Observações ao lusco-fusco revelam tempestade enorme em Neptuno

N. Molter/I. de Pater/C. Alvarez, Observatório W. M. Keck

Apesar de deslumbrarem a maioria das pessoas, para vários astrónomos o amanhecer e o crepúsculo são considerados “um desperdício de bom tempo de observação”. Mas não para Ned Molter, estudante de astronomia da UC Berkeley.

O cientista norte-americano quis mostrar que alguns objetos brilhantes também podem ser estudados durante o lusco-fusco, enquanto que outros astrónomos olham para o relógio e esperam que o tempo passe, e rapidamente descobriu uma nova característica em Neptuno: um sistema de tempestades quase do tamanho da Terra.

“Ver uma tempestade tão brilhante, a uma latitude tão baixa, é extremamente surpreendente,” comenta Molter, que avistou o sistema perto do equador de Neptuno durante um teste ao lusco-fusco utilizando o Observatório W. M. Keck em Mauna Kea, Hawaii.

“Normalmente, esta área é verdadeiramente calma e só vemos nuvens brilhantes a bandas de latitude média, por isso encontrar uma nuvem tão enorme situada no equador é espetacular”, destaca.

Este enorme sistema de tempestades, encontrado numa região onde nenhuma nuvem brilhante tinha sido avistada antes, mede cerca de 9000 quilómetros em comprimento, ou um-terço do raio de Neptuno, abrangendo pelo menos 30 graus tanto em latitude como em longitude. Molter observou o aumento de brilho entre 26 de junho e 2 de julho.

“Historicamente, já têm sido avistadas nuvens muito brilhantes, ocasionalmente, em Neptuno, mas normalmente em latitudes mais próximas dos polos, cerca de 15 a 60 graus norte ou sul. Nunca antes uma nuvem tinha sido observada tão perto do equador, nem assim tão brilhante,” realça Imke de Pater, professora de astronomia da UC Berkeley e conselheira de Molter.

Vórtices escuros, de alta pressão, ancorados nas profundezas da atmosfera de Neptuno, podem ser os responsáveis pela gigantesca cobertura de nuvens. À medida que os gases sobem no vórtice, arrefecem.

Quando a sua temperatura cai abaixo da temperatura de condensação de um gás condensável, esse gás condensa e forma nuvens, como a água na Terra. Em Neptuno, espera-se a formação de nuvens de metano.

Tal como todos os planetas, os ventos na atmosfera de Neptuno variam drasticamente com a latitude, de modo que se houver um grande sistema de nuvens brilhantes a abranger muitas latitudes, algo deverá estar a mantê-lo unido, como um vórtice escuro. Caso contrário, as nuvens separar-se-iam.

“Este grande vórtice está localizado numa região onde o ar, em geral, está a descer em vez de subir. Além disso, um vórtice de longa duração, situado no equador, será difícil de explicar fisicamente”, comenta de Pater.

Se não estiver ligado a um vórtice, o sistema poderá ser uma grande nuvem convectiva, semelhante àquelas vistas ocasionalmente noutros planetas como a grande tempestade em Saturno, detetada em 2010. Embora também seria de esperar que a tempestade ficasse consideravelmente “manchada” após uma semana.

“Isto mostra que existem mudanças extremamente drásticas na dinâmica atmosférica de Neptuno, e talvez este seja um evento climático sazonal que ocorre a cada poucas décadas,” realça de Pater.

Neptuno orbita o Sol a cada 160 anos e uma estação tem a duração aproximada de 40 anos. É o mais planeta mais “ventoso” do Sistema Solar, sendo que os ventos mais velozes observados, no equador, atingiram uns violentos 1400 km/h.

A descoberta do misterioso complexo de nuvens equatoriais em Neptuno foi possível graças a um novo programa do Keck, que permite que estudantes universitários e investigadores trabalhem com o telescópio, enquanto contribuem para o Observatório e para a sua comunidade científica.

