Novos emojis incluem homem grávido e apertos de mão interraciais

Pixaline / Wikimedia

Novidades estão em linha com as políticas do Unicode Consortium, empresa responsável pela aprovação das figuras e que pretende oferecer a todos os cidadãos símbolos com os quais se identifiquem.

O dia Mundial do Mundial do Emoji, celebrado este sábado, vai ser assinalado pela Emojipedia com novos símbolos que poderão constar nos dispositivos de todos já no próximo ano. Entre as novidades estão um homem grávido, apertos de mãos interraciais, uma cara a fazer continência.

Alguns dos novos símbolos estão em concordância com as políticas do Unicode Consortium, responsável por aprovar os novos emojis, que visa oferecer a todos os cidadãos que os representem, independentemente do género com que se identificam ou da cor da pele.

É o caso das gravidezes de de pessoas trans ou não binárias, que também estarão representadas através nas “pessoas com coroa”, que se juntam à princesa e ao príncipe. O mesmo acontece com a “pessoa com barba”, que se junta à mulher e ao homem com barba.

As novidades significam que “quase todos os emojis podem ter uma opção de género neutro, com a possibilidade de escolha de homem ou mulher quando tal é relevante”, afirmou Jeremy Surge, diretor do centro de emojis do site Emojipedia.

Apesar das atualizações, alguns símbolos permanecem sem opção de neutralidade, em grande parte devido às incertezas em torno do qual a abordagem a adotar. No caso dos emojis da figura feminina com vestido vermelho a dançar flamenco, as opiniões dividem-se sobre se a figura masculina deve envergar um fato de bailarino ou um vestido, semelhante à versão original.

Em cima da mesa está também a possibilidade de o símbolo ser substituído por um dançarino de breakdance, o que facilitaria uma opção de vestuário mais neutral.

No que respeita à igualdade racial, os novos emojis também contemplam um aperto de mão entre pessoas com tons de pele distintos, avança o The Guardian.

Os utilizadores de emojis terão ainda ao seu dispor uma figura a esconder parte da cara, a segurar o choro e a fazer uma saudação militar, para além de uma bateria vazia, um raio-x, um escorrega e uma moleta.

O processo de desenvolvimento dos emojis requer a abertura, por parte da Unicode, de uma discussão antes dos símbolos serem aprovados definitivamente — algo que acontece todos os anos em Setembro. O passo seguinte está na mãos dos fabricantes de dispositivos, os quais devem decidir quando disponibilizar as novas figuras aos utilizadores.

A Apple, por exemplo, introduziu o seu mais recente emoji numa atualização feita em Setembro. A empresa de Silicon Valley atualizou o símbolo relativo à vacina para remover o sangue — uma forma de celebrar o aparecimento das vacinas contra a covid-19.

ARM, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Uma inclusividade exclusiva… eu por cá uso qq um porque não me identifico com nenhum. Continuo a achar que a identidade não cabe em símbolos. Por muito que tentem.

RESPONDER

Vieira continua em domiciliária. MP vai pedir reforço de garantias de caução

O Ministério Público (MP) vai pedir reforço de garantias de caução por entender que o uso das ações da SAD do Benfica não é a forma apropriada. O Correio da Manhã avança, esta manhã, que o …

Investigadores suecos pagam 23 dólares a quem se vacinar contra a covid-19

Recompensa surge no âmbito de uma pesquisa que pretende avaliar o nível de eficácia de diferentes incentivos à vacinação contra a Covid-19. O estudo conta com a participação de 8.200 voluntários com menos de 60 …

Costa diz que Estado se curva "perante a memória" de Otelo. Mas BE condena ausência de luto nacional

O primeiro ministro, António Costa, e o presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, decidiram não declarar luto nacional pela morte de Otelo Saraiva de Carvalho, Capitão de Abril. A líder do BE e o …

Catarina Martins volta a bater o pé e Jerónimo sublinha: "Ainda não há Orçamento"

Marcelo Rebelo de Sousa recebeu, esta terça-feira, o Bloco de Esquerda, o PCP e o CDS, em mais uma ronda de reuniões com os partidos com assento parlamentar. Se o objetivo do Presidente da República era …

Simone Biles, Jogos Olímpicos de Tóquio 2020

Simone Biles. O ouro olímpico não é sinónimo de paz, muito menos interior

Na sequência do escândalo Nassar, a opinião pública dos EUA concordou que não valia tudo no caminho até ao ouro olímpico — principalmente quando está em causa a dignidade humana. Com a sua principal estrela …

"Sinto que desci ao inferno". Polícias recordam ataque ao Capitólio

"É assim que vou morrer", "sinto que desci ao inferno" e "corri o risco de ser morto" são alguns dos relatos de polícias que presenciaram a invasão ao Capitólio. Começaram as audiências na comissão da Câmara …

Pandemia aumentou o preço dos carros usados. Venda de veículos novos caiu a pique

A procura por usados aumentou com a pandemia. Com menos carros novos a saírem dos concessionários, também por causa da crise dos chips, a oferta de usados é escassa, levando os preços a subirem. Um choque …

Jogos Olímpicos: três polémicas de arbitragem em 24 horas

Depois da pontuação controversa no surf, uma decisão que quase ninguém entendeu, no basquetebol, e uma revisão discutível no judo. A arbitragem não é, ou não é suposto ser, o foco de qualquer edição dos Jogos …

Rui Vitória quer levar Manafá para o Spartak Moscovo

O Spartak Moscovo, treinado por Rui Vitória, desistiu da contratação de Gabriel e apresentou agora uma proposta por Wilson Manafá. Desde que chegou a Moscovo para treinar o Spartak, Rui Vitória tem sondado alguns jogadores que …

Centro de Migrantes de Caxias seria pago pelo SEF com carros apreendidos e obras eram feitas por presos

As obras feitas para a construção de um Centro de Migrantes no complexo prisional de Caxias terão sido pagas pelo SEF com carros apreendidos. O Centro de Instalação Temporária de migrantes no complexo prisional de Caxias …