Naomi Osaka desiste de Roland Garros depois de ser ameaçada com expulsão

A tenista japonesa Naomi Osaka, número dois mundial, desistiu de Roland Garros na sequência de polémica gerada pela sua decisão de boicotar as conferências de imprensa do “major” francês, para alertar para o tema da saúde mental.

“Esta é uma situação que nunca imaginei, nem procurei quando “postei” [o comunicado] no outro dia. Penso que agora o melhor para o torneio, para os outros jogadores e para o meu bem-estar é retirar-me para que todos possam voltar a concentrar-se no ténis que está a ser jogado em Paris”, disse Osaka numa publicação no Twitter, citada pela agência Lusa.

A número dois mundial, vencedora de quatro títulos do Grand Slam, salientou que nunca quis “ser uma distração” e reconheceu que o ‘timing’ da sua mensagem, que “poderia ter sido mais clara”, não foi o “ideal”.

“A verdade é que sofri longas crises depressivas desde o Open dos Estados Unidos de 2018 [que ganhou] e tenho bastante dificuldade em lidar com isso”, reconheceu, detalhando que, ainda antes do início do “major” parisiense, já se sentia “vulnerável e ansiosa”, pelo que decidiu evitar a imprensa.

Osaka, de 23 anos, contou ainda que escreveu “em privado” à organização de Roland Garros para desculpar-se. “Vou afastar-me temporariamente dos “courts”, mas, quando o momento chegar, quero trabalhar com o circuito para debater os meios para melhorar as coisas para os jogadores, a imprensa e os fãs”, referiu.

Osaka tinha anunciado na quarta-feira, no Twitter, que não participaria nas conferências de imprensa em Roland Garros, justificando a sua decisão com o facto de os atletas serem muitas vezes questionados com perguntas que os fazem duvidar de si próprios.

“Não me vou sujeitar a pessoas que duvidam de mim. Já vi muitas vezes atletas irem-se abaixo, após uma conferência de imprensa a seguir a uma derrota. Penso que isso é como pontapear alguém que já está no chão, e não entendo a razão disso”, frisou a bicampeã do Open da Austrália (2021 e 2019) e do Open dos Estados Unidos (2020 e 2018).

No domingo, a número dois mundial foi multada em 15.000 dólares (cerca de 12.000 euros) por não comparecer à conferência de imprensa após o triunfo sobre a romena Patrícia Maria Tig, por 6-4 e 7-6 (7-4), na primeira ronda do torneio parisiense, com a organização a “ameaçá-la” de exclusão em caso de reincidência.

“Advertimos Naomi Osaka que caso continue a recusar as suas obrigações mediáticas neste torneio, arrisca sanções mais duras, entre as quais a exclusão do torneio”, avisou então a organização, num comunicado subscrito também pelos diretores dos outros três Grand Slam (Open da Austrália, Wimbledon e Open dos Estados Unidos).

  // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Está a lutar pelos seus direitos e ainda é multada e… desculpa-se por isso! Como as coisas vão. Não é “o sonho que comanda a vida” (Pedra Filosofal — Música de António Gedeão e Manuel Freire). É o dinheiro!

RESPONDER

Auditoria às sondagens das autárquicas. Não houve erro, mas "mecanismos" que mudaram opiniões

A auditoria interna realizada pela Intercampus às sondagens pré-eleitorais das últimas eleições autárquicas, que foram muito criticadas, não detetou erros. Assim, o que pode explicar as divergências são "mecanismos" que fazem mudar a opinião das …

Partidos alertam que demora no leilão do 5G está a atrasar a rede de alta velocidade em Portugal

O leilão para a quinta geração de comunicações móveis (5G) dura há quase 200 dias e está a atrasar a implementação da rede de alta velocidade em Portugal. Neste sentido, os partidos, tanto à esquerda como …

Rainha Isabel II está "bem-disposta" depois de passar noite no hospital e já voltou a Windsor

A visita ao hospital de Isabel II foi preventiva e nada teve a ver com a covid-19, confirmou a família real. A monarca vai continuar a descansar nos próximos dias. Depois de ter passado uma noite …

Caso Gabby Petito. Restos mortais encontrados pertencem ao namorado da jovem

As autoridades norte-americanas confirmaram que os restos mortais encontrados na quarta-feira são de Brian Laundrie. Identificação foi feita através de registos dentários. “No dia 21 de outubro de 2021, uma comparação de registos dentários confirmou que …

Rui Rio, líder do Partido Social Democrata (PSD)

Rui Rio apresenta hoje recandidatura à liderança no Porto

Depois de semanas a manter o tabu sobre a sua recandidatura, Rio decidiu mesmo avançar contra Paulo Rangel. O eurodeputado já saudou a decisão. O presidente do PSD, Rui Rio, apresenta hoje publicamente a sua recandidatura …

Trabalho não declarado passa a ser crime com pena de prisão até 3 anos

O Governo aprovou uma proposta de alteração à legislação laboral que prevê a criminalização do trabalho totalmente não declarado, com pena de prisão até três anos ou multa até 360 dias. Esta medida de combate ao …

"Não é o arguido que decide ter Alzheimer." Advogado de Salgado critica recusa em suspender o processo

Depois de o juiz que está a julgar o ex-presidente do Banco Espírito Santo (BES), no âmbito da Operação Marquês, ter recusado suspender o julgamento, Francisco Proença de Carvalho critica a decisão. O julgamento continua …

Poiares Maduro diz que crise política será “responsabilidade” de Costa - e deixa duras críticas a Rio

Miguel Poiares Maduro considera que geringonça criou uma bipolarização no país. O ex-ministro de Pedro Passos Coelho responsabiliza o primeiro-ministro caso haja uma crise política em Portugal. Numa entrevista ao Diário de Notícias, o jurista refere …

Abdul Fatawu Issahaku, futebolista ganês de 17 anos.

Sporting contrata pérola africana que esteve perto de assinar pelo Liverpool

O Sporting terá assegurado a contratação de Abdul Fatawu Issahaku, jovem promessa de 17 anos que estava a ser seguido pelo Liverpool. No Gana, fala-se que Abdul Fatawu Issahaku, extremo ganês de 17 anos que foi …

Com recados de Merkel sobre a Polónia e as migrações em cima da mesa, líderes da UE encerram Conselho Europeu

Ainda sem uma resolução definitiva sobre o Estado de Direito da Polónia, a chanceler alemã deixou recados no seu 107º e último Conselho Europeu. A questão das migrações é um dos temas na agenda no …