Pais acusam escola em Portimão de maus-tratos, xenofobia e discriminação

Os pais de alunos acusam a Escola Básica Major David Neto, em Portimão, de insultos, agressões, xenofobia, discriminação e de maus-tratos a alunos, denunciou hoje a associação SOS racismo.

Em nota enviada à agência Lusa, a associação SOS racismo dá conta das denúncias efetuadas por vários encarregados de educação de alunos de uma turma do 4.º ano daquela escola, entre as quais alegadas agressões verbais e físicas por parte de funcionários e discriminação de crianças de outras etnias.

De acordo com as denúncias dos pais, a escola “tem uma turma onde colocou todas as crianças de etnia cigana, crianças com deficiências e crianças de raça negra, e crianças de ‘raça branca’ que são transferidas de outras escolas”, situação que classificam de “maior absurdo, porque a mistura racial e cultural enriquece a todos”.

Segundo os pais, a situação toma mais relevância, ao tomarem conhecimento de que as crianças de etnia cigana comem de pé, alguns deles colocados estrategicamente colocados ao pé do caixote do lixo”.

“São agredidos (não só eles, mas começou tudo por eles) fisicamente e verbalmente, existem palavrões fortíssimos dentro do refeitório da parte dos funcionários do mesmo”, lê-se no documento.

Os pais denunciaram ainda situações de insuficiência de comida, exemplificando com “a divisão ao meio de um filete” por outras crianças.

A situação torna-se ainda mais grave quando a queixa foi apresentada e a senhora diretora da escola tomou conhecimento, dirigiu-se à sala de aula procurando pela minha filha porque eu me identifiquei na queixa e, os foi ameaçar / intimidar a todos, pois não poderiam contar aos pais o que se passa na escola“, refere o documento.

Os encarregados de educação apresentaram queixa da escola à direção regional de Educação do Algarve, que pediu esclarecimentos ao Agrupamento de Escolas Manuel Teixeira Gomes, à qual pertence a Escola Major David Neto.

Contactada pela agência Lusa, a vereadora com o pelouro da Educação na Câmara de Portimão confirmou ter recebido uma queixa no dia 17 de janeiro, tendo pedido esclarecimentos à escola, remetendo uma posição para a próxima segunda-feira.

// Lusa

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

    • Também fiquei admirado, isto é absurdo, faz lembrar os tempos da PIDE, as pessoas já não dialogam nem se preocupam em resolver as coisas a bem, ligam a contar a sua versão do caso para os “SOS rádio, SOS televisão” e esperam para ver o que acontece.

  1. Falta apenas diálogo. As crianças não devem contar aos pais o que se passa na escola, assim como os pais não devem contar aos filhos o que se passa nas suas fábricas e empresas. Parece que agora somos todos uma cambada de fracos ignorantes, onde o que impera é a “lei do bufo” para tudo e mais alguma coisa, as pessoas já não conversam nem se preocupam em resolver os problemas com os seus tutores e com os seus patrões, e procurar soluções para os problemas por si próprios ou com a força de todos; é bem mais simples não lutar e ir para os media e esperar que tudo fique resolvido, e assim, criar guerrilhas desnecessárias. Vamos a ver, se calhar o Estado devia era formar milhares de jornalistas e já agora “ninjas” para o bem de todos os males.

  2. Bem vindos à diversificação das raças em que ignoram a cultura. Uma ideia genial que não funcionou até agora em lado nenhum com continuam a insistir na mesma.

RESPONDER

Pode já ser demasiado tarde para salvar o Taj Mahal

O Taj Mahal, monumento que é cartão postal da índia, está a ficar amarelado devido à poluição. O Supremo Tribunal indiano já ameaçou o Governo: "ou restauram ou demolem". Há um ditado que diz que o …

Se precisa de um emprego, faça uma tatuagem

Se está à procura de emprego, não coloque de lado a hipótese de fazer uma tatuagem. Um surpreendente estudo demonstrou que as tatuagens podem dar aos candidatos uma vantagem competitiva no mercado de trabalho. De certeza …

Cientistas descobrem por que o "cheiro da chuva" é tão agradável

Não é só o alívio, após um longo período de seca, que faz com que o "cheiro da chuva" seja tão agradável. Segundo os cientistas há uma série de fatores envolvidos - que incluem a …

39 mortos confirmados em Génova. "Foi erro humano"

O Governo italiano declarou o "estado de emergência" por 12 meses em Génova, onde esta terça-feira a queda de um viaduto matou pelo menos 39 pessoas, e vai prestar um primeiro apoio de cinco milhões …

Michael Schumacher vai ser levado em breve para Maiorca

O alemão Michael Schumacher, heptacampeão mundial de Fórmula 1, vai ser levado para a ilha de Maiorca, em Espanha, onde passará a viver com a família, segundo revela a edição desta quarta-feira da revista suíça …

Marcha imparável de mortíferas viúvas-negras está a apoderar-se do Canadá

O habitat das criaturas potencialmente letais de oito patas estendeu-se em mais de 48 quilómetros nos últimos 12 anos, e aparentemente nada pode ser feito para as conter. Segundo um estudo publicado a semana passada na …

Marca espanhola cria sapato feito de lixo retirado dos oceanos

O lixo nos oceanos é um problema de longa data e aumenta de forma proporcional ao nosso consumo. A prática tem causado danos em inúmeras espécies marinhas,  como tartarugas e baleias. Para ajudar a combater estes …

Está explicado por que os índios têm cabelo comprido

Quando pensámos em índios, figuramos rapidamente uma pessoa de pele morena, com a cara pintada e, quase inevitavelmente, cabelo comprido. Ao que parece, o cabelo comprido não representa apenas uma questão meramente estética - pode …

Os próximos 4 anos vão ser "anormalmente quentes"

O período de tempo até 2022 poderá registar temperaturas ainda mais elevadas do que o esperado, com anos "anormalmente quentes", segundo um estudo baseado num novo método de previsão, divulgado nesta terça-feira. O trabalho realizado por …

2,3 milhões de venezuelanos abandonam o país por falta de alimentos e medicamentos

A falta de alimentos e de medicamentos forçou 2,3 milhões de venezuelanos a abandonarem o país, segundo a ONU, que alertou hoje para a situação de risco de dezenas de milhares de cidadãos da Venezuela. "As …