Papa admite que padres e bispos abusaram sexualmente de freiras

Mazur / Catholic Church England and Wales

Papa Francisco

O papa Francisco reconheceu esta terça-feira que padres e bispos abusaram sexualmente de freiras, numa resposta a uma pergunta de um jornalista durante uma viagem de avião de regresso dos Emirados Árabes Unidos.

“Havia padres e também bispos que faziam isso”, concordou o papa, que nunca tinha abordado a questão diretamente, considerando ainda que é um tema relevante na Igreja.

Citado pela agência de notícias AFP, Francisco disse que esses casos podem ser encontrados “em todos os lugares”, mas são mais presentes em “algumas novas congregações e em algumas regiões”.

“Estamos a trabalhar nesse dossiê há muito tempo. Suspendemos vários clérigos que foram demitidos por causa disso”, disse o papa Francisco, sem mencionar nomes ou países.

“Não sei se o julgamento [canónico] acabou, mas também dissolvemos algumas congregações religiosas femininas que têm estado muito ligadas a essa corrupção”, acrescentou o papa, observando que a Igreja não se pode refugiar em negação. “Nós temos de fazer algo mais? Sim! E temos vontade? Sim!” insistiu o papa.

Jorge Bergoglio prestou homenagem ao seu antecessor, Bento XVI, que teve “a coragem de dissolver uma congregação feminina” na qual “esta escravidão de mulheres foi estabelecida, escravidão que foi tão longe quanto a escravidão sexual das mulheres pelos clérigos e pelo fundador”. O papa Francisco referia-se à congregação francesa das Irmãs contemplativas de São João, disse após a conferência de imprensa o seu porta-voz.

O chefe de Estado do Vaticano referiu ainda outra congregação religiosa, culpada de “corrupção sexual e económica”, na qual o papa Bento XVI insistiu em investigar. “Ele era um homem forte e consistente”, declarou o papa Francisco.

O papa chamou ao Vaticano, no final de fevereiro, os presidentes de conferências episcopais de todo o mundo para uma cimeira sobre “a proteção de menores”.

No início do ano, uma investigação da agência de notícias Associated Press denunciou uma série de abusos sexuais e violações cometidos sobre freiras na Índia durante décadas por padres que contaram com o silêncio cúmplice da hierarquia católica.

Quase duas dúzias de freiras e ex-freiras queixaram-se de repetidas violações e de uma hierarquia católica que pouco fez para as proteger, ao mesmo tempo que detalharam frequentes situações de assédio sexual, existindo ainda relatos de sacerdotes que afirmaram terem tido conhecimento direto deste tipo de incidentes.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Essas coitadas… Seriam maiores e vacinadas e mesmo admitindo uma qualquer situação de dependência , poderiam e deveriam ter-se defendido e denunciado as situações. Tenho ainda assim bem mais pena dos menores que por todo o mundo foram abusados.
    Quanto ao resto acho que a igreja tem um problema grave com o tema sexo. Sexo é bom, faz bem à pele, faz muito pelo bem-estar mental das pessoas e não deveria ser negado aos padres. Estes deveriam poder casar-se (já assim foi na igreja católica e é-o na protestante), ter filhos e deste modo estarem perfeitamente habilitados a falar do tema FAMÍLIA.
    Quantas situações não existem de padres que, não sendo casados, vivem com uma mulher quase uma vida inteira?! A igreja tem de se modernizar. E neste caso a igreja até já permitiu no passado casamentos, pelo que poderemos estar perante uma necessidade de se antiquar.

RESPONDER

Cientistas explicam porque trabalhar à noite faz mal aos intestinos

As pessoas que trabalham à noite têm mais probabilidades de desenvolver inflamações intestinais, porque há células que contribuem para a saúde intestinal que deixam de receber informações vitais do cérebro, indica um estudo divulgado esta …

Marinha dos EUA admite que vídeos de OVNI's são verdadeiros (e não era suposto ninguém saber)

A Marinha dos EUA confirmou que imagens de OVNIs que surgiram nos últimos anos são reais e que nunca pretenderam que o vídeo fosse visto pelo público. As imagens que apareceram pela primeira vez online em …

O Pólo Norte vai ter um hotel de luxo (iluminado pelas auroras boreais)

https://vimeo.com/360873720 O hotel "mais a norte do mundo" só existirá durante um mês e o glamping de luxo será para muito poucos: o custo é de 95 mil euros por pessoa por três dias. Em 2020, o …

Whitney Houston vai regressar aos palcos (em holograma)

Whitney Houston vai "regressar" aos palcos, em formato holograma. Foi anunciada uma digressão da cantora por várias salas do Reino Unido, em 2020. Os planos para uma digressão de holograma de Whitney Houston têm sido discutidos …

Victor Vescovo diz que chegou ao ponto mais profundo dos oceanos. James Cameron não concorda

James Cameron levantou dúvidas sobre as recentes declarações de Victor Vescovo sobre ter quebrado o recorde do mergulho mais profundo no oceano, dizendo que o empresário não pode ter descido mais, uma vez que não …

Par de patinadores no gelo mais medalhado de sempre anuncia fim da carreira

Os canadianos Tessa Virtue e Scott Moir, o par de patinadores no gelo mais medalhado da história do olimpismo, anunciaram esta quarta-feira o fim da carreira. “Olá a todos. Temos novidades para todos os que nos …

Elon Musk é o líder mais inspirador da tecnologia da atualidade

Elon Musk foi nomeado o líder mais inspirador no setor da tecnologia, de acordo com um estudo publicado pela Hired, uma plataforma para contratação de pessoal em 14 cidades em todo o mundo. O estudo, chamado …

De portas abertas para quem precisa. Frigoríficos solidários crescem em Paris

A Cantina do 18.º bairro parisiense foi o primeiro espaço deste projeto solidário, inaugurado há dois anos. Atualmente existem 38 restaurantes em França que acolhem os frigoríficos solidários. Em dois anos, o projeto dos frigoríficos solidários …

Imigrante do Bangladesh em Itália encontra e devolve carteira com 2 mil euros

Mossan Rasal, um bangladeshiano de 23 anos que vive em Roma, encontrou na rua uma carteira com dois mil euros, documentos de identificação, cartões de crédito, carta de condução. Em vez de retirar o dinheiro e …

Austrália conclui que China foi responsável por ciberataque ao parlamento

A agência de inteligência cibernética da Austrália (ASD) concluiu que a China foi a responsável por um ataque informático, no início deste ano, contra o parlamento nacional. Os serviços de inteligência australianos (Australian Signals Directorate) concluíram …