 5% não sabem ou preferiram não responder.

O número de pessoas com uma visão optimista para o ano que começa foi este ano o mais alto desde 1990, o último ano em que mais pessoas previram um ano novo pior.

Em Portugal, 57% dos entrevistados acham que 2014 será pior do que 2013. Apenas 15% estão optimistas acerca do próximo ano. 26% dos portugueses acham que 2014 será tão bom (ou mau) como 2013.

 

Grau de felicidade
Em geral, sente-se pessoalmente feliz ou infeliz com a sua vida?

A pesquisa Win/Gallup também verificou a percepção de felicidade dos entrevistados, e constatou que 60% destes se sentem “felizes”, contra 12% que se dizem “infelizes”.

Os mais felizes do Mundo são os habitantes das ilhas Fiji, onde 88% se declaram em tal condição.

A população também se mostrou bastante “feliz” em países como Colômbia (86%), Arábia Saudita (80%), Finlândia (78%) e Argentina (78%).

Os números mais altos de “infelizes” estão na Tunísia (48%), Territórios Palestinos (43%), Líbano (38%) e França (33%).

Em Portugal, apenas 32% da população se sente “feliz”, mas ainda assim são menos os que se sentem infelizes: 21%. A maioria, 46%, não está nem feliz nem infeliz.

 

Os países onde as pessoas gostariam de viver
Se não houvesse barreiras, em que país gostaria de viver?

Gráfico WIN/Gallup

Embora a maior parte dos inquiridos eleja o próprio país como local preferido para viver, quando questionados em que sítio gostariam de morar caso pudessem viver noutro país, 9% dos entrevistados escolheram os Estados Unidos, seguidos por 7% que gostariam de viver na Austrália.

A Austrália é mesmo o país preferido pelos portugueses, com 13% das escolhas, seguida da Suíça, com 10%.

 

Que país representa a maior ameaça?
Que país representa actualmente a maior ameaça à paz no mundo?

O vice-presidente do Win/Gallup International, Ijaz Gilani, diz que o declínio global no papel do Estado tem aumentado a "sensação de poder" do cidadão comum, o que explicaria o otimismo.  A enquete também sugere que o otimismo em relação a 2014 não está necessariamente associado a prosperidade econômica: em todo o mundo, 32% acham que haverá mais prosperidade do que em 2013, enquanto 30% pensam que haverá redução, de acordo com Win/Gallup.  No caso do Brasil, 49% acreditam em aumento da prosperidade em 2014, contra 21% que acreditam em piora do quadro econômico.  Embora a maior parte dos consultados eleja o próprio país como morada preferencial, quando questionados em que lugar gostariam de morar caso pudessem viver em outro país, 9% dos entrevistados elegeram os Estados Unidos (o país isoladamente com a maior preferência), seguidos por 7% que gostariam de ir para a Austrália.  O Brasil foi o escolhido de apenas 1% do total dos entrevistados; por outro lado, foi escolhido por 6% dos entrevistados argentinos, 10% dos libaneses e 13% dos mexicanos.  Que país representa a maior ameaça?  Que país representa a maior ameaça à paz no mundo atualmente?

Se o sonho americano fascina muita gente pelo mundo fora, por outro lado os Estados Unidos aparecem como a principal ameaça à paz internacional, com 24% das escolhas dos entrevistados.

Mesmo em países vizinhos, como o México (37%) e Canadá (17%) – e os próprios americanos (13%) – os inquiridos partiham dessa mesma visão.

O Paquistão está em segundo lugar nas “ameaças globais”, o que pode ter uma explicação regional – 15% da população mundial vive no seu vizinho e arqui-rival, a Índia.

 

Líderes mulheres fariam diferença?
Se os políticos fossem predominantemente mulheres, o mundo seria melhor?

Gráfico WIN/Gallup

A sondagem também perguntou se o mundo estaria melhor se mais políticos fossem do sexo feminino.

Quase 50% dos entrevistados disseram que não faria diferença. Na maioria dos países de maioria muçulmana, é alto o cepticismo quanto à possibilidade de as mulheres fazerem um trabalho melhor.

