Novo currículo e novas metas. Peritos desafiam Costa a mudar tudo no ensino da Matemática

ustock

Um grupo de peritos constituído em dezembro pelo Ministério da Educação quer que o ensino da Matemática assente num novo currículo, deixando para trás documentos que considera contraditórios entre si.

Coordenado pelo professor Jaime Carvalho e Silva, da Universidade de Coimbra, o grupo fez um total de 24 recomendações ao longo de quase 300 páginas, que estarão em consulta pública nos próximos três meses, segundo avança o Público esta terça-feira.

Em causa está “a elaboração urgente de um currículo de Matemática para todos os ciclos de escolaridade (do 1.º ciclo do ensino básico até ao final do ensino secundário)”, que “deverá substituir todos os programas de Matemática, em particular o programa e as metas curriculares em vigor” — aprovadas pelo anterior ministro Nuno Crato —, “e as aprendizagens essenciais que deles decorreram” — aprovadas pelo atual ministro Tiago Brandão Rodrigues.

Isto significa que os especialistas consideram que se deve eliminar “a profusão de documentos curriculares nacionais díspares, que atualmente coexistem dirigidos ao ensino da Matemática.”

Os especialistas defendem que o novo currículo deve ser desenhado tendo em conta vários aspetos como as orientações curriculares de países “cujos alunos apresentam elevado sucesso em Matemática”.

Primeiro desenha-se um currículo de Matemática a nível nacional, que definirá o “núcleo comum para todos os alunos”, no qual ficam estabelecidos objetivos, conteúdos matemáticos que todos deverão aprender, orientações metodológicas, recursos a usar e avaliação a praticar.

Depois, a nível local, as escolas ou agrupamentos de escolas podem detalhar e complementar o currículo nacional “atendendo às especificidades dos seus contextos” desenhando os seus próprios “documentos curriculares locais”, lê-se no documento. O GMT acredita que os documentos curriculares locais pensados pelos professores vão permitir adequar o ensino “à diversidade dos alunos e às especificidades dos contextos”.

O novo currículo nacional, defende ainda o grupo de peritos, “deve ser pensado por ciclos e não por anos de escolaridade” e “os conhecimentos matemáticos a abordar em cada ciclo devem ser num número relativamente pequeno”.

Outra das novidades é a aposta nas ferramentas tecnológicas como arma para ensinar e aprender. O uso da Internet, por exemplo, deve ser visto como um aliado.

Além da análise do currículo da Matemática, o documento apresenta também recomendações sobre as dinâmicas de desenvolvimento curricular, avaliação das aprendizagens dos alunos e formação de educadores e professores. Para o GMT, os processos de mudança curricular devem ser acompanhados por dispositivos de regulação e apoiados com programas de formação de educadores e professores e com recursos adequados.

Sobre a avaliação das aprendizagens dos alunos, o GMT recomenda práticas de avaliação formativa nas aulas de Matemática, “contribuindo para a aprendizagem matemática e não possibilitando a retenção sem ser nos finais de Ciclo”.

Na avaliação externa, recomenda-se que as provas sejam alinhadas com os focos essenciais da aprendizagem matemática e ainda que sejam comparáveis ao longo do tempo. A garantia dessa comparabilidade deve ser assegurada nas provas de aferição e não nos exames.

Ao Público, o presidente da Sociedade Portuguesa de Matemática, Filipe Oliveira, que colaborou na elaboração dos programas e metas curriculares de Nuno Crato, reconhece que a situação atual “é insustentável”, mas defende que “sejam revogadas as aprendizagens essenciais e se mantenham os programas e metas curriculares que estão em vigor”.

Já o presidente da Associação de Professores de Matemática, Lurdes Figueiral, concorda que que se avance para um novo currículo nacional, que seja “coerente e progressivo”, defendendo que, em todo o caso, “nunca se parte do zero, porque há sempre muito trabalho já feito”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientista americana diz estar certa de que a Terra será atingida por asteroide

https://vimeo.com/355132338 Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá o nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após um asteroide não …

NASA vai mesmo explorar Europa, a lua de Júpiter que pode ter vida extraterrestre

A NASA deu luz verde a uma missão para explorar uma lua de Júpiter que é considerada um dos melhores candidatos para a vida extraterrestre. A Europa - que é um pouco mais pequena do que …

País de Gales cancela plano controverso de criar "casas de banho robô"

O objetivo da construção era impedir atividade sexual, vandalismo e dormidas nas casas de banho públicas. O projeto ia recorrer às tecnologias de piso sensível ao peso, jatos de água, sensores anti-movimento e alarmes. O conselho …

Sem saber, uma mulher viveu durante 17 anos com a sua "gémea" dentro dela

Uma jovem na Índia, sem saber, viveu com uma das condições médicas mais raras e perturbadoras durante quase duas décadas. De acordo com um relatório de caso desta semana, a mulher tinha um saco que continha …

Novo filme da saga 007 já tem nome e data de estreia marcada

O novo filme da saga 007, realizado por Cary Fukunaga chama-se "No time to die" e estreia-se no Reino Unido e nos Estados Unidos em abril de 2020. "Daniel Craig regressa como James Bond, 007 em... …

Comporta pode tornar-se na nova Ibiza (e tudo começou com a queda do BES)

Após anos de um quase esquecimento, em termos de desenvolvimento imobiliário, a Comporta está a atrair investidores internacionais que encaram a pequena vila de Setúbal como uma "nova Ibiza". Um cenário que está a preocupar …

Família de Aretha Franklin cria fundo para a investigação de cancro raro

Um ano após a morte da cantora, a família de Aretha Franklin criou um fundo de apoio à investigação na área dos tumores neuroendócrinos, a doença rara que se revelou fatal para a celebridade, a …

Sporting vai monitorizar tudo o que se diz e escreve sobre jogadores

A empresa Noisefeed tem uma enorme base de dados relativa à atividade nas redes sociais de milhares de jogadores a nível global. Os jogadores de futebol de todo o mundo usam, cada vez mais, as redes …

Boris janta hoje com Merkel para mudar acordo. Maioria quer novo referendo

A pouco mais de dois meses da data marcada para a saída do Reino Unido da União Europeia, uma nova sondagem mostra que a maioria dos britânico quer que qualquer novo acordo vá a referendo. Um …

Oficial: Pardal Henriques candidato a deputado pelo partido de Marinho Pinto

O advogado Pedro Pardal Henriques anunciou esta quarta-feira que aceitou o convite para encabeçar a lista do PDR a Lisboa, deixando de ser porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas para "não misturar …