Pais de criança que morreu em piscina dizem que filtro não estava tapado

A mãe de Vic Wanzeele, a criança belga que morreu depois de ter ficado presa numa piscina, em Azeitão, garante que o filho estava acompanhado e acusa: “o filtro devia estar tapado”. Esta tragédia traz à tona preocupações relativas à falta de legislação em torno das normas de segurança destinadas a prevenir o risco de afogamento.

Ansie Van Aerschot, mãe da criança belga de seis anos que morreu esta segunda-feira, depois de ter ficado presa no fundo de uma piscina de uma unidade de alojamento turístico, em Azeitão, garante que o menino estava acompanhado quando ficou preso no filtro da piscina.

“Saltámos todos imediatamente para a piscina para o ajudar, mas era impossível soltá-lo”, explica num comunicado à imprensa. Vic estava a mergulhar com um amigo quando ficou preso na parte mais funda da piscina, com pelo menos 1,90 metros de profundidade. Os três adultos que estavam presentes no local saltaram imediatamente.

Quando se aperceberam que não o conseguiriam soltar, ligaram para o 112. Nesse momento, escreve o Público, a criança ainda estava viva e a tentar soltar-se. “A nossa chamada foi transferida cinco vezes até conseguirmos falar com alguém que falasse inglês”.

Também nesse momento os adultos procuraram o quadro da eletricidade para desligarem o filtro da piscina, mas ninguém sabia onde se encontrava a instalação da piscina.

“Eu liguei para a BE@home – a empresa responsável pela propriedade Arrábida Country Retreat – e, ao telefone, gritei que o meu filho tinha ficado preso no filtro e estava a morrer na piscina. Eles disseram-me para permanecer calma e que alguém iria imediatamente. Nada disseram relativamente à instalação que poderíamos desligar”, diz a mãe.

Os primeiros a chegar foram os bombeiros e, nessa altura, Vic ainda permanecia preso no interior da piscina. Os socorristas tentaram soltar o rapaz, mas sem sucesso. “Começaram à procura da instalação, que parecia estar numa pequena casa na estrada de acesso que se encontrava trancada” e “arrombaram a porta, desligaram o sistema de filtro e, finalmente, conseguiram soltar” a criança.

Vic esteve entre 15 a 20 minutos preso no fundo da piscina. Assim que foi retirado, os bombeiros aplicaram técnicas de reanimação tendo sido transportado para o Hospital Dona Estefânia, em Lisboa.

Ansie justifica a emissão do comunicado com a necessidade de “garantir que será levada a cabo uma investigação rigorosa deste caso e que serão tomadas medidas para impedir que esta tragédia aconteça com outra família”. E acusa: “o filtro devia estar tapado! A aspiração era tão forte que ele nunca teve qualquer hipótese… é inacreditável que isto pudesse acontecer quando uma simples tampa o podia ter evitado“.

A Procuradoria-Geral da República ordenou a abertura de um inquérito à morte da criança belga que está atualmente a decorrer no Departamento de Investigação e Acção Penal de Lisboa (DIAP).

O jornal Público tentou contactar os responsáveis da Be@home, mas os responsáveis recusaram prestar declarações sobre este caso.

Legislação não exige sistemas de segurança nas piscinas

A legislação portuguesa não exige sistemas de segurança na maioria das piscinas, sendo omissa no que diz respeito à fixação de mecanismos de segurança obrigatórios nas piscinas de uso familiar ou para uso de condomínios ou de unidades de vizinhança.

José Tavares dos Santos, presidente da Associação Portuguesa de Profissionais de Piscinas (APPP), afirmou em declarações ao Público que “não existe lei nenhuma que obrigue à adoção de medidas de segurança neste tipo de piscinas. O que existem são recomendações“, que muitas vezes não são suficientes para travar acidentes como o que aconteceu em Azeitão, na segunda-feira.

O responsável explica ainda que, a partir do momento que não existem requisitos legais obrigatórios, também não há fiscalização capaz de prevenir tragédias como esta.

Ouvida pelo matutino, Sandra Nascimento, da Associação Para a Promoção da Segurança Infantil (APSI), refere que já há muitos anos que a APSI “defende a criação de uma legislação abrangente que inclua todo o tipo de piscinas – de uso doméstico unifamiliar e multifamiliar, como os condomínios, empreendimentos turísticos e alojamento local”.

