Os burros-táxi de Espanha vão ter horários de trabalho, estábulos novos e deixar de carregar turistas de 80 quilos

Os burros táxis são uma atração turística de Mijas, província de Málaga, no sul de Espanha. Agora foram definidas novas regras que têm em conta os direitos e o bem-estar dos animais.

O serviço funciona como um táxi: quando um deles termina a sua carreira, vai até ao final da fila para esperar novamente pela sua vez. Durante o verão, Páscoa e outras festividades, cada burro vai trabalhar três a quatro vezes por dia. No inverno, apenas uma vez por semana. O resto do tempo passa-o na sombra “esperando ou descansando nos estábulos próximos”.

O novo “Estatuto de Trabalhador” dos burros-táxi prevê que os animais deixem de transportar turistas com mais de 80 quilos nos passeios históricos de 15 minutos pelo centro da cidade, que custam 15 euros por pessoa. Além disso, vão passar também a ter horários de trabalho, com horas estabelecidas para descansar.

Segundo Nicolás Cruz (PSOE), do Conselho de Transportes e Mobilidade Urbana, as normas anteriores estavam desatualizadas e foi preciso adaptá-las às diretivas europeias em matéria de proteção animal.

Há também críticas dos próprios turistas contra esta atividade. “A norma também é importante para mostrar uma sociedade moderna de respeito pelo bem-estar animal”, disse ao jornal espanhol El País.

As novas regras, que deverão ser aprovadas no início de 2020, estabelecem horários de trabalho rígidos – das 9h às 18h no outono e no inverno e das 8h30 e 21h30 na primavera e no verão com uma pausa para descanso antes das 17h e por turnos. Segundo Nicolás Cruz, citado pelo Diário de Notícias, os animais que trabalhem de manhã não poderão fazê-lo à tarde e vive-versa. Os burros só podem ingressar nesta atividade turística se tiverem mais de 3 anos.

Os burros de Mijas também vão ter melhores condições dos estábulos, que terão de ter obrigatoriamente um espaço digno que lhes permita deitar-se, brincar e correr. Os animais devem ainda ter acesso a água 24 horas por dia e as rédeas devem ter pelo menos 30 centímetros para poderem mexer a cabeça e afugentarem as moscas.

Francisco Javier Lara, do Colégio de Advogados de Málaga e um dos impulsionadores da iniciativa, diz que estas regras “já se cumpriam mais ou menos, mas agora têm uma base normativa, portanto sancionável”. As multas podem oscilar entre 750 e 3.000 euros. O município de Mijas já prometeu aumentar a fiscalização e o controlo veterinário.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

CSD tem a "chave" da geringonça açoriana (mas ainda não sabe de que lado vai ficar)

Os Presidentes do PSD e do PS já se reuniram com o líder regional do CDS, Artur Lima. O dilema é entre suportar um executivo PS ou integrar uma coligação à direita. A decisão dos …

Professores "desenrolam" queixas em frente do parlamento (e pedem saída do ministro)

Dirigentes da Federação Nacional dos Professores (Fenprof) colocaram esta quinta-feira grandes faixas com reivindicações junto da Assembleia da República e criticaram o ministro da Educação, que tem que “ir embora”. “Quem não sabe ter uma atitude …

Iniciativa Liberal quer retirar "carga ideológica" da Constituição

A Iniciativa Liberal vai apresentar um projeto de revisão constitucional com uma primeira parte dedicada a retirar "carga ideológica à Constituição", clarificando, por exemplo, que serviços públicos de saúde e educação podem ser prestados pelo …

Urgência do Hospital Santa Maria está a chegar ao limite

A urgência dedicada aos casos suspeitos de covid-19 do Hospital Santa Maria, em Lisboa, reflete a evolução da pandemia em Portugal com doentes a avolumarem-se à porta para realizar o teste e no interior a …

Novo Banco. BCP garante que não faz "favores a ninguém" ao emprestar dinheiro ao Fundo de Resolução

O presidente executivo do BCP, Miguel Maya, disse ontem que o banco não faz "favores a ninguém" ao entrar no empréstimo de 275 milhões de euros da banca ao Fundo de Resolução, que posteriormente financiará …

Máfia italiana "lavou" milhões de euros ganhos com fundos europeus na Madeira

Uma das mais violentas máfias de Itália, a Società Foggiana, utilizou a Madeira para branquear mais de 16 milhões de euros obtidos com um esquema de burla à União Europeia (UE). Em causa estão fundos comunitários …

Ajudas de custo para professores deslocados ficaram na gaveta (e não estão previstas no OE2021)

O Orçamento de Estado para 2020 (OE2020) previa um programa de ajudas de custo para professores deslocados como incentivo à fixação. No entanto, a medida não avançou. O Jornal de Notícias avança esta sexta-feira que a …

Biden ainda à frente, mas nada está perdido para Trump. A luta pelos "swing states" continua

O dia em que os norte-americanos vão saber quem é o próximo presidente dos EUA está muito próximo. Entres sondagens, parece fácil levantar a ponta do véu. No entanto, é importante não esquecer que não …

Nani entre os candidatos a melhor jogador da época na MLS

O internacional português, capitão dos Orlando City, está entre os 46 jogadores nomeados para o prémio de melhor da época na liga norte-americana de futebol (MLS), anunciou, esta quinta-feira, o organismo. A eleição decorre até 9 …

"Estranho, muito estranho". Ana Gomes comenta morte do marido de Isabel dos Santos e é criticada

O empresário congolês Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos, morreu no Dubai, durante a prática de mergulho. Uma morte prematura aos 48 anos que leva Ana Gomes a comentar o assunto como "estranho", "muito …