Japão, Quénia e Tailândia, que actualmente têm uma mulher como primeiro-ministro, também são bastiões da dúvida. Mas a Colômbia lidera uma série de países da América do Sul que pensam que as mulheres podem fazer do mundo um lugar melhor.

No Brasil, presidida por Dilma Rousseff, 41% acham que as mulheres fazem diferença na política, contra 45% que dizem não haver diferença. E apenas 9% dizem que é pior com elas no poder. Na vizinha Argentina, presidida por Cristina Kirchener, as percentagens são, respectivamente, 21%, 63% e 7%.

Na Colômbia, as mulheres estão em alta: 63% acreditam que, com as senhoras no poder, o mundo seria melhor.

41% dos portugueses acha que o mundo seria melhor se fosse liderado por mulheres, contra 5% que pensa o contrário.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

"Sonho que se tornou pesadelo". Fernando Santos admite mudanças no onze

O selecionador Fernando Santos disse hoje que Portugal vai carimbar a passagem aos ‘oitavos’ de final do Euro2020 e admite fazer mudanças na equipa para o encontro da derradeira jornada do Grupo F, com a …

Cientistas descobriram dois novos tipos de células cerebrais em ratos

Cientistas descobriram dois novos tipos de células gliais, um tipo de células do sistema nervoso central que dá suporte ao cérebro, em ratos. De acordo com o site EurekAlert!, investigadores da Universidade de Basileia, na Suíça, …

As bactérias intestinais podem influenciar a gravidade de um AVC

Uma equipa de investigadores da Cleveland Clinic, nos Estados Unidos, descobriu uma nova associação cérebro-intestino que está a surpreender a comunidade científica. Os resultados do estudo mostram como um metabólito produzido por bactérias intestinais pode amplificar …

O icónico Tamagotchi está de volta, mas desta vez em forma de smartwatch

No ano em que se celebram os 25 anos do Tamagotchi, surge uma nova versão do icónico brinquedo. O Smart é um Tamagotchi na forma de um relógio inteligente, para se usar no pulso. O …

Rã com olhos vermelhos descoberta no Equador. Chama-se Led Zeppelin

Os seus olhos vermelhos cativaram os investigadores, que decidiram batizar de Led Zeppelin uma nova espécie de rã terrestre descoberta no Equador. A Pristimantis ledzeppelin foi descoberta pelos equatorianos David Brito e Carolina Reyes, cientistas do …

Itália 1 - 0 País de Gales | “Azzurri” vencem mas galeses apuram-se

Imparável! Com o apuramento para os “oitavos” já no bolso, a Itália entrou em campo com nada mais, nada menos do que oito mexidas em relação à equipa que tinha iniciado o último jogo, frente …

Casa de banho do século XII encontrada em bar de tapas em Sevilha

Recentemente, um grupo de trabalhadores encontrou uma casa de banho do século XII dentro de um bar de tapas espanhol. A descoberta está a ajudar a perceber como era a vida em Sevilha na época. No …

Suíça 3 - 1 Turquia | Seferovic e Shaqiri “abrem o livro”

A Suíça venceu de forma categórica a Turquia por 3-1, afastou os turcos da prova e terminou o Grupo A no terceiro lugar, com quatro pontos, esperando agora pelo final da fase de grupos para …

Presidente eleito do Irão promete governo "revolucionário e anticorrupção"

O Presidente eleito do Irão, o clérigo ultraconservador Ebrahim Raissi, prometeu hoje formar um governo "trabalhador, revolucionário e anticorrupção", aludindo ao estrito cumprimento dos princípios do sistema teocrático do país. Num comunicado, Raissi apresentou-se como “um …

Na Coreia do Norte, um pacote de café pode chegar aos 80 euros

Residentes norte-coreanos dizem que uma pequena embalagem de chá preto ou um pacote de café podem chegar aos 60 e 80 euros, respetivamente. Esta semana, o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, reconheceu que o …