Pela primeira vez, nasceu um raro par de elefantes gémeos no Sri Lanka

Um raro par de elefantes gémeos foi encontrado num parque nacional no Sri Lanka. É a primeira vez que o país regista crias gémeas, que são extremamente raros em elefantes.

Os dois animais, que terão entre três a quatro semanas de vida, foram vistos alimentar-se na mesma mãe no Parque Nacional Minneriya esta semana.

Elefantes gémeos são muito incomuns. Acredita-se que os elefantes têm menos de 1% de probabilidade de dar à luz gémeos. Por isso, inicialmente, os guardas florestais não tinham certeza se era um caso de gémeos ou uma cria a alimentar noutra mãe.

Agora, depois de observações, as autoridades estão confiante que se trata de um caso raro de elefantes gémeos. “Pela primeira vez no Sri Lanka, registamos o nascimento de elefantes gémeos”, disse Tharaka Prasad, diretora de Saúde da Vida Selvagem do Departamento de Conservação da Vida Selvagem, em declarações ao Press Trust of India.

Os bebês foram fotografados pelo conservacionista Sumith Pilapitiy na segunda-feira. “Temos observado um grupo de elefantes nos últimos dias e ontem, por meio de observações, conseguimos confirmar que há um conjunto de gémeos nascidos de uma fêmea adulta”, disse Pilapitiy. “É a primeira vez que isto é registado no país”.

මින්නේරියෙන් "පළමු වරට" සජීව "නිවුන් අලි පැටවුන් දෙදෙනෙක්"

Publicado por BBC News සිංහල em Terça-feira, 7 de julho de 2020

A única forma de determinar absolutamente este facto é com um teste de ADN. Prasad disse que os guardas estavam a realizar testes de ADN às crias.

Não é totalmente claro porque é que elefantes gémeos são tão raros, mas têm maior dificuldade em sobreviver do que uma única cria.

Os elefantes bebé são completamente dependentes das suas mães nos primeiros 3 a 5 anos. Nascidos com cerca de 100 quilogramas, bebem até 11,4 litros de leite por dia. Com cerca de 4 meses, começam a comer algumas plantas, mas como ainda não conseguem controlar o tronco, não começam a alimentar-se a si próprios até 6 a 8 meses e continuarão a beber o leite da mãe durante cerca de 2 anos.

A demanda de energia da mãe é enorme se houver duas crias, portanto os gémeos geralmente não chegam à idade adulta.

Em 2018, nasceu um par de elefantes gémeos no Parque Naional Amboseli, no Quénia. Porém, alguns meses depois, uma das crias morreu. De acordo com a página do Facebook, outro par de gémeos foi visto esta semana no parque.

This morning we found another set of twins–two boys, the sons of Pazia of the PA1 family. She is from one of the…

Publicado por Amboseli Trust for Elephants em Terça-feira, 7 de julho de 2020

Os elefantes do Sri Lanka são uma das três subespécies de elefantes asiáticos e são nativos do Sri Lanka. Os seus números estimados são confusos: entre 2.500 e 4.000, até 7.000, e abaixo dos 12.000 no início do século passado, principalmente devido à perda de habitat e ao conflito entre humanos e elefantes.

Estes elefantes estão listados como ameaçados pela Lista Vermelha da IUCN e têm séria proteção sob a lei do Sri Lanka. Matar um elefante pode implicar a pena de morte. No entanto, pensa-se que cerca de 200 animais são mortos por ano, provavelmente pelos agricultores quando as criaturas se desviam para as terras agrícolas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Hackers desenvolvem tecnologia para combater a violência doméstica

Em Israel, um grupo de hackers juntou-se para criar uma tecnologia de aplicações móveis que permitem ajudar pessoas em contexto de violência doméstica, mesmo antes desta acontecer. Em outubro de 2019, o assassinato de Michal Sela …

ALMA captura "fábrica agitada" de planetas

Os ambientes de formação planetária podem ser muito mais complexos e caóticos do que o que se pensava. Isto é evidenciado por uma nova imagem da estrela RU Lup, feita com o ALMA (Atacama Large …

A Lua pintou-se de vermelho na Argentina (e a causa não é propriamente boa)

Uma estranha lua com tons avermelhados pintou o céu da Argentina. O fenómeno misterioso encheu as redes sociais de fotografias e teorias. Em diferentes regiões da Argentina, várias pessoas puderam apreciar, nas últimas noites, a Lua …

Aeronave autónoma é uma alternativa acessível aos satélites (e já fez o seu primeiro voo)

A empresa Swift Engineering, em parceria com o Ames Research Center, da NASA, desenvolveu uma alternativa acessível aos satélites: uma aeronave autónoma de alta altitude e longa resistência. Já nasceu a alternativa acessível aos satélites: chama-se …

Reservas naturais chinesas salvaram os pandas da extinção (mas "esqueceram-se" dos leopardos)

Uma nova investigação revela que os esforços da China para salvar os pandas gigantes foram bem sucedidos, mas os mesmos falharam na proteção de outros animais que partilham o mesmo habitat, como é o caso …

Comunidade científica critica Trump por dizer que NASA estava "morta"

Na quarta-feira, o Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, afirmou no Twitter que "a NASA estava fechada e morta" até que o próprio fez com que voltasse a funcionar, afirmação que gerou consternação na …

É "bastante provável" que chegue à Europa uma Cybertruck de menores dimensões

É "bastante provável" que uma Cybertruck de menores dimensões venha a ser produzida e chegue depois ao mercado europeu, revelou Elon Musk, CEO da Tesla, empresa que produz estas pickups elétricas. Questionado na rede social …

Mais seis mortos e 131 novos casos em Portugal nas últimas 24 horas

Portugal regista hoje mais seis mortos e 131 novos casos de infeção por covid-19 em relação a sábado, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde. O número de pessoas internadas é de 366, mais nove …

"Erro" do Instagram favoreceu conteúdo de Trump face ao de Biden

Um "erro" da rede social Instagram favoreceu durante dois meses o conteúdo gerado pela campanha de reeleição do atual Presidente norte-americano, Donald Trump, quando comparado com as publicações de Joe Biden, candidato democrata que está …

Fotografia partilhada nas redes sociais levou à suspensão de alunos nos Estados Unidos

Pelo menos dois alunos da North Paulding High School, no estado da Georgia, dizem ter sido suspensos depois de terem partilhado nas redes sociais uma fotografia na qual é possível ver um corredor da escola repleto …