Oito mil barris de petróleo derramados de propósito na Amazónia

A Petroperu diz que já tinha avisado as autoridades de que a comunidade local tinha ameaçado atacar o oleoduto em protesto contra as eleições municipais.

Pelo menos oito mil barris de petróleo foram derramados na Amazónia peruana, após o ataque perpetrado contra um oleoduto na terça-feira, informou o presidente da empresa estatal petrolífera Petroperú, James Atkins.

Atkins disse à agência oficial de notícias Andina que “o dano ecológico é tremendo e irreparável”, porque o petróleo atingiu o rio Mayuriaga e acabará por chegar ao rio Amazonas.

O corte no oleoduto ocorreu ao quilómetro 193 da infraestrutura, a 500 metros da comunidade de Mayuriaga, na região amazónica de Loreto, por pessoas insatisfeitas com os resultados das eleições municipais realizadas há cerca de um mês.

Os autores do ataque sequestraram, há duas semanas atrás, 20 trabalhadores da Petroperú numa estação petrolífera da zona e, ao saírem das instalações, deixaram uma mensagem escrita na qual ameaçavam que iriam danificar o oleoduto, caso os resultados das eleições não fossem anulados.

Perante esta ameaça, a Petroperú suspendeu o bombeamento de crude através do oleoduto, mas, ainda assim, as condutas e tubos tinham alguma pressão no momento em que foi cortado.

O presidente da Petroperú adiantou que 70% dos danos que o oleoduto sofreu nos últimos quatro anos “foram através deste tipo de ataque”. “Creio que chegou a hora de a lei ser aplicada, porque deve ser igual para todos os peruanos. O oleoduto é considerado um ativo nacional crítico e, de acordo com a lei, qualquer pessoa que o danifique deve ter uma sentença de prisão de seis a dez anos“, afirmou.

Os autores do ataque ao oleoduto denunciam irregularidades por parte do Partido Restauração Nacional, que venceu a eleição no município de Morona, em Loreto, região que faz fronteira com o Brasil.

O oleoduto no qual ocorreu o ataque, denominado Nor Peruano, em operação desde 1977, transporta o petróleo extraído na selva peruana até ao terminal portuário de Bayóvar, no oceano Pacífico, através de 1.106 quilómetros de tubos que cruzam a Amazónia e a cordilheira dos Andes.

A instalação esteve parada durante cerca de um ano, para manutenção, depois de uma dezena de fugas nas condutas, provocadas por cortes, na sua maioria, feitos por habitantes das aldeias vizinhas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Poema na Estátua da Liberdade sobre migrantes, "refere-se a pessoas vindas da Europa"

Após a publicação de uma lei sobre a migração no país, o poema "The New Colossus", escrito em 1883 por Emma Lazarus, está agora a provocar um debate sobre o seu verdadeiro significado. Ao longo do …

Três municípios multados pelo Governo por falta de Plano de Defesa contra incêndios

O Governo determinou esta sexta-feira a retenção de 20% do duodécimo das transferências do Fundo de Equilíbrio Financeiro a Odivelas, Paços de Ferreira e Peniche por não terem ainda aprovado os Planos Municipais de Defesa …

Encontrada uma aldeia perdida no local do mais infame massacre de clãs

Arqueólogos que escavaram a cena do mais infame massacre de clãs na história escocesa desenterraram partes de uma "aldeia perdida" no vale das Terras Altas de Glencoe. O assentamento apareceu no massacre de 1692 do clã …

Autópsia confirma causa da morte. Jeffrey Epstein enforcou-se com os lençóis

O relatório oficial da autópsia ao corpo de Jeffrey Epstein revelou, nesta sexta-feira, que o multimilionário norte-americano se suicidou, enforcando-se com os lençóis da sua cela na prisão de Manhattan. Epstein estava preso a aguardar pelo …

Depois de 10 horas de reunião, não há acordo. Greve mantêm-se

Foram mais de dez horas de reunião entre os representantes do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas e o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, que terminaram na madrugada deste sábado sem acordo. A …

Descoberto novo órgão sensorial no corpo humano

Uma equipa de investigadores do Instituto Karolinska, na Suécia, descobriu um novo órgão sensorial na pele capaz de detetar estímulos mecânicos dolorosos, tal como picadas ou impactos. A descoberta do Instituto Karolinska, uma das maiores e …

"Mundo Jurássico" de vulcões encontrado sob a Austrália

Uma equipa de cientistas acaba de descobrir um "Mundo Jurássico" com cerca de 100 vulcões antigos enterrados sob as bacias de Cooper-Eromanga, na Austrália, noticia esta semana a Europa Press. Segundo a agência noticiosa, está …

Cientistas "recrutam" bactérias para mineração extraterrestre

Uma equipa de astrobiólogos da Agência Internacional Europeia enviou 18 estripes diferentes de bactérias para a Estação Espacial Internacional (EEI), visando determinar se é viável avançar para a bio-mineração extraterrestre num ambiente sem gravidade. De acordo …

O buraco negro que vive no coração da Via Láctea brilha muito mais do que o normal (e ninguém sabe porquê)

Uma equipa de cientistas da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, observou que Sagitário A * (Sgr A *), o buraco negro supermassivo que vive no coração da Via Láctea, brilha 75 vezes mais que …

Descobertos desenhos de “O Principezinho” numa casa na Suíça

Desenhos de “O Principezinho”, criados pelo escritor francês Antoine de Saint-Exupéry para o seu livro, foram descobertos numa casa antiga no norte da Suíça, guardados por um magnata do imobiliário, entre milhares de obras de …