Os extraterrestres podem ser mais parecidos com os humanos do que pensamos

Investigadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido, acreditam que os extraterrestres podem apresentar mais semelhanças com os seres humanos do que se pensa.

De acordo com a pesquisa realizada por investigadores da conceituada Universidade de Oxford, os extraterrestres podem ter passado por processos de evolução, nomeadamente por selecção natural, semelhantes aos humanos.

Num comunicado sobre o estudo, os cientistas notam que as formas de vida alienígenas podem ter também evoluído para se tornarem “mais capazes e mais fortes” com o tempo.

A nova teoria, publicada no International Journal of Astrobiology, aponta que o processo de selecção natural descrito por Darwin e verificado na Terra, com os organismos vivos, pode ter ocorrido também noutros planetas.

Com base nesta ideia, os investigadores da OX partiram para a previsão de como podem ser fisicamente os extraterrestres.

“Nós oferecemos uma abordagem alternativa que é usar a teoria evolucionária para fazer previsões que são independentes dos detalhes da Terra”, explica Samuel Levin, do o investigador Departamento de Zoologia da universidade, citado no comunicado.

“É uma abordagem útil porque as previsões teóricas se aplicarão a extraterrestres que são formados de silício, que não têm ADN e que respiram azoto, por exemplo”, conclui.

E se é certo que ainda não se pode definir exactamente o aspecto desses extraterrestres, os cientistas da OX acreditam podemos tirar ilações sobre que tipo de formas de organismos podem ser.

“Ainda não podemos dizer se os extraterrestres andam em duas pernas ou se têm grandes olhos verdes. Mas acreditamos que a teoria evolucionária oferece uma ferramenta única adicional para tentar perceber como é que os extraterrestres serão, e mostrámos alguns exemplos dos tipos de fortes previsões que podemos fazer com ela”, diz Levin.

Um desses exemplos é o “Octomite”, uma espécie de criatura de tubos “feita de entidades mais pequenas que alinharam os seus interesses para cooperarem, muito como as células do corpo humano trabalham juntas para manter a pessoa viva”, destacam os investigadores.

Helen.S.Cooper

O ‘Octomite’, um extraterrestre complexo, formado por uma hierarquia de entidades que cooperam e mantêm o organismo a funcionar.

A teoria da evolução natural na Terra assenta na ideia de que “grandes transições”, ou seja, eventos ou fenómenos com grande impacto, levaram grupos de organismos a evoluírem para formas de vida mais complexas. Assim, organismos de células únicas deram origem a organismos multi-celulares.

“Prevendo que os extraterrestes passaram por grandes transições – que é como a complexidade surgiu nas espécies da Terra -, podemos dizer que há um certo nível de previsibilidade de evolução que faria com que se pareçam connosco“, destaca Levin citado pela OX.

“Como os humanos, prevemos que são feitos de uma hierarquia de entidades, com todas a cooperarem para produzirem um extraterrestre. Em cada nível do organismo, haverá mecanismos para eliminar o conflito, manter a cooperação e o organismo a funcionar”, acrescenta o investigador.

Levin lembra ainda que “há, potencialmente, centenas de milhares de planetas habitáveis só na nossa galáxia”. E se “não podemos dizer se estamos ou não sozinhos no Universo”, esta investigação sobre a vida alienígena é “um pequeno passo em frente para responder a outra questão: como é que serão os nosso vizinhos“, conclui o investigador.

SV, ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “Os extraterrestres podem ser mais parecidos com os humanos do que pensamos”
    Deve ser verdade, já tenho visto alguns com cabeleira postiça e gola alta!

  2. E até podem ser bem mais diferentes do que pensamos. Isso apenas depende do pensamento de cada um e deste modo das suas expetativas. Olhem-me esta…

Responder a Lulu Cancelar resposta

Veneno de caracol marinho usado para criar insulina híbrida promissora no tratamento da diabetes

Cientistas criaram uma versão minimalista e híbrida de insulina, a partir da hormona humana e de um caracol marinho, que pode vir a melhorar o tratamento da diabetes, divulgou a universidade norte-americana de Ciências da …

Sequelas da covid-19 em doentes mais graves ainda estão por compreender

O acompanhamento depois da alta para doentes que estiveram internados com covid-19 é um dos grandes desafios do sistema de saúde para compreender que sequelas, por enquanto desconhecidas, a doença poderá deixar. “Só daqui a seis …

Criança nasce com duas bocas nos EUA. É o 35.º caso registado desde 1900

A menina, nascida nos Estados Unidos, foi operada ao seis meses para remover a cavidade oral secundária, que incluía dentes, língua e um lábio. Uma bebé nasceu nos Estados Unidos com duas bocas, devido a uma …

Funcionários do Facebook em "greve virtual" face à recusa de Zuckerberg em agir contra Trump

Os funcionários do Facebook estão insatisfeitos com a decisão do fundador da rede social de manter uma postura neutra perante as recentes publicações do Presidente dos Estados Unidos. De acordo com o jornal The Guardian, os …

Inteligência Artificial recria "verdadeiro" rosto de Napoleão Bonaparte

Recorrendo a uma técnica de Inteligência Artificial, um artista holandês criou um retrato em alta definição do imperador francês Napoleão Bonaparte. O fotógrafo freelancer holandês Bas Uterwijk, cujo pseudónimo é Gandbrood, recorreu a uma rede neuronal …

"Apito" da covid-19. Novo teste deteta novo coronavírus em apenas um minuto

Uma equipa de cientistas da Universidade Ben-Gurion, em Israel, desenvolveu um novo dispositivo que é capaz de detetar a presença do novo coronavírus no organismo humano em apenas um minuto. O novo teste, desenvolvido pelos investigadores …

"We Call it Alentejo". Novo filme promocional destaca as maravilhas alentejanas

A gastronomia e vinhos, as pequenas aldeias, a sustentabilidade e a natureza são atributos do Alentejo evidenciados no mais recente filme promocional do território, lançado pela agência regional de promoção turística para chamar visitantes estrangeiros. Com …

Curandeiro convocou cerca de 100 pessoas para se abraçarem contra a "farsa" da pandemia

Josep Pàmies, um agricultor espanhol defensor das terapias alternativas, convocou cerca de 100 pessoas a abraçarem-se a beijarem-se contra a "farsa" da pandemia. No sábado, cerca de uma centena de pessoas juntaram-se em Balanguer, na província …

Rússia anuncia início de ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19

A Rússia vai começar os ensaios clínicos de uma vacina contra a covid-19 em 50 soldados que se ofereceram para participar nos testes, anunciou esta terça-feira o Ministério da Defesa. "Para verificar a segurança e eficácia …

Montenegro tem uma carta na manga para promover o turismo

Para incentivar o turismo, Montenegro tem a intenção de usar a carta da segurança sanitária para convencer os turistas estrangeiros a visitar o país. No dia 25 de maio, Montenegro declarou-se um "país livre de coronavírus" …