/

Pedro Nuno Santos foi o mais aplaudido (e Costa não gostou nada)

16

Paulo Cunha / Lusa

Pedro Nuno Santos, durante o segundo dia do 22º Congresso Nacional do Partido Socialista

Pedro Nuno Santos, Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, fez o discurso mais aplaudido durante o Congresso do PS do passado fim-de-semana, ofuscando até as intervenções do líder António Costa. Uma situação que desagradou ao primeiro-ministro.

“Pela primeira vez num congresso do PS o potencial futuro líder roubou protagonismo ao actual líder”. O facto inédito é salientado pelo jornal Sol que destaca que António Costa não gostou nada de ficar na sombra de Pedro Nuno Santos que fez a intervenção mais aplaudida do Congresso do PS do passado fim-de-semana.

O Secretário de Estado socialista fez um discurso muito virado à esquerda, o que choca com a postura mais centrista que é aposta de António Costa para as próximas eleições legislativas. E ainda por cima, mereceu maior aprovação dos Congresso do que as intervenções do primeiro-ministro.

Foi ainda durante o Congresso que Costa deu o “primeiro sinal da incomodidade” com o sucesso de Pedro Nuno Santos, refere o Sol, lembrando o aviso do primeiro-ministro que disse, no discurso de encerramento, que ainda “não meteu os papéis para a reforma“.

Mas se António Costa ainda não se reformou, estará ciente de que ou consegue a maioria absoluta nas próximas eleições legislativas, ou começa a perder terreno como líder socialista. E Pedro Nuno Santos é o nome que parece estar a ganhar mais força para a sucessão.

Já se especula que o actual Secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares pode candidatar-se a secretário-geral do PS já no próximo Congresso, em vez de esperar pelo de 2022. Entretanto, não se sabe se Costa terá na manga alguma “vingança” preparada para o seu mais provável sucessor.

  ZAP //

16 Comments

  1. … António Costa USURPOU o cargo que Democraticamente era de António José Seguro. António Costa não está habituado nem sabe nem tem qualidades para ganhar eleições democraticamente nem em atos eleitorais.

    • E já agora, USURPOU também o lugar que democraticamente era de Passos Coelho. Este primeiro-ministro não vale nada nem tem qualquer caráter.

    • Como se costuma dizer… Há males que vêm por bem. Seguro é um imbecil e nem socialista deveria ser considerado. É daquela ala do PS mais a pender para o neoliberalismo a piscar o olho ao PSD. Para Seguro, o combate ao fosso e às desigualdades sociais não é uma prioridade, como de resto estava bem patente no seu manifesto eleitoral. Já Costa, tanto no manifesto como depois na prática. Desde que Costa está no Governo, o desemprego diminuiu, por medidas como a diminuição do IVA na restauração para metade, entre muitas outras, a habitação está também a sofrer alterações na lei para combater a especulação imobiliária e dar tecto aos mais desfavorecidos, o IRS tem escalões mais justos, e este governo fez com que salários até 632 Euros não paguem IRS. As grandes fortunas passaram a pagar mais impostos, as pensões mais baixas aumentaram, enfim… A lista é interminável.

      As boas notícias é que se Costa já estava mais à Esquerda de Seguro, então Pedro Nuno Santos, ainda está mais à Esquerda do que Costa. Portanto não espere pela peçonha segurista tão cedo de volta ao PS.

      • E eu que julgava que a diminuição do IVA é para beneficiar os consumidores. Afinal, era para financiar, por via fiscal, um sector empresarial. Os consumidores, esses não viram os preços nas ementas diminuírem.

  2. Só uma perguntinha a António Costa: “Alguma vez ganhou as eleições com maioria absoluta? Um ganhador derrotado, se não fosse a geringonça estava de partida mas a reforma antecipada, ou en”costa-do” a uma empresa como consultor de qual quer coisinha, desde que desse uns €uritos à sobrevivência.

  3. Não é só Costa que deve ter cuidado com Pedro Nunes..
    Também o país deve estar alerta. Pedro Nunes Santos é um ditador em potência, cujo lugar deveria ser no BE.
    Sócrates ao seu lado é um anjinho…

  4. Inacreditável!!! Portugal não pode mesmo viver tranquilo!!! Existe, de um ou outro modo, uma necessidade quase absoluta para construir dificuldades!!! Nem o melhor psiquiatra do mundo curará este país de estranha gentes!!!!
    Quem teria sido capaz de dar a volta a uma situação tão dramática como a que estávamos a viver antes de António Costa chegar? As adversidades eram sobejamente conhecidas, e não seria de forma alguma o partido mais votado nas eleições, que teria dado a volta como o fez António Costa,. A sua extraordinária capacidade de criar dialogos, sinergias e o seu optismo, aliados a horizontes de natureza antropológica e ética, orientam uma atitude politica e humana de valia ímpar neste país que «tem medo de existir» , que tem medo de permanecer «em alta». «Velhos do restelo» e mensageiros do mal e da dúvida, tirem férias e levem o SOL artificial convosco.

    • sra. Maria Pode dar o nome de “António Costa” a meninos e meninas ou animais de estimação que tenha por casa mas não venha para aqui com demagogias impróprias para gente atenta, que paga impostos e anda aqui de cabeça erguida. Os truques de ilusionismo quando são bem feitos demoram a ser descobertos, fique atenta!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.