Orçamento permite cobrar mais IMI a terrenos em construção

Era Arqueologia

O valor patrimonial tributário (VPT) dos terrenos para construção vai passar a ter em conta o coeficiente de localização e o de afetação do futuro edifício. 

Na sequência de uma proposta de alteração ao Orçamento do Estado para 2021, que vem pôr na lei aquele que durante muito tempo foi o procedimento interno das Finanças, o valor patrimonial tributário (VPT) dos terrenos para construção vai passar a ter em conta o coeficiente de localização e o de afetação do futuro edifício.

De acordo com o Jornal de Negócios, a aplicação destes coeficientes pode alterar o valor final e o valor do IMI a pagar pelos proprietários. A proposta de alteração foi apresentada pelo PS, aprovada pelo PCP e pelo Iniciativa Liberal, contou com os votos contra do PSD e do CDS e com a abstenção dos restantes partidos.



Segundo o PS, o objetivo é “concretizar uma metodologia de determinação do VPT dos terrenos para construção por forma a evitar situações de contencioso com os contribuintes e reduzir as perdas de receita fiscal para os municípios”.

Este procedimento tem vindo a ser aplicado pelas Finanças e contestado em tribunal pelos proprietários. O Supremo Tribunal Administrativo (STA) considerou que, “no cálculo do VPT dos terrenos para construção, é de afastar a aplicação do coeficiente de localização, na medida em que esse fator de localização do terreno já está contemplado na percentagem” que se refere ao edifício que será construído naquele terreno.

Desta forma, o Supremo Tribunal Administrativo considera que há duplicação do valor e, por esse motivo, tem dado razão aos proprietários que avançam para tribunal.

Contudo, a Autoridade Tributária considera a aplicação dos dois coeficientes: o valor da localização, que tem em conta os serviços próximos do terreno para construção, as vias de comunicação e o valor do mercado dos edifícios próximos; e o coeficiente da afetação, em que é avaliado o tipo edifício que poderá ser construído e que também considera o fator da localização.

Após a decisão do STA, a Autoridade Tributária admitiu que iria entrar “em produção a nova fórmula de avaliação dos terrenos para construção, da qual foram retirados os coeficientes de afetação de localização, em conformidade com a jurisprudência consolidada sobre a matéria”.

Patrick Dewerbe, da CMS Rui Pena & Arnaut, explicou ao Negócios que esta alteração tem como intuito “conseguir por via legislativa uma coisa que o Estado estava a perder pela via judicial”. “Do ponto de vista substancial, a alteração devia ser no sentido da jurisprudência que vinha a ser ganha pelos contribuintes.”

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Rui Costa, Benfica

Benfica: duas "baixas" para Rui Costa, em poucas horas (a terceira está proxima)

Varandas Fernandes e Eduardo Moniz não vão fazer parte da lista de Rui Costa nas eleições.  Rui Costa confirmou na terça-feira que é candidato às próximas eleições no Benfica. Dois dias depois, foram anunciadas as saídas …

CNE arquivou queixas contra Costa por causa do PRR. Factos não podem merecer "censura, mesmo que verdadeiros"

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) arquivou as queixas que foram apresentadas contra o primeiro-ministro, António Costa, que, como secretário-geral do PS, tem insistido em falar do PRR, a bazuca europeia, na campanha eleitoral. As queixas …

Discotecas deixam de ter acesso ao lay-off simplificado. Restauração lembra que "crise ainda não acabou"

O processo de desconfinamento começa a chegar ao fim e com ele ficam para trás os apoios financeiros atribuídos às empresas. A terceira e última fase de desconfinamento está quase a chegar e isso implica …

Costa diz não compreender "irritação" de Rio com PRR "bom para o país"

António Costa afirma que não compreende a irritação de Rui Rio com o Plano de Recuperação e Resiliência, frisando que é algo positivo para o país e já está contratualizado com os Açores. O secretário-geral do …

Estudo traz uma nova esperança ao tratamento do cancro dos ovários

Novo estudo traz uma nova luz para a luta contra o cancro dos ovários. Combinação de medicamentos conseguiu reduzir o tamanho do tumor. De acordo com o estudo, entre 25 pacientes que receberam uma combinação experimental …

Medina diz que abertura das discotecas tornará noite em Lisboa mais controlada

O presidente da Câmara de Lisboa e recandidato nas eleições de domingo, Fernando Medina, disse hoje ver como positiva a reabertura das discotecas a 1 de outubro, considerando que a noite na capital passará a …

Gotas quadradas e redes líquidas. Cientistas criaram o que se pensava ser impossível

Numa experiência inesperada, uma equipa de cientistas criou gotículas quadradas e redes líquidas - algo que, de acordo com a ciência, não seria possível. Quando duas substâncias se unem acabam por se estabelecer num estado estável …

Marte pode ser demasiado pequeno para ser habitável

Marte pode ser demasiado pequeno para ser habitável. Uma equipa de investigadores sugere que a sua dimensão reduzida não lhe permite reter muita água. Um novo estudo sugere que o pequeno tamanho de Marte pode ser …

"Era como se a morte estivesse num copo." No século XVIII, o gin estava a arruinar a Inglaterra

A bebida alcoólica tornou-se tão popular no Reino Unido que os empresários começaram a utilizar todo o tipo de aditivos para enriquecerem. No século XVIII, o gin tornou-se a maior droga que o homem poderia consumir …

Vacinar animais contra a covid-19? Dezenas de zoos nos EUA estão a avançar com a ideia

Cerca de 70 jardins zoológicos e espaços de conservação nos Estados Unidos estão a administrar a vacina da farmcêutica veterinária Zoetis aos seus animais. Não são só os humanos que estão a ser vacinados contra a …