PAN quer tribunal para julgar em exclusivo crimes de corrupção

PAN / Facebook

André Silva, deputado do Partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN)

Iniciativa do Partido Pessoas-Animais-Natureza será apresentada “no quadro de uma proposta de revisão constitucional”, a entregar na próxima legislatura.

O PAN vai propor no programa eleitoral às legislativas de outubro a criação de um tribunal com competência exclusiva para julgar crimes de corrupção, peculato e abuso de poder, anunciou esta quarta-feira o deputado André Silva.

Em conferência de imprensa na sede do partido, em Lisboa, André Silva, que será o cabeça de lista do Pessoas-Animais-Natureza pelo distrito, adiantou que a iniciativa será apresentada “no quadro de uma proposta de revisão constitucional”, a entregar na próxima legislatura.

A “criação de um tribunal com competência exclusiva para julgar crimes de corrupção, peculato e abuso de poder”, a par de um “significativo reforço, por meios materiais e humanos, do Ministério Público e da Polícia Judiciária” visam “garantir que a investigação a esta criminalidade seja eficaz”, disse.

De acordo com André Silva, o programa – que esteve aberto à participação pública – “focará áreas determinantes no contexto político e social nacional” como “o combate à corrupção, ambiente, agricultura, saúde ou proteção animal“. Tanto o programa eleitoral, como o calendário das ações de campanha, serão apresentados em sessão pública “no final do mês de agosto”, anunciou.

Na área do ambiente, o PAN pretende “a concretização de uma efetiva justiça ambiental, com a apresentação e a aplicação de várias medidas” que visam “aumentar o quadro de responsabilização em matéria de crimes ambientais“, uma vez que, considera, se sente “uma enorme impunidade” nesta matéria.

Mais especificamente, o partido quer criar “um seguro público, afeto a um super fundo ambiental, para efeitos de remediação dos danos ambientais e proteção social dos trabalhadores” de empresas “reiteradamente poluidoras”, em caso de suspensão da atividade.

Este fundo, que seria “alimentado pelas indústrias” através de contribuições periódicas “em função do volume de negócios” e “do grau de risco de poluição”, serviria para assegurar os salários aos trabalhadores afetados.

O programa eleitoral do PAN vai defender “políticas fiscais que beneficiem modos de produção de alimentos mais sustentáveis e saudáveis”, refletindo “uma aposta na correção das distorções de mercado que se verificam, nomeadamente no preço final ao consumidor” em relação à agricultura biológica, acrescentou.

No que toca à saúde, o PAN quer uma aposta na prevenção das doenças e promoção de uma vida saudável, o que poderá passar, entre outras medidas, por um aumento do orçamento nesta matéria.

Ainda neste âmbito, o partido pretende o reconhecimento e a regulamentação das carreiras de nutricionista e psicólogo e “garantir a presença destes profissionais nas escolas, nos hospitais e nos centros de saúde”.

Esta quarta-feira, André Silva anunciou ainda que o partido inclui no programa “a implementação de um sistema público médico-veterinário de apoio às famílias carenciadas e aos movimentos associativos que tenham a seu cargo animais errantes ou abandonados”.

A medida passaria pela criação de hospitais públicos nas áreas metropolitanas de Lisboa e Porto, a par das comunidades intermunicipais, depois de um levantamento das necessidades em cada uma destas áreas, disse.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Os cogumelos podem ser muito mais antigos do que pensávamos

Os cogumelos podem ser mais antigos do que pensávamos, concluíram cientistas que dataram vestígios de micélio (constituinte dos cogumelos) com 800 milhões de anos, divulgou esta quarta-feira a Universidade Livre de Bruxelas, na Bélgica. Estudos anteriores …

Comer iogurte natural pode ajudar a reduzir o risco de cancro da mama

Uma das causas mais apontadas para o cancro da mama é a inflamação causada por bactérias nocivas. Esta tese ainda não foi provada, mas é apoiada pelas evidências até agora disponíveis de que a inflamação …

Primeiro caso suspeito de infeção por coronavírus detetado em Portugal

Foi detetado o primeiro caso suspeito de infeção infeção pelo novo coronavírus , em Portugal, anunciou este sábado a Direção-Geral de Saúde. “Este doente, regressado hoje [este sábado] da China, onde esteve na cidade de Wuhan …

Slava Semeniuta transforma chuva em atmosfera néon

O artista e fotógrafo russo Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, mistura elementos naturais e faz mágica com eles. Slava Semeniuta, também conhecido como Visual Scientist, retoca fotografias de poças de água para criar composições …

Empresa quer vender dispositivos que extraiem água potável do ar

A empresa israelita Watergen está a planear começar a vender uma versão para o consumidor do seu aparelho que extrai água potável do ar ainda este ano. A tecnologia do gerador atmosférico da empresa está em …

"Sem padrinhos, nem donos". Líder da JP levanta congresso centrista

O candidato à liderança do CDS Francisco Rodrigues dos Santos arrancou este sábado no congresso centrista, que está a decorrer em Aveiro, a maior ovação dos delegados, com um discurso inflamado, em defesa de um …

Quando chegaram à Europa pela primeira vez, as batatas eram "hereges"

Os espanhóis foram os primeiros europeus a encontrar batatas na América do Sul nos anos 1530. Porém, quando foram trazidas para o Velho Continente, não foram bem recebidas por todos. Depois de terem sido encontradas pelos …

Ano vai ser "inevitavelmente" de contestação social, avisa CGTP

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, disse esta sexta-feira que este ano vai ser “inevitavelmente” de contestação social se o Governo e as empresas continuarem a insistir num modelo de baixos salários. O líder da intersindical …

Maior ameaça ao crescimento português vem de Espanha

Diz o ditado popular que de Espanha nem bom vento, nem bom casamento. Mas, na verdade, o crescimento económico do país vizinho tem contribuído para puxar pela economia portuguesa. Agora, quando se prevê um abrandamento …

Cabo Verde esteve sem Internet durante 24 horas

O arquipélago de Cabo Verde voltou a ter acesso à Internet na tarde desta sexta-feira, cerca de 24 horas depois de uma instabilidade provocada por falhas no fornecedor internacional do serviço. O país tinha ficado sem …