Padre não deixa Joe Biden comungar por este defender direito ao aborto

patquinnforillinois / Flickr

Joe Biden, antigo vice-Presidente dos EUA e e candidato à presidência nas eleições de 2020

Um padre de uma Igreja Católica deixou que Joe Biden assistisse a uma missa, mas negou-lhe a comunhão por defender o direito ao aborto.

O padre Igreja Católica de Santo António em Florence, na Carolina do Sul, Estados Unidos, não deixou Joe Biden, candidato presidencial e ex-vice-Presidente dos EUA, comungar, sustentando a sua decisão na defesa que aquele político faz do direito ao aborto.

No passado fim de semana, Biden fez campanha na Carolina do Sul e decidiu assistir a uma missa com a sua mulher, em Florence. O casal assistiu à cerimónia e no final, foi-lhe negada a comunhão.

O padre, Robert Morey, disse ao Florence Morning News que “a sagrada comunhão significa que somos um só com Deus, cada um de nós e a Igreja” e que “as nossas ações devem refletir isso”. De acordo com a sua interpretação, esse não é o caso de Joe Biden. “Qualquer pessoa que defenda o aborto coloca-se fora dos ensinamentos da Igreja.”

Segundo o Observador, esta não é a primeira vez que esta situação acontece a Biden. Em 2008, quando o então senador do Delaware foi anunciado como candidato à vice-Presidente de Barack Obama, o bispo de Scranton disse que não iria permitir a comunhão a Biden e a qualquer político que, como ele apoiasse o direito ao aborto.

“Nenhum político católico que apoie a cultura da morte deve ter a sagrada comunhão”, disse na altura o bispo Joseph F. Martino. “Vou ser muito zeloso desta questão.”

Biden tem defendido o direito ao aborto ao longo da sua carreira, apesar de nos primeiros anos da sua passagem pela câmara alta norte-americana ter feito parte de um conjunto de democratas católicos que procuravam restringir o aborto (tendo votado em 1973 a favor de uma lei que prevenia que fundos federais fossem destinados para custear abortos).

Em 2012, num debate entre candidatos a vice-Presidente, disse que pessoalmente era contra o aborto, mas acrescentou que isso não o impedia de procurar legislar de forma a permitir essa possibilidade.

“Em relação ao aborto, eu aceito a posição da minha Igreja de que a vida começa na conceção. É essa a opinião da Igreja. Eu aceito-a na minha vida pessoal. Mas recuso impô-la a pessoas tão devotas [quanto eu], sejam cristãos, muçulmanos ou judeus. Recuso impor isso aos outros”, disse Joe Biden, no debate.

“Não acredito que tenhamos o direito de dizer às outras pessoas que as mulheres não podem controlar o próprio corpo. É uma decisão entre elas e os seus médicos, na minha opinião”, rematou na altura.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Boavista 1-4 Benfica | Águia goleia no xadrez do Bessa

O Benfica deu o pontapé de saída da 13ª jornada com uma vitória competente na visita ao Boavista, por 4-1. Num jogo potencialmente perigoso para as aspirações “encarnadas”, frente a um adversário com somente uma derrota …

Cientistas desenvolvem técnica para determinar o humor através da caligrafia

Uma equipa de cientistas estudou a biomecânica dos movimentos das mãos a escrever e a desenhar, e desenvolveu um método para avaliar as propriedades individuais da velocidade de escrita e da pressão do lápis no …

Quase seis mil denúncias de agressões sexuais em viagens da Uber nos EUA

A plataforma de transporte de passageiros Uber divulgou na quinta-feira um relatório, revelando quase seis mil denúncias de agressões sexuais a utilizadores, motoristas e terceiros nos Estados Unidos (EUA), em 2017 e 2018. No relatório de …

Polícia de Los Angeles vai usar dispositivo "ao estilo Batman" para prender suspeitos

A polícia de Los Angeles, nos Estados Unidos, vai adotar, no início do próximo ano, um novo dispositivo, conhecido como BolaWrap 100, que dispara um cinto de fibra sintética a uma velocidade de 200 metros …

Corriere dello Sport defende-se das acusações e garante ser "inimigo do racismo"

O jornal desportivo italiano Corriere dello Sport afirmou esta sexta-feira ser “inimigo do racismo”, defendendo-se das críticas motivadas pela manchete de quinta-feira, com o título “Black Friday” e ilustrada com os futebolistas negros Romelu Lukaku …

Alisadores e tintas para cabelo podem aumentar o risco de cancro da mama

Alisadores e tintas para cabelo são dois produtos comummente utilizados por mulheres. Um novo estudo sugere que estes podem aumentar o risco de cancro da mama, especialmente em mulheres negras. Muitos produtos capilares contêm compostos que …

Black Friday. Marca de cosméticos oferece por engano desconto de 96% e perde 10 milhões em duas horas

Uma falha no site oficial da marca de produtos cosméticos Foreo fez com que o seu artigo mais caro fosse vendido com um desconto de 96%, fazendo com que a empresa sueca perdesse 10 milhões …

Camisola usada por Pelé no seu último jogo foi vendida por 30 mil euros em leilão

Uma camisola usada por Pelé no seu último jogo com a seleção brasileira foi vendida por 30 mil euros num prestigiado leilão de objetos desportivos, realizado na quinta-feira em Turim, Itália. A camisola com o número …

A maior entrada de sempre em bolsa. Saudi Aramco garante 25,6 mil milhões de dólares

Para além de fazer uma entrada em estilo na bolsa de Riade na próxima semana, com a maior IPO de sempre, a Saudi Aramco torna-se na empresa mais bem avaliada do mundo. A Saudi Aramco, petrolífera …

Novo livro revela provas de que Albert Camus foi assassinado pelo KGB

Giovanni Catelli é autor da teoria que o prémio Nobel da literatura Albert Camus foi assassinado pelo KGB. No seu novo livro, reitera essa ideia e revela algumas provas. O romancista Albert Camus foi vencedor do …