Os Verdes pedem a Marcelo que se envolva na questão de Almaraz

António José / Lusa

Heloísa Apolónia, deputada do Partido Ecologista Os Verdes (PEV)

Heloísa Apolónia, deputada do Partido Ecologista Os Verdes (PEV)

A deputada do partido ecologista “Os Verdes” (PEV) Heloísa Apolónia apelou esta segunda-feira ao Presidente da República para que se envolva “ativamente” na questão da central nuclear espanhola de Almaraz e defendeu o encerramento daquela estrutura em 2020.

“Entendemos que agora é preciso exercer uma diplomacia muito mais ativa e assertiva e, nesse sentido, temos solicitado que essa pressão [sobre Almaraz] não seja feita apenas pelo ministro do Ambiente, mas também pelo ministro dos Negócios Estrangeiros e primeiro-ministro. E o apelo que fazemos também é que o Presidente da República se envolva ativamente nesta questão”, defendeu.

O PEV realiza entre hoje e terça-feira as suas jornadas parlamentares nos distritos de Castelo Branco e Portalegre dedicadas, entre outros temas, aos riscos decorrentes da central nuclear espanhola de Almaraz.

Heloísa Apolónia sublinhou, em conferência de imprensa, que o Governo português “atrasou-se muito” relativamente ao exercício de uma “pressão ativa” sobre o executivo espanhol, designadamente para se fazer ouvir no processo de participação de avaliação de impacto ambiental da construção do armazém de resíduos nucleares que irá servir o funcionamento da central de Almaraz.

“Neste momento e fruto também desse atraso e do desrespeito, também é preciso dizê-lo, que Espanha manifestou claramente por Portugal, entendemos que agora é preciso exercer uma diplomacia muito mais ativa e assertiva“, frisou.

A deputada explicou ainda que o PEV escolheu para as suas jornadas parlamentares a matéria da central nuclear de Almaraz devido aos riscos e ameaças que comporta para todo o território nacional, mas, particularmente, para os distritos de Castelo Branco e de Portalegre.

“Estamos aqui num duplo sentido: trazer a nossa mensagem à população e às instituições, a nossa preocupação e as propostas que temos e da necessidade que existe de congregar vozes no sentido de fazer pressão para que seja encerrada a central”, disse.

Heloísa Apolónia realçou o facto de a central de Almaraz já ter expirado o prazo para o seu período normal de funcionamento e adiantou que, ainda assim, o Governo espanhol decidiu prolongar o seu funcionamento até 2020.

“Como a licença está dada até 2020, o que ‘Os Verdes’ dizem é que para lá do ano de 2020 nem pensar, é isso que Portugal tem que dizer de uma forma muito ativa e julgamos que é essa a voz ativa”, sustentou.

Adiantou ainda que a queixa que o Governo português apresentou em Bruxelas é importante neste processo e tinha mesmo que ser feita, “dada a violação descarada” de Espanha em relação a diretivas europeias e, neste caso, de impacto ambiental de uma estrutura que tem efeitos claros ao nível transfronteiriço.

“Agora o que sabemos é que a queixa vai demorar tempo a ser apreciada, pelo menos três meses. O que dissemos já ao ministro do Ambiente é que não podemos ficar três meses de braços cruzados à espera que alguém decida por nós”, concluiu.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Guterres presta juramento na ONU e estabelece "prioridade mundial absoluta"

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, prestou juramento e tomou posse para um segundo mandato durante uma sessão plenária da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque, Estados Unidos. António Guterres …

Suécia 1-0 Eslováquia | Isak carrega nórdicos às costas

A Suécia deu hoje um passo de ‘gigante’ rumo aos oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao vencer a Eslováquia por 1-0, em encontro da segunda jornada do Grupo E, disputado em São Petersburgo. Depois …

Ex-CEO da Groundforce admite hipótese de comprar a empresa

O ex-CEO da Groundforce, afastado do cargo em abril por "violação grave dos deveres de lealdade", não exclui a hipótese de vir a comprar a empresa de handling. Em declarações ao jornal online ECO, Paulo Neto …

Viatura onde seguia Eduardo Cabrita atropela uma pessoa na A6

Esta sexta-feira, um homem morreu após ter sido atropelado pelo automóvel em que seguia o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, num acidente na autoestrada A6. Numa nota enviada às redações, o Ministério da Administração Interna …

Portugal com mais 1.298 casos e quatro mortes

Esta sexta-feira, Portugal registou 1.298 novos casos e quatro mortes na sequência da infeção por covid-19. Segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), foram registados, nas últimas 24 horas, mais 1.298 casos e …

Parlamento aprova prorrogação das moratórias bancárias até final do ano

O alargamento aplica-se aos "particulares e para as empresas que desenvolvem a sua atividade em setores especialmente afetados pela pandemia de covid-19". O Parlamento aprovou, esta sexta-feira ,a prorrogação e alargamento das moratórias bancárias, que terminavam …

Tribunal belga obriga AstraZeneca a entregar 50 mihões de doses de vacina à UE

A AstraZeneca vai ter que entregar 50 milhões de doses da vacina para a covid-19 à União Europeia. A entrega deve ser efetuada até 27 de setembro. A justiça belga ordenou, esta sexta-feira, à farmacêutica …

"Dois terços dos problemas estão na Área Metropolitana de Lisboa", justifica Costa

O primeiro-ministro, António Costa, justificou esta sexta-feira a necessidade de tomar medidas localizadas em Lisboa para evitar que o agravamento da situação epidemiológica se alastre.  Em Bruges, na Bélgica, à margem da sessão de encerramento do …

CDS critica “enorme infelicidade” do Presidente e "comunicação desastrosa" do Governo

O CDS-PP criticou hoje as declarações do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, quando disse que no que depender dele não haverá "volta atrás" no desconfinamento, considerando-as de “uma enorme infelicidade”, lamentando também a …

Astronautas entraram pela primeira vez na nova estação espacial chinesa

Três astronautas chineses começaram, esta sexta-feira, a fazer da nova estação espacial da China o seu lar, um dia depois de ali terem chegado, num lançamento bem-sucedido, que marcou um novo avanço no ambicioso programa …