Obama deixou uma carta a Trump no fim do mandato (e agora já se sabe o que dizia)

Michael Reynolds / EPA

Na carta escrita ao seu sucessor, Obama pede a Trump que respeite sempre as instituições democráticas e recorda-o de que a liderança dos EUA é indispensável para manter a ordem internacional.

Durante os seus últimos momentos na Casa Branca, Barack Obama escreveu uma carta ao seu sucessor. Na altura da tomada de posse, o republicano considerou-a uma “bonita carta” mas descartou logo a hipótese de mostrar à imprensa o que dizia.

Agora, meses depois desse momento, a CNN conseguiu uma cópia do texto em questão e decidiu partilhá-lo com todos os norte-americanos (e com o mundo).

Na carta, o ex-Presidente dos EUA deixa quatro conselhos a Donald Trump. Em primeiro lugar, lembra ao seu sucessor que ambos são afortunados.

Fomos ambos abençoados, de diferentes formas, com muita sorte. Nem toda a gente é tão sortuda. Cabe-nos a nós fazer tudo o que está ao nosso alcance para construir escadas de sucesso para todas as crianças e famílias que estão dispostas a trabalhar arduamente”.

De seguida, Obama recorda que a liderança dos EUA no mundo é indispensável.

“A liderança norte-americana neste mundo é realmente indispensável. Cabe-nos a nós, através da ação e do exemplo, sustentar a ordem internacional que se mantém desde o fim da Guerra Fria, e da qual a nossa própria riqueza e segurança dependem”.

Mais à frente, o democrata faz questão de mostrar a Trump que são “ocupantes temporários” daquele lugar e que é importante respeitar as instituições democráticas.

“Nós somos apenas ocupantes temporários deste cargo. Isso torna-nos guardiões destas instituições e tradições democráticas – como dita a lei, separação de poderes, garantia de igualdade e direitos civis – para os quais os nossos antepassados lutaram e sangraram”.

“Independentemente do impulso e da força das políticas diárias, cabe-nos a nós deixar esses instrumentos da nossa democracia pelo menos tão fortes como os encontrámos”.

Por fim, o ex-chefe de Estado aconselha o agora 45.º Presidente dos Estados Unidos a dedicar-se à família e aos amigos, apesar da “correria dos eventos e responsabilidades”, pois são eles quem o vão ajudar a superar os dias mais difíceis.

Obama termina a carta a desejar “boa sorte” a Trump e à esposa Melania, dizendo que tanto ele como Michelle estarão sempre prontos para ajudar no que for preciso.

Tal como recorda a CNN, ao escrever esta carta, Obama tentou fazer uma transição pacífica e manteve a tradição já estabelecida por outros Presidentes do país.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Este é um bom exemplo da máxima Portuguesa:
    “Olha para o que eu digo (escrevo) e não para o que eu faço!”
    É por isso que o inferno esta cheio de boas intenções…

  2. Grande lata. O Obama é o homem mais desprezível de sempre: Prémio nobel da Paz que nunca teve um dia de presidência sem fazer guerra algures no mundo. Já para não falar no PIZZA-GATE, que os noticiários teimam em ocultar e que provam que Obama está metido em esquemas com crianças… Muito feito!!! E a mulher dele, a Michelle Obama, dizem que na verdade é um homem trans-sexual. Se souberem Inglês, informem-se com a Internet, informem-se!

    • Um conselho. Continue a tomar o que anda a tomar mas reforce a dose. O seu estado ainda poderá ser recuperável mas, por favor, por si e por todos nós, medique-se!

    • Hahahaaa!…
      Oh Informer, tens um sentido de humor um pouco estranho…
      Mas ri-me bastante com essa da mulher do Obama ser trans-sexual!…
      A parte “Se souberem Inglês, informem-se com a Internet, informem-se!” também teve piada!!

RESPONDER

Fugitivo promete entregar-se se tiver 15.000 "gostos". Polícia dos EUA aceita

A Polícia de Connecticut, nos Estados Unidos, informou esta quarta-feira que um fugitivo com vários mandados de prisão concordou entregar-se, mas com uma condição insólita: arrecadar 15.000 "gostos" no Facebook. De acordo com a Esquadra …

Há um pequeno satélite a revolucionar o setor espacial. Chama-se CubeSat

Apesar das pequenas dimensões do CubeSat, o satélite é capaz de efeitos extraordinários que estão a revolucionar o setor espacial. Os avanços da microeletrónica das últimas décadas permitiram desenvolver sistemas espaciais eficazes, de forma mais rápida …

Guardiola já terá chegado a acordo com a Juventus

O treinador espanhol Pep Guardiola já terá chegado a acordo com a Juventus para ser o próximo treinador dos bianconeri, avança a agência italiana AGI.  De acordo com a mesma fonte, Guardiola, de 48 anos, prepara-se …

Porto quer declarar guerra às gaivotas. "É uma questão de saúde"

Vários organismos reclamam que é necessário tomar medidas para controlar o excesso de gaivotas nas zonas urbanas, que se tem tornado num problema de saúde pública. São várias as queixas na zona do Porto por incidentes …

Esta cigarra é a mais ameaçada em Portugal. Só existe em dois ou três sítios do Alentejo

A Euryphara contentei - há quem lhe chame só cigarrinha e há quem diga cigarrinha-verde - resiste apenas em alguns locais exíguos da planície alentejana. É a mais ameaçada das 13 espécies de cigarras que …

EUA anunciam ajuda de 16 mil milhões de dólares a agricultores prejudicados pela disputa comercial com a China

A administração Trump disponibilizará 16 mil milhões de dólares (cerca de 14 mil milhões de euros) para manter os agricultores à tona durante a guerra comercial entre os Estados Unidos (EUA) e a China, anunciou …

Perdeu a família e foi violada. Quase duas décadas depois, recebeu a maior indemnização de sempre na Índia

Na primavera de 2002, uma jovem de 19 anos, grávida de cinco meses, foi violada por 11 homens que lhe mataram a família. Teve que fingir-se de morta para escapar. Agora, 17 anos depois, o …

Ivo Rosa questiona legalidade de provas da ​Operação Marquês

O juiz de instrução criminal da Operação Marquês, Ivo Rosa, tem dúvidas sobre a legalidade de algumas provas recolhidas na investigação, tendo assinado um despacho que enviou para os advogados dos arguidos para se pronunciarem. Segundo …

"Desprezo" do Governo terá "consequências terríveis" no futuro, avisa Fenprof

O secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira, argumentou que o Governo “desrespeita, desvaloriza e até chega a manifestar desprezo pelos professores”, o que terá “consequências terríveis para o futuro”, como a falta de docentes. “O que temos …

Berardo admite que se excedeu no Parlamento. "Tenho servido de bode expiatório"

O empresário José Berardo, mais conhecido por Joe Berardo, admitiu esta quinta-feira que se excedeu durante a sua audição na comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos, mas disse que não tinha a …