Pandemia: 59% dos senhorios têm rendas por receber

Simon Collison / Flickr

A Associação Lisbonense de Proprietários (ALP) realizou um inquérito que revela que mais de metade dos inquilinos dos senhorios inquiridos deixaram de pagar a renda durante os meses do estado de emergência. O inquérito apontam ainda para a falta de confiança dos proprietários e falta de adesão aos programas de arrendamento acessível do Estado.

De acordo com o Público, cerca de 59,1% dos 320 proprietários de imóveis habitacionais e comerciais inquiridos pela ALP, deixaram de receber o pagamento de rendas durante o estado de emergência e nos meses seguintes. Esta é um dos indicadores presentes no barómetro “Confiança dos Proprietários ALP”, um estudo realizado entre 22 de agosto e 15 de setembro.

Com o país em estado de emergência, e com muitos estabelecimentos encerrados, muitas famílias viram uma diminuição drástica nos seus rendimentos. Para tentar mitigar os efeitos da pandemia na economia das famílias, o Governo avançou, no início de Abril, com um pacote de medidas em matéria de habitação.

Contudo, os proprietários das casas dizem que as medidas do Governo para fazer face à pandemia, como a moratória no pagamento de rendas, ou a suspensão de prazos para a denúncia de contratos, têm sido “arbitrariamente utilizado pelos inquilinos”.

Pelo menos 56% dos inquiridos revelam ter deixado de receber as rendas e dizem não ter recebido um aviso prévio por parte do inquilino, nem uma apresentação de documentação que comprovasse a perda de rendimentos, tal como a lei prevê.

Nos casos em que todos os procedimentos foram cumpridos, metade dos senhorios afirmou não ter começado ainda a receber os valores das rendas vencidas. Entre os inquiridos, apenas 3,2% dos proprietários disseram ter inquilinos que recorreram à linha de empréstimo sem juros (pagamentos dos valores em falta em duodécimos), que foi entretanto estendida até 31 de dezembro.

Os 320 senhorios inquiridos têm 2692 imóveis arrendados em Portugal, sendo que a maioria se situa na Grande Lisboa. Devido à pandemia, 43,5% dos senhorios indicam ter tido uma quebra de rendimentos entre 10% e 20%, e 1 em cada 3 registaram perdas entre os 20% e os 40%. Cerca de 16,1% dos senhorios viram-se privados de 75% a 100% do seu rendimento disponível.

Ainda de acordo com o inquérito realizado, está presente a “pouca vontade” que os proprietários têm em aderir aos programas de arrendamento acessível promovidos pelo Estado central ou pelos municípios: apenas 1% dos senhorios assinalaram ter interesse em colocar os seus imóveis neste tipo de programas.

Para o presidente da ALP, Luís Menezes Leitão, este é o reflexo da “desconsideração do Governo pela situação dos senhorios”, o que resulta numa “quebra” de confiança no mercado de arrendamento, “votando ao falhanço os programas de arrendamento acessível do Estado”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Crianças têm dificuldade em entender emoções de pessoas com máscara

Um novo estudo mostra que crianças dos três aos cinco anos só conseguem entender as emoções escondidas por detrás das máscaras em apenas 40% das ocasiões. A equipa de investigação U-Vip (Unidade para Deficientes Visuais), liderada …

Cientistas identificam uma rara "hélice" magnética num sistema binário

De acordo com investigações que serão publicadas na revista The Astrophysical Journal, investigadores da Universidade de Notre Dame identificaram a primeira hélice magnética eclipsante num sistema estelar variável cataclísmico. O sistema estelar, conhecido como J0240, é …

Euro2020, 2º dia: Bélgica e Finlândia vencem em dia marcado pelo colapso de Eriksen

A Bélgica estreou-se hoje no Euro2020 de futebol com uma vitória expressiva sobre a Rússia (3-0), no Grupo B, num dia histórico para a Finlândia, mas manchado pelo colapso do dinamarquês Christian Eriksen, que lançou …

Bélgica 3-0 Rússia | Diabos belgas à solta em São Petersburgo

A Bélgica entrou com tudo nesta fase final do EURO 2020. Na noite deste sábado, os “diabos vermelhos” andaram à solta e silenciaram São Petersburgo. A Bélgica entrou hoje com o pé direito no Campeonato da …

Um braço robótico conseguiu ajudar um paciente a sentir o mundo

Recentemente, um implante neural permitiu que as pessoas escrevessem uma mensagem apenas com o pensamento. Agora, um novo braço robótico controlado por um implante está a criar curiosidade por conseguir enviar feedback tátil para o …

Dinamarca 0-1 Finlândia | Todos a pensar em Eriksen

A Finlândia venceu o seu encontro de estreia em fases finais de Campeonatos da Europa, num jogo em que o mais importante não foi o resultado final, mas sim a luta de Eriksen pela vida. A …

Polícia chinesa prende mais de mil suspeitos de lavagem de dinheiro com criptomoedas

As autoridades chinesas intensificaram o controlo de esquemas que envolvem criptomoedas e prenderam mais de 1.100 suspeitos de usar os ativos digitais para lavagem de fundos ilícitos. A mega operação ocorreu em 23 províncias, regiões e …

#CancelCanadaDay. População quer pôr fim ao Dia do Canadá

Uma cidade canadiana e uma "Primeira Nação" do país cancelaram formalmente o Dia do Canadá alegando que não querem continuar a homenagear a "tentativa de genocídio" contra os povos indígenas. A prefeita da cidade de Victoria, …

Plástico é responsável por 80% do lixo nos oceanos

Um estudo global publicado na quinta-feira revelou que 80% do lixo encontrado nos oceanos é composto por plástico, sobretudo sacolas e garrafas. Em seguida surge o metal, vidro, roupas e outros artigos têxteis, borracha, papel …

Governo sabia da partilha de dados de ativistas russos desde março

O Governo sabia do envio para a embaixada russa dos dados pessoais dos manifestantes anti-Putin desde março. A notícia foi avançada pela RTP. Os ativistas russos revelaram que a sua queixa sobre a atitude da Câmara …