O fogo consumiu os famosos passadiços de madeira do rio Paiva

passadicosdopaiva.pt

-

O famoso passadiço de madeira sobre o rio Paiva, em Arouca, foi consumido pelo incêndio que lavrou esta segunda-feira nas freguesias de Espiunca e Canelas, confirmou hoje o presidente da Câmara Municipal de Arouca.

“Já ardeu uma parte do passadiço, infelizmente. Não sabemos bem em que extensão, mas sim, uma parte já se perdeu”, afirmou José Artur Neves, em declarações à Lusa.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Aveiro também não soube confirmar a extensão do troço destruído, mas referiu que o fogo continuava, por volta das 18:30, “em situação desfavorável”, envolvendo quatro frentes ativas.

“Estamos a combater com 243 homens e 61 veículos, e a fazer o reforço de meios”, acrescentou fonte da sala de operações do CDOS de Aveiro.

O presidente da Câmara observou que a situação “é muito confusa, porque há muito fumo, muita frente a arder e o vento só parou de soprar com força há pouco tempo”.

Entretanto, o jornal regional Diário de Arouca publicou na sua página de Facebook fotos do incêndio, onde é possível observar o famoso passadiço a ser consumido pelas chamas.

 

Quanto à evacuação dos utilizadores do passadiço, o autarca disse que decorreu “muito bem, porque as forças de segurança intervieram muito cedo, fecharam todos os acessos ao percurso e fizeram sair toda a gente que estava a caminhar”.

José Artur Neves conta manter o passadiço encerrado ao público até que o piso seja reposto em toda a sua extensão, o que deverá acontecer logo depois de o incêndio ser extinto.

“Quando estiver tudo acabado, vamos repor as tábuas todas outra vez. É o que tem que ser feito e é o que vamos fazer”, garante.

O passadiço do Paiva prolonga-se oito quilómetros, entre as praias fluviais do Areinho e de Espiunca, e a autarquia prevê prolongá-lo, até 2017, por mais 12 quilómetros ao longo de dois afluentes daquele curso de águas bravas: os rios de Frades e Paivô.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Fazem uma estrutura destas em madeira em espaços florestais sem acautelar a sua protecção em termos de Faixas de gestão de combustível… Estavam à espera de quê? Num país onde todos os anos há grandes incêndios….

RESPONDER

Para já só 180 trabalhadores aceitaram acordo com a TAP. Discórdia pode levar a despedimento coletivo

A TAP já chegou a acordo com 180 pessoas na última fase do programa de medidas voluntárias. A expectativa da companhia é que saiam cerca de 500 trabalhadores, que se irão juntar às adesões contabilizadas …

Número de nascimentos em janeiro e fevereiro foi o mais baixo desde que há registos

Janeiro e fevereiro de 2021 tiveram os números mensais de nascimentos mais baixos desde que há registos, revelou o Instituto Nacional de Estatística (INE). Em janeiro nasceram com vida 5912 crianças (menos 19,3% que em janeiro …

China pousa pela primeira vez uma nave em Marte

A China anunciou este sábado que pousou com sucesso a sua primeira nave espacial na superfície de Marte, avançou a agência estatal Xinhua citando a Administração Espacial Nacional da China. Ao pousar na planície Utopia, no …

Garrafas de água, sumo e latas de cerveja podem vir a ter uma taxa até 15 cêntimos

O preço de embalagens de água, sumos ou cerveja vai passar, em 2023, a vir acompanhado de uma taxa de depósito. O valor da tara deve variar entre os 5 e os 15 cêntimos. Como noticia …

Banco Montepio passa de lucros a prejuízos de 15,9 milhões no primeiro trimestre

O Banco Montepio registou prejuízos de 15,9 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano em comparação com lucros de 5,4 milhões no mesmo período do ano passado, foi divulgado esta sexta-feira ao mercado. De acordo …

Aviso da PSP a negar festejos em Alvalade andou “perdido” na CML. Medina sacode responsabilidades

O Sindicato dos Oficiais da PSP garante que município foi “redundantemente alertado” para entendimento de que devia ser recusada colocação de ecrãs gigantes junto a Alvalade. Contudo, a autarquia diz não ter informado os promotores …

Metrópole no Camboja medieval. Estudo mostra quantas pessoas viveram no Império de Angkor

Um novo estudo arqueológico mostra quantas pessoas viveram no antigo Império de Angkor ao longo do tempo. A população era comparável à da Roma antiga. Quão grandes eram as antigas cidades? No seu auge, há cerca …

Prazo para limpar terrenos termina hoje. Proprietários voltam a arriscar coimas

O prazo para a limpeza de terrenos florestais termina hoje, após ter sido prorrogado devido à pandemia e às condições climatéricas, pelo que os proprietários em incumprimento ficam sujeitos a contraordenações, com coimas entre 280 …

Entre indiretas a Rui Moreira e farpas a Costa, Rio acusa PS de ter desistido de ganhar o Porto

O Presidente do PSD participou na apresentação da candidatura de Vladimiro Feliz, que considera "competente" e "trabalhador" à Câmara do Porto. Por outro lado, Rio usou a ocasião para acusar o PS de ir a …

Cientistas descobrem o segredo das pessoas que vivem mais de 105 anos

Uma equipa de investigadores descobriu que os idosos que vivem mais de 105 anos tendem a possuir uma base genética única que torna os seus corpos mais eficazes na reparação de ADN. Esta é a primeira …