Pablo Iglesias deixa Governo para disputar Madrid com Isabel Díaz Ayuso

O vice-presidente de Direitos Sociais e Agenda 2030 Pablo Iglesias abandonou o Governo espanhol para disputar a presidência da comunidade de Madrid com Isabel Díaz Ayuso.

De acordo com o jornal espanhol La Vanguardia, Pablo Iglesias anunciou a sua saída do governo de coligação – que entrará em vigor no início da campanha eleitoral – para apresentar a sua candidatura como cabeça de lista do Unidas Podemos nas eleições de Madrid em 4 de maio.

A decisão foi tomada na quinta-feira passada, desenhada ao pormenor pelo Podemos nas últimas 72 horas e terá profundas consequências na política de Madrid e espanhola, dentro e fora do Podemos.

Esta segunda-feira, o secretário-geral do partido explicou num vídeo dirigido aos militantes que está muito mais em jogo nas eleições de Madrid do que na presidência da comunidade.

Madrid precisa de um Governo de esquerdas, e eu acredito que posso ser útil. Estive a pensar e decidimos que vou apresentar-me às eleições em Madrid”, disse. “Madrid enfrenta atualmente o enorme risco, que é um risco para toda a Espanha, de que haja um governo de extrema direita, com Ayuso nas mãos do Vox”.

“Na política, é preciso ter coragem de travar as batalhas que é preciso travar”, disse Iglesias, garantindo que “o bipartidarismo não vai voltar, mas a democracia está ameaçada por uma nova direita trumpista, bem localizada no fundo do estado e impulsionada por enormes poderes económicos e mediáticos”.

“Sei que não será fácil, que há muitas cicatrizes, mas o que está em jogo, democracia, saúde, a educação dos nossos filhos, é suficientemente importante para que possamos estar à altura. E tentar estas unidade que todas as pessoas de esquerda nos pedem”, concluiu.

No dia 4 de maio, “devemos impedir estes criminosos que reivindicam a ditadura, que se desculpam pelo terrorismo de Estado, que promovem a violência contra os migrantes, contra os homossexuais e contra as feministas, que podem ter todo o poder em Madrid, com tudo o que isso implica para o resto do país”.

O vice-presidente assinalou ainda que a ação destes meses de Governo “consolidaram de forma evidente a liderança de colegas e, sobretudo, de colegas que têm um imenso futuro pela frente”, aludindo expressamente ao peso na coligação executiva da Ministra do Trabalho, Yolanda Díaz, que “já é a melhor Ministra do Trabalho da história do nosso país”.

A atual Secretária de Estado da Agenda 2030, Ione Belarra, é a pessoa designada por Iglesias para ser Ministra dos Direitos Sociais e da Agenda 2030, recolhendo a pasta deixada pelo vice-presidente.

É a segunda vez que Iglesias renuncia a um cargo no Conselho de Ministros, após, em julho de 2019, durante as negociações com o PSOE para a formação de um governo de coligação, ter aceitado o veto que o Presidente Pedro Sánchez lhe tinha lançado. Em seguida, foi descartado como membro do Executivo para facilitar um acordo, o que apesar de tudo não foi possível e gerou a repetição eleitoral.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Bannon e outros três ex-conselheiros de Trump chamados a depor sobre a invasão ao Capitólio

Mark Meadows, Dan Scavino, Kash Patel e Steve Bannon são os ex-conselheiros de Trump que a comité da Câmara dos Representantes quer ouvir. O comité da Câmara dos Representantes que está a investigar a insurreição de …

TAP cobrou 657 milhões de euros de voos ainda por fazer

A TAP tem 657,5 milhões de euros já cobrados em voos que ainda não realizou. A companhia aérea também enfrenta sérios atrasos no call center. Por causa das restrições impostas por alguns países devido à pandemia …

Bem-vindo à última fase do desconfinamento: fim do certificado em restaurantes, máscara em transportes e lares

"Estamos em condições para avançar para a terceira fase de desconfinamento." Foi com esta frase que António Costa deu início à conferência de imprensa após o Conselho de Ministros desta quinta-feira. Portugal vai avançar para a …

A muralha de Game of Thrones na vida real? Vídeo recria glaciar gigante que existiu na Escócia

Dois investigadores juntaram-se para criar uma reconstituição visual de uma enorme muralha de gelo que existiu na Escócia e que parece saída da série de fantasia Game of Thrones. Quase que dá para ver os homens …

Rui Costa, Benfica

Benfica: duas "baixas" para Rui Costa, em poucas horas (a terceira está proxima)

Varandas Fernandes e Eduardo Moniz não vão fazer parte da lista de Rui Costa nas eleições.  Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato às próximas eleições no Benfica. Dois dias depois, foram anunciadas as saídas …

CNE arquivou queixas contra Costa por causa do PRR. Factos não podem merecer "censura, mesmo que verdadeiros"

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) arquivou as queixas que foram apresentadas contra o primeiro-ministro, António Costa, que, como secretário-geral do PS, tem insistido em falar do PRR, a bazuca europeia, na campanha eleitoral. As queixas …

Discotecas deixam de ter acesso ao lay-off simplificado. Restauração lembra que "crise ainda não acabou"

O processo de desconfinamento começa a chegar ao fim e com ele ficam para trás os apoios financeiros atribuídos às empresas. A terceira e última fase de desconfinamento está quase a chegar e isso implica …

Costa diz não compreender "irritação" de Rio com PRR "bom para o país"

António Costa afirma que não compreende a irritação de Rui Rio com o Plano de Recuperação e Resiliência, frisando que é algo positivo para o país e já está contratualizado com os Açores. O secretário-geral do …

Estudo traz uma nova esperança ao tratamento do cancro dos ovários

Novo estudo traz uma nova luz para a luta contra o cancro dos ovários. Combinação de medicamentos conseguiu reduzir o tamanho do tumor. De acordo com o estudo, entre 25 pacientes que receberam uma combinação experimental …

Medina diz que abertura das discotecas tornará noite em Lisboa mais controlada

O presidente da Câmara de Lisboa e recandidato nas eleições de domingo, Fernando Medina, disse hoje ver como positiva a reabertura das discotecas a 1 de outubro, considerando que a noite na capital passará a …