Para a responsável, esta lei deve incluir aspetos relacionados com a segurança associada à construção, os meios de socorro e salvamento presentes e a definição da cadeia de responsabilidades, desde o fabricante ao proprietário, passando por quem licencia.

Questionados sobre a possibilidade de o Governo avançar com legislação específica para equipamentos deste tipo, os ministérios da Administração Interna e da Economia afirmaram apenas que têm vindo a ser desenvolvidas campanhas de sensibilização para os cuidados a ter numa piscina.

ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Desde a tragédia do Agua Park, onde também um garoto foi sugado na piscina, que a protecção civil deveria licenciar todas as piscinas para verificar a segurança das mesma, ou delegar em empresas certificadas como acontece nas inspecções ao gás das habitações.

  2. Se a maioria da população tivesse uma piscina já eram obrigatórios projetos assinados visados e certificados, vistorias, inspeções, taxas e taxinhas, fiscalização, seguro, etc.. Era já um grande negócio tipo o do automóvel, da habitação ou dos combustíveis. Mas como só os ricos têm, não são incomodados.

  3. Pelos vistos ainda ninguém aprendeu a lição neste país, depois de vários casos já são horas de haver leis e vistorias para que não aconteçam mais casos idênticos, pior ainda responsáveis possivelmente não os vai haver, estou de acordo com a opinião do ruimvp, provavelmente só um aperto de Bruxelas porá isto nos carris!.

RESPONDER

Mais seis mortes, 325 novos casos e 237 recuperados

Portugal regista esta quinta-fira mais seis mortes por covid-19, 325 novos casos de infeção e mais 237 pessoas dadas como recuperadas em relação a quarta-feira, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo …

"Filme fantástico". Novo livro revela cartas entre Kim Jong-un e Donald Trump

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, qualificou o seu relacionamento com o Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como um “filme fantástico”, segundo os editores de um livro a ser publicado, que revela a correspondência entre …

Grupo avisa Bruxelas que Portugal pode tornar-se ilha ferroviária na Europa

Um grupo de portugueses ligados ao setor ferroviário alertou a comissária europeia dos Transportes para a possibilidade de Portugal se tornar uma ilha ferroviária na Europa devido ao atraso em adotar "a bitola europeia" nas …

China encontra traços do coronavírus em asas de frango importadas do Brasil

Traços do novo coronavírus foram encontrados em asas de frango importadas do Brasil, na cidade de Shenzhen, no sul da China, noticiou, esta quinta-feira, um jornal oficial do Partido Comunista Chinês (PCC). Os traços foram detetados …

Denúncia de Rui Pinto leva a congelamento de conta bancária da Doyen

Oito milhões de euros que estavam numa conta bancária do fundo de investimento Doyen foram congelados pelas autoridades portuguesas. Uma denúncia do whistleblower português Rui Pinto levou o fundo a ser investigado por suspeitas de fraude …

Preocupado com a Bielorrúsia, Macron ligou a Putin (e aproveitaram para falar da vacina russa)

O Presidente francês, Emmanuel Macron, manifestou esta quarta-feira ao seu homólogo russo, Vladimir Putin, "uma preocupação muito grande" quanto à situação na Bielorrússia após a reeleição do chefe de Estado autoritário bielorrusso, Alexander Lukashenko. Segundo indicou …

Obras do Hospital Militar de Belém custaram mais do triplo do valor estimado

As obras no Hospital Militar de Belém, em Lisboa, custaram mais do valor inicialmente estimado, avançou o Diário de Notícias esta quarta-feira. De acordo com o jornal, estava inicialmente previsto que a reabilitação de três …

Autópsia a Valentina revela descolamento do crânio

A autópsia a Valentina, a menina de 9 anos encontrada morta na serra D’el Rei, em Peniche, distrito de Leiria, em meados de maio, revela descolamento do crânio, avança esta quinta-feira o Correio da Manhã. …

Rio pede "coerência" na lotação do Avante e faz comparação com estádios

O líder do PSD pronunciou-se sobre a lotação da festa do Avante, lembrando que, se for reduzida para metade, isso é o mesmo que os estádios do FC Porto ou do Sporting estarem cheios. Na sua …

Juiz Carlos Alexandre desiste de queixa contra Rui Pinto

A proposta do Ministério Público (MP) para que o pirata informático não continuasse a ser investigado dependia da autorização do "super-juiz", avança o Correio da Manhã. De acordo com o Correio da Manhã, o juiz Carlos …