Televisão pirata “roubam” meio milhão por mês às operadoras oficiais

D.Reichardt / Flickr

As operadoras oficiais de televisão por cabo perdem cerca de 600 mil euros por mês devido à oferta de sistemas de televisão pirata, instalados através de boxes ilegais. Atualmente, serão já 300 mil casas equipadas com estes equipamentos.

De acordo com o Jornal de Notícias, que avançou a notícia neste fim-de-semana, a estimativa das operadoras aponta para um rombo nas contas das operadoras oficiais que cobram cerca de 80 euros por um serviço de televisão mensal, enquanto que a televisões piratas cobram cerca de 7 euros também mensais.  

Tal como explica o JN, tratam-se de sistemas ilegais de IPTV que usam apenas a Internet para transmitir um sinal de televisão pago. Quanto aos custos, um sistema legal custa mais de dez vezes o valor pago pelo sinal pirata.

“São publicitados através da Internet, em alguns sítios perfeitamente legais, e das redes sociais. O problema que se coloca atualmente é a dificuldade que o consumidor tem em identificar se se trata de um serviço legal ou não”, afirma Paulo Santos, diretor-geral da Associação Portuguesa de Defesa das Obras Audiovisuais, ao Correio da Manhã.

No ano corrente, serão já 300 mil as casas equipadas com diversos sistemas de televisão ilegais, nota o diário, dando conta que muito dos anúncios de venda surgem através Internet e das redes sociais.

Ainda segundo o matutino, a Associação Portuguesa de Defesa das Obras Audiovisuais estimava em cerca de 220 mil o número de lares que em Portugal estavam equipados com algum tipo de sistema de boxes ilegais. Em apenas um ano, o número terá disparado para 300 mil, o que significa um acréscimo de 36%.

ZAP //

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. Lá estão eles a deduzir que quem usa esses serviços iria subscrever e pagar os ditos serviços legais.
    Obviamente que é apenas um grupo muito reduzido de pessoas que não tendo a concorrencia pirata, iria subscrever o das operadoras!

    • Sim, mas se as condições/preços fossem mais razoáveis, certamente que muitos mais seriam clientes oficiais das operadoras e todos ficariam a ganhar!…

  2. Não roubam nada. Quem paga outros serviços, paga um valor simbólico, jamais pagará o que as operadoras pedem.
    Agora vêem em casa, mas se porventura deixam de poder ver, passam a ir para o café ou para casa dos amigos. Pagar 10€ ou 25€ por mês é que não vai acontecer, logo ninguém está a perder o que quer que seja.

  3. O meu vizinho tem a 5€ por mês. Precisou de instalar uma antena parabólica e pagar a box. Tem também de ter net, logo precisa de um contrato básico de uma operadora. Mas tem todos os canais da meo e nos, incluindo todos os premium desbloqueados. Eu não me meto nisso mas dá que pensar.

Responder a Eu! Cancelar resposta

Propinas serão ajustadas se as instituições não garantirem ensino à distância

O pagamento de propinas no ensino superior será ajustado caso as instituições não consigam garantir o ensino à distância durante o período de contenção de covid-19, segundo um projeto-lei do PAN aprovado no Parlamento. “O valor …

Operação "Páscoa em Casa" já arrancou. Até segunda-feira, não pode sair do seu concelho de residência

Circulação proibida fora do concelho de residência e aeroportos encerrados. Arrancou à meia-noite desta quinta-feira a aplicação das medidas decretadas pelo Governo para o período pascal - 9 a 13 de abril -, visando reduzir …

Encontrado no fundo do mar um organismo "sobrenatural" tão grande como um prédio de 11 andares

Uma equipa de investigadores capturaram imagens de um organismo "sobrenatural" nas águas da costa da Austrália Ocidental. Uma equipa a bordo de RV Falkor, o navio de investigação principal do Schmidt Ocean Institute, localizou o organismo, …

Há 1.400 anos, uma estranha luz vermelha apareceu no Japão (e já sabemos o que era)

O registo mais antigo de um fenómeno astronómico observado no Japão deixou uma marca importante na história japonesa e na literatura clássica. O fenómeno data de 30 de dezembro de 620 e há séculos que …

Cientistas convertem água em combustível solar

Uma equipa de investigadores britânicos usou uma metodologia única que permite transformar água em combustível solar, que pode ser uma solução para energia renovável. Esta metodologia única utilizada por uma equipa de cientistas da Universidade de …

"Em Casa d’Amália": RTP comemora cententário da fadista

A Fundação Amália Rodrigues junta-se à RTP para assinalar o centenário da fadista. O programa Em Casa d’Amália tem estreia marcada para a próxima sexta-feira (10) e reúne várias figuras da música portuguesa da atualidade. O …

Desapareceram 21 milhões de números de telefone na China. Mas o mistério foi resolvido

O porta-voz de uma das três maiores operadoras chinesas confirmou o desaparecimento dos utilizadores, mas deu uma explicação para este mistério. Nos últimos dias, surgiram vários relatos de notícias que davam conta de que, entre janeiro …

Mercadona doa 20 mil quilos de chocolate aos profissionais de saúde e aos mais carenciados

A Mercadona anunciou, esta quarta-feira, a doação de 20 mil quilos de chocolate ao Banco Alimentar Contra a Fome do Porto. O objetivo é proporcionar uma Páscoa mais doce aos mais carenciados e aos que …

"Paciente 1" em Itália recupera (e dá as boas-vindas a Giulia, a sua filha recém-nascida)

Giulia, a filha recém-nascida do "paciente 1" de Itália, veio para trazer alguma esperança ao país, em plena pandemia de covid-19. Mattia, de 38 anos, foi internado no dia 20 de fevereiro no hospital de Codogno, …

Investigadores transformaram o coronavírus em música (e já o podemos ouvir)

Uma equipa de investigadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) conseguiu transformar em som a estrutura da proteína spike, que permite que o novo coronavírus adira às células para infetá-las. Até agora, já pudemos ver …