Os novos mísseis da Coreia do Norte podem ser falsos

Vários internautas estão a afirmar que Kim Jong-Un pintou caixas de madeira para usar no desfile militar que ocorreu este fim-de-semana, para parecerem novos mísseis.

A Coreia do Norte exibiu, este sábado, vários mísseis balísticos, incluindo um possível novo projétil de alcance intercontinental, durante o desfile militar para assinalar o 105º aniversário do nascimento do fundador da nação, Kim Il-Sung.

Os mísseis balísticos intercontinentais que, de acordo com Kim Jong-un, podem viajar milhares de quilómetros, têm aumentado as preocupações de que o país se prepara para um possível ataque nuclear a Washington. – como aliás já ameaçou fazer.

No entanto, segundo o Daily Mail, diversos analistas questionam a autenticidade dos mísseis, salientando um projétil em particular – que nas imagens televisivas da parada do Dia do Sol aparece partido ou muito mal feito, com a ponta virada para para o céu.

Um utilizador do Twitter escreveu: “A Coreia do Norte acha que está a enganar quem com todos estes mísseis falsos no desfile?”. Um outro realça que os mísseis parecem ser feitos de papel machê.

Esta não é a primeira vez que a Coreia do Norte exibe em desfiles apenas maquetas dos mísseis que está a desenvolver. Em 2012, vários especialistas alemães afirmaram que os seis mísseis intercontinentais NK-08 exibidos num desfile militar eram falsos.

Os mísseis Musudan e os Nodong, mostrados em 2010, seriam também falsos e até de uma qualidade pior que a dos NK-08.

Mas esta não é uma estratégia exclusiva de Pyongyang. Também terão sido apresentados mísseis falsos em desfiles no Irão e no Paquistão.

Em 2012, o analista Markus Schiller afirmou à BBC que a exibição de mísseis falsos pode dever-se ao facto de os equipamentos serem valiosos e poderem ser danificados durante um desfile militar.

Pode ser ainda uma tentativa de confundir serviços de inteligência de outros países com mudanças de detalhes no armamento ou até mesmo para fingir que têm equipamentos que, na realidade, não possuem.

Apesar de a Coreia do Norte já ter exibido mísseis falsos, a tecnologia de guerra terá sido depois implementada em armas reais – mesmo que por vezes os verdadeiros mísseis acabem por se comportar como se não o fossem. Por exemplo, ao explodir no lançamento.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Até pode ser que os ICBM sejam falsos, mas o vídeo mostra misseis bem verdadeiros. São mísseis anti-aéreos S200 (desenvolvidos nos anos 60, na União Soviética, pela companhia NPO Almaz), são conhecidos na Rússia pelos nomes Angara/Vega/Dubna e a NATO chama-lhes “SA-5 Gammon”.
    São antigos mas não (muito) obsoletos, tem muito longo alcance e ainda são temíveis para a função que foram desenhados; abater “exames” de bombardeiros (nucleares) até 300 Km de distância. Os próprios russos ainda os usam (2 batalhões completos, >1600 misseis em stock, 200 lançadores).

    As pontas “tortas” que se vem são dos 4 “boosters” de combustível sólido que ajudam “no arranque”; 3 a 5 segundos após o disparo estes foguetes separam-se do corpo principal do míssil. São pensados deliberadamente assim para evitar ter sistemas de controlo adicionais e afastar os “boosters” do caminho do míssil através de simples aerodinâmica.

    A Síria recebeu recentemente novos lançadores, radares e mísseis deste modelo (versão “Dubna”) que instalou no aeroporto de Kweires, perto de Aleppo. Não dever ser muito mau pois mesmo países que se afastaram de Moscovo (como a Polónia, Roménia ou Bulgária) continuam a usar atualmente estas armas.
    A Coreia do Norte recebeu mais de 80 sistemas completos, deverá ter metade disso funcional (4 batalhões). Tem capacidade de os manter operacionais pois vendeu 20 lançadores (80 a 100 misseis) “recentemente” a Myanmar (Birmânia) numa tentativa de obter “hard currency” com um dos poucos países onde ainda tal é possível (mesmo a China deixou de comprar carvão ao regime de Pyongyang.

  2. Notícias deveriam ser notícias. Peritos deveriam ser peritos. Mas algo me diz que a “Cardio Trekkie” não é uma perita em mísseis. Se eu escrever uma mensagem no twitter a dizer que o Kim Jong-Un é tarado sexual, será que apresentam também a minha opinião como se eu fosse um perito em psiquiatria?

  3. Os cones destes mísseis apontam todos para fora, isso pode ser verificado em outros filmes do desfile. Esta noticia deveria ter sido mais criteriosamente verificada. É isto que gera as noticias falsas que elegeram um palhaço num grande país.

RESPONDER

Rainha Isabel II está a procura de um gestor de redes sociais

A família real britânica está à procura de um gestor de redes sociais. O salário vai oscilar entre os 53 e 59 mil euros anuais por 37 horas semanais, de segunda a sexta-feira. A rainha Isabel II …

Cinco antepassados de crocodilos viveram há 150 milhões de anos na Lourinhã

Pelo menos cinco crocodilomorfos, antepassados dos crocodilos, viveram na região da Lourinhã há 150 milhões de anos, durante o período do Jurássico. Num artigo publicado na Zoological Journal of the Linnean Society, os paleontólogos Alexandre Guillaume, …

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …

Jovem norte-americano despistou-se e caiu ao rio. Siri chamou os bombeiros

Um jovem norte-americano estava a caminho da universidade quando perdeu o controlo do carro, que derrapou sobre gelo, e foi parar ao rio Winnebago. Como não conseguiu encontrar o seu telemóvel, recorreu à Siri para …

Basta uma máscara impressa para enganar os sistemas de reconhecimento facial

Especialistas da empresa de inteligência artificial Kneron testaram sistemas em três continentes e vários falharam. O reconhecimento facial é, cada vez mais, um método de controlo e de segurança encarado como credível e, inclusivamente, usado …

Pandit olha para as vacas como família e quer produzir "leite ético" para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir "leite ético" para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas. Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só …

Jogadores do Arsenal doam um dia de salário para ações solidárias

Os futebolistas e a equipa técnica do Arsenal vão doar um dia de salário para ações solidárias de Natal. Os elementos técnicos também entraram na iniciativa, que prevê, ainda, a doação da receita do próximo …