ZAP // CCVAlg

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Alterações climáticas de Neptuno, assim como TODOS os planetas do nosso sistema solar estão a atravessar, inclusive a Terra, e que muito convenientemente atribuem a culpa ao Homem, para sacar mais uns €€€€€€€. Na Rússia já estudam este fenómeno há imenso tempo, só a NASA é que não reconhece abertamente, pois vai contra muitos interesses, mas as alterações descritas pelo Dr. Alexey N. Dmitriev são confirmadas pela NASA, que as descreve de uma outra forma, de modo a estar “escondido em plena vista”. A informação está à nossa disposição, apenas temos que saber procurar por ela.
    No entanto,é minha convicção que todos nós deveríamos ser mais cuidadosos com o nosso lindo planeta, que infelizmente está a ser maltratado por todos nós.

RESPONDER

Dança afro-beat inspirada nos saltos de Ronaldo já chegou a Paris

Uma música humorística 'afro-beat', publicada nas redes sociais e inspirada nos saltos de Cristiano Ronaldo quando marca golos, está a ser replicada na internet com dezenas de coreografias filmadas, muitas das quais em França. "Quand Cristiano …

Portuguesa Critical Software e BMW juntam-se para produzir "o carro do futuro"

A BMW escolheu a portuguesa Critical Software para construir "o carro do futuro". As duas empresas unem-se agora numa joint venture que terá sede no Porto. A companhia tecnológica portuguesa Critical Software anunciou, esta segunda-feira, a …

As criptomoedas podem vir a sobrecarregar a Internet, alerta BIS

O Banco de Pagamentos Internacionais (BIS) lançou, este domingo, um novo alerta: as criptomoedas podem "rebentar" com a Internet. O Banco de Pagamentos Internacionais - ou BIS, na sigla em inglês - lançou, este domingo, um …

Rui Patrício assina com o Wolverhampton por quatro anos

O guarda-redes português Rui Patrício, que rescindiu com o Sporting alegando justa causa, assinou contrato com o Wolverhampton válido por quatro épocas, anunciou hoje o clube da liga inglesa de futebol. O guarda-redes internacional português Rui …

Juízes querem condenados a cumprir mais cedo pena de prisão

Os juízes defendem que a pena de prisão deveria começar a ser cumprida logo que fosse confirmada por um tribunal de segunda instância, ainda antes da decisão transitar em julgado, mesmo que continuem a recorrer. A …

Médica reformada acusada de matar centenas de pacientes com doses fatais de analgésicos

Uma médica de clínica geral, agora aposentada, será a responsável pela morte de centenas de pacientes. A médica é acusada de prescrever doses fatais de analgésicos opiáceos a idosos no Reino Unido, nos anos 90. Jane …

Custo de vida para jovens estrangeiros em Lisboa ultrapassa mil euros

Um jovem estrangeiro precisa de 1032 euros para se instalar em Lisboa, sendo Lisboa a 57.ª cidade mais cara de uma lista de 80 cidades do mundo. Roménia é a cidade mais barata, de acordo …

Marcelo voltou a Pedrógão para limpar lágrimas (e Costa nem foi convidado)

Marcelo Rebelo de Sousa foi a figura central da homenagem às vítimas do incêndio de Pedrógão Grande, limpando lágrimas e distribuindo abraços, enquanto António Costa nem foi convidado. O primeiro-ministro admitiu que não foi convidado para …

Mihajlovic apontado ao Sporting para substituir Jesus

A imprensa desportiva apontou o técnico sérvio Sinisa Mihajlovic como o novo treinador do Sporting, substituindo o lugar deixado por Jorge Jesus. O antigo selecionador da Sérvia chegou a Lisboa esta segunda-feira, remetendo esclarecimentos para …

Falta de obstetras afeta assistência a partos de risco

O número de especialistas de ginecologia e obstetrícia é cada vez mais crítico no Serviço Nacional de Saúde, devido à falta de contratação de profissionais. O défice de especialistas de ginecologia e obstetrícia no Serviço Nacional …