ONG Oxfam pede 144 mil milhões para evitar que a Covid-19 devaste os países mais pobres

Kim Ludbrook / EPA

A ONG Oxfam acredita que a quantia de 159 mil milhões de dólares (144 mil milhões de euros) é a necessária para um plano global de saúde pública que evite que o coronavírus provoque uma devastação nos países mais pobres, onde vive cerca de metade da população mundial.

“O vírus está a avançar depressa em países em desenvolvimento”, disse a ONG numa nota, divulgada na segunda-feira. “Com sistemas de saúde cronicamente fracos e centenas de milhões a viver em bairros de lata e campos de refugiados, com acesso mínimo a sabão ou água, conter a expansão da doença é um desafio de saúde pública sem precedentes”.

“Se não tomarmos agora medidas preventivas urgentes e uma escala sem precedentes, segundo algumas estimativas 40 milhões de pessoas poderão morrer”, referiu o comunicado, citado pelo Expresso. “Isto poderia facilmente tornar-se a pior crise humanitária que o mundo viu desde a Segunda Guerra Mundial”.

Segundo a Oxfam, a soma que pede ao G20 e outros líderes equivale a 8% do estímulo fiscal anunciado nos Estados Unidos (EUA). Cerca de um quarto dos 159 mil milhões viriam de uma moratória ao pagamento de juros por parte dos países pobres, algo que “já foi pedido pelo Banco Mundial e o FMI, num gesto sem precedentes”.

“Esta solidariedade [nos países já afetados] deve ser ecoada e amplificada ao nível internacional, para que cada país, rico e pobre, tenha os recursos para responder”, disse.

Este pedido da ONG destina-se a financiar sistemas de saúde e medidas preventivas em 85 países, que incluem proteção para os profissionais, gratuidade dos cuidados médicos e requisição pública de toda a capacidade existente nessa área. A Oxfam vai propôr, depois, um plano de salvação económica para esses países.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

A supergigante Betelgeuse é mais pequena e está mais perto da Terra do que se pensava

De acordo com um novo estudo feito por uma equipa internacional de investigadores, podem ser necessários mais 100.000 anos até que a estrela gigante vermelha Betelgeuse morra numa explosão de fogo. O estudo, liderado pela Dra. …

Mulheres menos propensas à covid-19 por respeitarem mais o distanciamento social

Uma das razões pelas quais as mulheres podem ser menos vulneráveis ​​a infeção pelo novo coronavírus deve-se ao facto de serem mais propensas a aderir às políticas de distanciamento social, sugeriu uma nova pesquisa. Uma pesquisa …

Braga 3 - 0 AEK | Minhotos de gala conquistam atenienses

O Sporting de Braga iniciou a sua participação no Grupo G da Liga Europa com uma vitória. Na recepção aos gregos do AEK de Atenas, os minhotos mostraram ser muito mais equipa e ganharam por …

Capitalismo vai arruinar o planeta até 2050, alertam cientistas

Um grupo de cientistas alerta que se continuarmos com este capitalismo desenfreado, o nosso planeta vai sofrer consequências a nível climático e ambiental. Até 2050, o planeta Terra pode sofrer seriamente às mãos do capitalismo desenfreado. …

Os novos faróis inteligentes da Audi levam-no ao cinema sem sair do carro

Os novos faróis LED da Audi levam-no ao cinema sem sair do carro, já que são capazes de projetar imagens na estrada ou em paredes. A novidade é lançada na nova linha de SUVs elétricos da …

FC Porto foi "histriónico" e não se portou bem, escreve-se em Manchester

Jornal inglês alega que os elementos do FC Porto foram exagerados, turbulentos e não tiveram um comportamento adequado. Não há uma única palavra sobre o árbitro. Na manhã seguinte à derrota (3-1) do FC Porto em …

De passagem secreta a cemitério de carros. Túnel sob Nápoles "esconde" veículos enferrujados da II Guerra

No centro de Nápoles, em Itália, há veículos e motocicletas abandonados e enferrujados dos anos 1940 alinhados num túnel a mais de 30 metros abaixo dos seus pés. A Piazza del Plebiscito foi nomeada após uma …

Primeira ministra islandesa interrompida por um terramoto quando dava uma entrevista em direto

Um terramoto de magnitude 5.6 interrompeu uma entrevista em direto da primeira ministra islandesa ao The Washington Post. Mas Katrin Jakobsdottir reagiu à situação de forma tranquila: "Isto é a Islândia". Katrin Jakobsdottir estava a dar …

O voo mais longo do mundo está de volta (e agora é ainda mais longo)

O voo da Singapore Airlines que partia de Singapura com destino até Nova Iorque, foi uma das vítimas do covid-19 e ficou suspendo a 23 de março. Agora, é possível viajar nesta rota novamente, e …

Obras de cinco museus de Berlim vandalizadas no início do mês

Sarcófagos egípcios, pinturas do século XIX e esculturas em pedra de três dos principais museus de Berlim foram atacados com uma substância líquida oleosa a 3 de outubro, dia em que se festejaram os 30 …