Cientistas podem ter descoberto onde vive o stress no cérebro humano

Bhernandez / Flickr

Onde é que os sentimentos negativos, como a pressão e a ansiedade, existem no nosso cérebro? Cientistas da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, tentaram encontrar a resposta.

Estudos anteriores indicam que os sentimentos subjetivos ou emocionais do stress nem sempre estão relacionados com o stress fisiológico, sugerindo que as origens neurobiológicas podem estar noutro lugar do cérebro.

E, embora os laços do hipocampo com o stress tenham sido muito estudados, a natureza desse vínculo permanece incerta. Por isso, conta o site Science Alert, cientistas da Universidade de Yale, quiseram estudá-lo melhor.

A equipa juntou 60 adultos saudáveis e mostrou-lhes uma série de imagens altamente aversivas e ameaçadoras, com o intuito de produzir uma forma de stress (como raiva, nojo, medo e tristeza), alternadas com várias imagens neutras para ajudá-los a relaxar.

Durante o experimento, a atividade cerebral dos participantes foi medida através de ressonância magnética funcional (fMRI), e estes também tiveram de classificar o stress e a excitação que sentiram com cada conjunto de imagens.

Ao analisar os resultados, os investigadores descobriram que a maior atividade ligando o hipocampo ao hipotálamo, córtex para-hipocampal e giro temporal inferior correspondia aos participantes que se sentiam mais stressados.

Segundo os cientistas, cujo estudo foi publicado na revista científica Nature Communications, isto foi um exemplo de uma rede positiva em termos do experimento, em que maior atividade equivale a maiores níveis de stress.

Por outro lado, a conectividade hipocampal com o córtex dorso-lateral pré-frontal, o giro pós-central e o cerebelo constituiu uma rede negativa, com maior atividade entre esses grupos, indicando que as pessoas estavam menos stressadas no experimento.

Deste ponto de vista, escreve o mesmo site, o nível geral de stress das pessoas é determinado por uma interação adaptativa da atividade entre essas duas redes, que se combinam para instigar e atenuar o stress que sentem.

“Apesar dos papéis distintos dessas redes, as nossas descobertas sugerem que os indivíduos envolveram redes positivas e negativas de forma adaptativa para atenuar sentimentos de stress”, explicam os cientistas no estudo.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Alexei Navalny vence Prémio Sakharov 2021

O opositor russo Alexei Navalny é o vencedor do Prémio Sakharov para a Liberdade de Pensamento 2021, anunciou o Parlamento Europeu, esta quarta-feira. Alexei Navalny foi nomeado pelos grupos políticos PPE e Renovar a Europa devido …

Extinção do SEF aprovada na especialidade no Parlamento

A proposta do PS e do Bloco de Esquerda sobre a extinção do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) foi aprovada na Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, esta quarta-feira. Segundo o jornal Público, …

Steve Bannon deve ser investigado por envolvimento no ataque ao Capitólio, indica Comissão responsável

Antigo conselheiro de Donald Trump foi aconselhado pelo antigo presidente e pela respetiva equipa de advogados a não colaborar com a comissão especial designada para investigar os ataque. A Comissão responsável por investigar o ataque ao …

Trânsito em Lisboa regista valores mais altos do que em pré-pandemia - e há uma razão para isso

O trânsito na capital tem registado valores que ultrapassaram os da pré-pandemia. O receio que as pessoas ainda têm de usar transportes públicos é visto como o principal fator. Se durante o período de confinamento circular …

Qualificações mais elevadas já não garantem salários altos aos jovens. Contratos a prazo triplicam face às gerações anteriores

Estudar mais anos em Portugal já não é representativo de remunerações mais elevadas. Esta é a principal conclusão de um estudo desenvolvido pela Fundação Calouste Gulbenkian, centrado nas diferenças e semelhanças entre as gerações de …

Ordem dos Médicos define equipas mínimas para urgências, mas números são "impraticáveis"

A Ordem dos Médicos (OM) decidiu avançar com uma uma proposta de regulamento que define a dimensão mínima das equipas que asseguram o funcionamento de serviços de urgência nos hospitais. Numa altura em que se prevê …

Turistas estão de volta, mas agora falta pessoal nos hotéis

Os turistas estão a voltar às cidades portugueses, nomeadamente a Lisboa, onde os hotéis se debatem agora com um novo problema, a falta de pessoal qualificado. Há responsáveis que já falam da necessidade de fazer …

Gestão do PRR faz tremer Governo dos Açores (que foi bombardeado por críticas)

O Governo dos Açores tem sido acusado de beneficiar empresas no acesso às verbas das Agendas Mobilizadores do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). Esta polémica levou à marcação de um debate de urgência, que ficou …

Inédito na medicina. Rim de porco foi transplantado com sucesso num humano

Pela primeira vez na história, uma equipa médica conseguiu transplantar um rim de porco geneticamente modificado num humano. Foi uma experiência num paciente em morte cerebral, mas que abre portas à utilização de rins de …

Golo do FC Porto: como não assinalaram falta do Taremi?

Avançado do FC Porto desviou Ismaël Bennacer, no momento decisivo do FC Porto 1-0 AC Milan. Mas os portistas mereceram ganhar. Stefano Pioli admitiu que o FC Porto venceu o AC Milan (1-0), na terceira jornada …