/

Pela primeira vez, nasceu um raro par de elefantes gémeos no Sri Lanka

Um raro par de elefantes gémeos foi encontrado num parque nacional no Sri Lanka. É a primeira vez que o país regista crias gémeas, que são extremamente raros em elefantes.

Os dois animais, que terão entre três a quatro semanas de vida, foram vistos alimentar-se na mesma mãe no Parque Nacional Minneriya esta semana.

Elefantes gémeos são muito incomuns. Acredita-se que os elefantes têm menos de 1% de probabilidade de dar à luz gémeos. Por isso, inicialmente, os guardas florestais não tinham certeza se era um caso de gémeos ou uma cria a alimentar noutra mãe.

Agora, depois de observações, as autoridades estão confiante que se trata de um caso raro de elefantes gémeos. “Pela primeira vez no Sri Lanka, registamos o nascimento de elefantes gémeos”, disse Tharaka Prasad, diretora de Saúde da Vida Selvagem do Departamento de Conservação da Vida Selvagem, em declarações ao Press Trust of India.

Os bebês foram fotografados pelo conservacionista Sumith Pilapitiy na segunda-feira. “Temos observado um grupo de elefantes nos últimos dias e ontem, por meio de observações, conseguimos confirmar que há um conjunto de gémeos nascidos de uma fêmea adulta”, disse Pilapitiy. “É a primeira vez que isto é registado no país”.

මින්නේරියෙන් "පළමු වරට" සජීව "නිවුන් අලි පැටවුන් දෙදෙනෙක්"

Publicado por BBC News සිංහල em Terça-feira, 7 de julho de 2020

A única forma de determinar absolutamente este facto é com um teste de ADN. Prasad disse que os guardas estavam a realizar testes de ADN às crias.

Não é totalmente claro porque é que elefantes gémeos são tão raros, mas têm maior dificuldade em sobreviver do que uma única cria.

Os elefantes bebé são completamente dependentes das suas mães nos primeiros 3 a 5 anos. Nascidos com cerca de 100 quilogramas, bebem até 11,4 litros de leite por dia. Com cerca de 4 meses, começam a comer algumas plantas, mas como ainda não conseguem controlar o tronco, não começam a alimentar-se a si próprios até 6 a 8 meses e continuarão a beber o leite da mãe durante cerca de 2 anos.

A demanda de energia da mãe é enorme se houver duas crias, portanto os gémeos geralmente não chegam à idade adulta.

Em 2018, nasceu um par de elefantes gémeos no Parque Naional Amboseli, no Quénia. Porém, alguns meses depois, uma das crias morreu. De acordo com a página do Facebook, outro par de gémeos foi visto esta semana no parque.

This morning we found another set of twins–two boys, the sons of Pazia of the PA1 family. She is from one of the…

Publicado por Amboseli Trust for Elephants em Terça-feira, 7 de julho de 2020

Os elefantes do Sri Lanka são uma das três subespécies de elefantes asiáticos e são nativos do Sri Lanka. Os seus números estimados são confusos: entre 2.500 e 4.000, até 7.000, e abaixo dos 12.000 no início do século passado, principalmente devido à perda de habitat e ao conflito entre humanos e elefantes.

Estes elefantes estão listados como ameaçados pela Lista Vermelha da IUCN e têm séria proteção sob a lei do Sri Lanka. Matar um elefante pode implicar a pena de morte. No entanto, pensa-se que cerca de 200 animais são mortos por ano, provavelmente pelos agricultores quando as criaturas se desviam para as terras agrícolas.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.