Novo mecanismo extrajudicial vai desafogar famílias com dívidas contraídas durante a pandemia

Após um período difícil para muitas famílias portuguesas, estas podem agora recorrer a um novo apoio. O Governo quer ajudar famílias que se encontram sobre-endividadas que vão passar a contar com um mecanismo extrajudicial para chegar a acordo com os credores de forma a evitar insolvências e recurso aos tribunais.

Com o número de famílias endividadas a aumentar devido as consequências da pandemia do novo coronavírus, o Governo vai passar a disponibilizar um mecanismo extrajudicial para ajudar as famílias que enfrentarem problemas de sobre-endividamento – revela o Eco.

O jornal online explica que o objetivo da nova medida do Estado é encontrar um plano de pagamento das dívidas com os credores de forma a evitar a insolvência e o recurso aos tribunais.

Para o devedor este novo sistema será de adesão voluntária e de “baixo custo”. Para o credor, a mais-valia será a obtenção, se for caso disso, de um título executivo, que lhe permitirá depois avançar para uma execução de dívidas sem ter de ir a tribunal.

De acordo com o Eco, durante o período do confinamento, que ocorreu entre março e maio, a DECO recebeu mais de 3600 pedidos de ajuda de famílias a quem prestou aconselhamento financeiro, abrindo assim 234 processos de intervenção, dos quais quase 60% se devem a uma grande quebra de rendimentos.

Natália Nunes, jurista da DECO, acredita que esta nova medida pode ser uma mais valia e vai fazer a diferença na vida de muitas famílias por isso “faz todo o sentido apostar numa solução extrajudicial”, defendendo ainda que “a via dos tribunais deve ser o último recurso”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Ministério Público arquiva processo sobre morte de Ruben de Carvalho

O Ministério Público decidiu arquivar o processo aberto depois da morte do histórico do Partido Comunista, no Hospital de Santa Maria, em Lisboa, em junho de 2019. Ruben de Carvalho, jornalista e histórico dirigente do PCP, …

Jair Bolsonaro diz que Forças Armadas decide "democracia ou ditadura"

O Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, afirmou na segunda-feira que quem garante democracia ou ditadura num país são as Forças Armadas e ironizou com o envio de oxigénio da Venezuela para Manaus, num momento de colapso …

Namoro do PSD com Rui Moreira pode terminar em "suicídio político" no Porto

As eleições autárquicas de 2021 já aquecem no PSD e, neste momento, a estratégia do partido para o Porto é ainda um grande enigma. Entre apoiar a candidatura independente de Rui Moreira e ter um …

Cerca de 5400 pessoas votaram antecipadamente no estrangeiro para as Presidenciais

Cerca de 5.400 cidadãos nacionais votaram antecipadamente no estrangeiro para a eleição do Presidente da República, tratando-se do número mais elevado de que há registo, segundo um comunicado do Ministérios da Administração Interna, da Defesa …

"Encomenda" do Governo. ACT inicia ação nacional de fiscalização, inspetores já falam em greve

A Autoridade para as Condições do Trabalho (ACT) inicia esta terça-feira uma grande ação nacional de fiscalização que foi organizada em menos de 24 horas e que deverá durar duas semanas. De acordo com o jornal …

Convívio de Natal provoca surto com mais de 50 casos em aldeia de Arganil

Um convívio informal na altura do Natal na aldeia de Maladão, em Arganil, provocou um surto com mais de 50 pessoas infetadas na localidade e quatro residentes já morreram como consequência direta da covid-19, confirmou …

Ministério Público acusa agressor de Bruno Candé de homicídio por ódio racial

O Ministério Público (MP) acusou o assassino do ator Bruno Candé do crime de homicídio qualificado, agravado por ódio racial. De acordo com o jornal Público, que teve acesso ao despacho de acusação, o Ministério Público …

SNS24 ultrapassa recorde semanal de chamadas com mais de 200 mil

O recorde semanal de chamadas atendidas no SNS24 foi ultrapassado na última semana, num aumento da procura para mais do dobro, de 126.860 para 279.279, em relação à última semana de 2020, foi esta terça-feira …

Entre críticas a Rio e Marcelo, Ventura teve um drive-in com música de baile (e comparou-se a Sá Carneiro)

Ventura demarcou-se dos insultos de apoiantes à comunicação social, mas não admitiu que o seu mandatário os incentivou, chamando “inimigos” aos jornalistas. Terminou o dia num comício na praia de Leça da Palmeira mas em …

Governo Regional da Madeira garante que aumento de casos se deve às celebrações de fim de ano

O presidente do Governo da Madeira afirmou que o aumento de casos de covid-19 registado nos últimos dias na região é resultado das celebrações do fim do ano, assegurando fiscalização mais apertada nos bares aos …