Os cavaleiros Jedi da Nova Zelândia têm mesmo que pagar impostos

djwudi / Flickr

Cavaleiros Jedi e os seus icónicos sabres laser

A Força na Nova Zelândia não foi suficiente para evitar que os Jedi tenham que pagar impostos como qualquer outro cidadão. O Ministério da Administração Interna do país negou à Sociedade Jedi da Nova Zelândia o pedido de que fosse reconhecida como “entidade religiosa caritativa”, com as vantagens fiscais que tal acarretaria.

A Sociedade Jedi da Nova Zelândia foi fundada em 2014 com o objectivo de “agir como guardiã da paz” e manter uma “apertada vigilância sobre os agentes do lado negro da Força”.

Além de “proteger a galáxia“, a Sociedade Jedi anunciou que tencionava promover a religião Jedi, construir um templo no país e aumentar o número de fiéis Jedi na Nova Zelândia.

Mas estes nobres objectivos não foram suficientes para convencer as “forças imperialistas” da Administração Interna neozelandesa a conceder à organização o estatuto pretendido.

Segundo o Stuff, o Gabinete de Serviços de Caridade da AI considerou que a sociedade “não seguia uma religião” nem “promovia a melhoria de ideais morais ou espirituais”.

O organismo estatal neozelandês concluiu especificvamente que o Jedeísmo não é suficientemente “estruturado, convincente ou sério” para que possa ser considerado uma organização religiosa – e portanto, os seus membros não são elegíveis para uma isenção fiscal ao abrigo dos benefícios aplicáveis às religiões.

Em reacção à decisão do Gabinete de Serviços de Caridade, Anthony Bremner, membro do Conselho da Sociedade Jedi Neozelandesa, declarou que a sociedade iria “ter em consideração os comentários” do organismo, efectuar algumas alterações e apresentar novo pedido “num futuro próximo”.

“Não ter conseguido o estatuto de Instituição de Caridade é uma desilusão para quem não tiver treino Jedi”, diz Bremner.

“Mas desilusão é uma coisa que não assiste a um Cavaleiro Jedi“, acrescentou.

Apesar de este episódio parecer insólito, a realidade é que o Jedeísmo, baseado no ideário da saga Star Wars de George Lucas, tem registado um crescimento global significativo em todo o mundo.

O fenómeno ganhou importância depois de em 2001 uma campanha informal nos EUA e Reino Unido ter instado todos os “fieis” a declarar-se Jedi nos recenseamentos em curso nos dois países.

Em 2011, o censo neozelandês identificou 19.089 fieis Jedi, mas apesar de este número suplantar o de religiões reconhecidas no país – onde por exemplo a Igreja da Cientologia tem apenas 315 devotos – as autoridades ainda não reconhecem o Jedeísmo como uma religião.

Na Nova Zelândia, os cavaleiros Sith parecem ter para já mais Força que os Jedi. E pagam menos impostos.

AJB, ZAP

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. “…convencer as forças imperialistas da Administração Interna neozelandesa…” Quem diz?
    Novos cães de fila… O povo tende a arrebanhar-se por natureza

    • Caro Bordão,
      “Forças imperialistas” é uma referência ao “Império” do universo Star Wars. Devia estar entre aspas.
      Corrigido, obrigado.

  2. Mas essa gente está completamente louca???

    (A Sociedade Jedi da Nova Zelândia foi fundada em 2014 com o objectivo de “agir como guardiã da paz” e manter uma “apertada vigilância sobre os agentes do lado negro da Força”).

    (Além de “proteger a galáxia“, a Sociedade Jedi anunciou que tencionava promover a religião Jedi, construir um templo no país e aumentar o número de fiéis Jedi na Nova Zelândia).

    Ganhem juízo, deixem de ser parvos !!!

RESPONDER

Hubble capta uma galáxia que tem 12 clones no céu

O telescópio espacial Hubble captou uma galáxia que parece ter sido duplicada várias vezes, aparecendo em regiões distantes do Universo. A galáxia, apelidada de Sunburst Arc, fica a a quase 11 mil milhões de anos-luz da …

Exoplanetas, explosões de estrelas e mais de mil objetos desconhecidos. Vídeo da NASA mostra "a beleza da paisagem cósmica"

https://vimeo.com/371950351 A NASA revelou esta terça-feira um panorama em vídeo do céu austral (hemisfério celestial sul), construído graças a 208 imagens captadas pelo caçador de planetas TESS (Exoplanets in Transit) durante um ano. Em comunicado, a …

John Cleese esgota três coliseus em 48 horas

John Cleese vai estar no Coliseu de Lisboa com “Last Time To See Me Before I Die” durante três dias. O humorista britânico esgotou as três datas em apenas 48 horas. Durante esta madrugada (10), a …

Descoberta no Egito múmia de grande animal semelhante a um leão

O Ministério das Antiguidades egípcio anunciou esta segunda-feira que uma equipa de arqueólogos desenterrou uma múmia de um grande animal incomum, semelhante a um leão ou uma leoa. “É um animal muito estranho, como um gato …

Ex-agentes da DEA revelam detalhes da vida de Escobar na prisão que o próprio construiu

Dois dos agentes do DEA, que durante mais de um ano participaram na operação de captura de Pablo Escobar, revelaram alguns detalhes sobre a vida do narcotraficante e ex-líder do cartel de Medellín na prisão La …

Num jardim zoológico da Austrália, há concertos ao vivo (para entreter os elefantes)

https://vimeo.com/372400002 O jardim zoológico de Melbourne está a desenvolver um programa mundial de músicos para tocar para a sua multigeracional manada de elefantes asiáticos em perigo de extinção para que melhore a ligação entre os seis …

Montijo: ANA pede mais tempo para analisar medidas de mitigação ambiental

A ANA – Aeroportos de Portugal pediu à Agência Portuguesa do Ambiente (APA) uma prorrogação do prazo para analisar as medidas de mitigação propostas pela entidade na Declaração de Impacte Ambiental (DIA) do futuro aeroporto …

Sérgio Conceição ultrapassa número de jogos de José Mourinho

No jogo deste domingo, que o FC Porto acabou por vencer o Boavista com um golo solitário de Alex Telles, Sérgio Conceição cumpriu o seu 128.º jogo como treinador dos dragões - mais uma partida …

Governo australiano acusado de censurar livro sobre história de Timor-Leste

O Ministério dos Negócios Estrangeiros australiano está alegadamente a tentar censurar partes do primeiro de dois volumes da história de operações militares em Timor-Leste, o dedicado à Força Internacional para Timor-Leste (Interfet), segundo revelou a imprensa …

Norte-americanos acordaram com mensagens de texto estranhas nos seus telemóveis

Na passada quinta-feira, uma grande parte da população norte-americana recebeu mensagens estranhas e inexplicáveis, muitas das quais desconfortáveis e até preocupantes. Stephanie Bovee, uma norte-americana de 28 anos de Portland, no oeste dos Estados Unidos, acordou …