Nova taxa aplicada nos pagamentos com cartões surpreende comerciantes

.shock / photoxpress

A medida foi aprovada em Março de 2016, no âmbito do Orçamento de Estado do ano passado, mas só agora é que o novo Imposto do Selo de 4% sobre os pagamentos com cartões bancários começou a ser taxado, o que está a surpreender e a revoltar os comerciantes.

Em Março de 2016, o Governo aprovou o Orçamento do Estado (OE2016) com uma nova regra que determina a cobrança de Imposto do Selo de 4% sobre as comissões dos bancos nos pagamentos efectuados com cartões bancários.

Mas só nove meses depois é que a nova taxa começou a ser cobrada aos comerciantes, conforme refere o Público, notando que este novo imposto está a deixar surpreendidos e revoltados muitos empresários que não contavam com mais uma taxa.

“Estamos a estudar a urgente interpretação legal desta decisão unilateral que, além de injusta e prepotente, é ilegal“, destaca o director-geral da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (Ahresp), José Manuel Esteves, em declarações ao jornal.

A Associação adia para mais tarde uma “posição oficial” sobre o caso.

Em termos práticos, e conforme exemplifica o Público, por cada compra de 25 euros efectuada com um cartão, o comerciante paga uma taxa de 1% pelo serviço (neste caso, seriam 25 cêntimos) e, com o novo Imposto de Selo, tem que pagar mais 4% sobre os 25 cêntimos (o que daria 1 cêntimo, na situação em causa).

Unicre diz que só está a aplicar a Lei

A Unicre, a empresa que detém a Redunicre, a maior rede de aceitação de cartões bancários de Portugal, destaca, num email recebido pelo ZAP, que está “a aplicar os normativos decorrentes da alteração à verba 17.3.4 da Tabela Geral do Imposto de Selo, aprovado pela Lei nº. 7-A/2016 de 30 de Março”.

A empresa acrescenta que a norma determina que “a incidência económica do imposto decorrente de operações baseadas em cartão é da responsabilidade dos clientes das instituições financeiras”.

O Público refere, porém, que na Lei aprovada no OE2016, não há qualquer “referência directa aos clientes” e que salienta apenas que este imposto respeita a “outras comissões e contra-prestações por serviços financeiros, incluindo as taxas relativas a operações de pagamento baseadas em cartões – 4 %”.

O Ministério do Finanças não revela quanto é que o Estado recolheu com a nova taxa, mas sustenta, em nota ao diário, que o Imposto já era pago antes pelas instituições financeiras “mesmo que não o cobrassem desta forma aos comerciantes”.

ZAP //

9 COMENTÁRIOS

      • Óh “Eu”, seja você quem for, explique aqui aos idiotas que comentam à sua maneira, o que quer dizer democracia. Explique também o significado de humildade, tolerância, respeito, egocentrismo, ironia, entre outras que seria extensivo enumerar. E, já agora, coloque-se num pedestal enorme e bem elevado para que o seu ego possa ser visto e apreciado por todos. Falta de respeito…

          • Sim, a democracia também lhe dá a liberdade para ser lerdo, e para se sentir omnipotente, e para ser mal educado tratando por “tu” quem não conhece e não o desrespeitou. A democracia dá-lhe até o direito para ser egocêntrico… Mas implica também o DEVER de respeitar o seu semelhante, de ser tolerante com os “lerdos”, e não estou a ser irónico, com os “lerdos”, mesmo os egocêntricos…

  1. Acho muito bem!!!

    Com mais esta taxa estamos a contribuir para a eliminação de mais terminais de pagamento MB e assim contribuir ainda mais para os pagamentos a dinheiro = fuga ao fisco 🙂

    Viva portugal

  2. Assim acabou a austeridade de direita… e começou a austeridade de esquerda.
    Baralhando e dando de novo, são sempre os mesmos a ser fo*#!#.
    Mas agora o povo anda contente…

RESPONDER

Templo Jodo Shinshu de Ishiyama-dera, em Otsu, Shiga, Japão

Templo em Tóquio oferece túmulos conjuntos para casais homossexuais

Um templo budista de Tóquio oferece pela primeira vez túmulos para casais do mesmo sexo, algo incomum no Japão, país que não reconhece o casamento homossexual e onde normalmente não se permite que casais que …

-

Cientistas portugueses e neozelandeses descobrem o maior polvo da Antártida

Uma equipa de investigadores portugueses e neozelandeses "analisou o maior polvo alguma vez encontrado na Antártida", anunciou a Universidade de Coimbra (UC), numa nota enviada esta quarta-feira à agência Lusa. O polvo gigante "megaleledone setebos" foi …

Encélado é o sexto maior satélite natural de Saturno

Lua de Saturno “sangra” água e calor após colisão cósmica

O polo sul de Encélado a sangrar calor e água, possivelmente devido a uma gigante colisão cósmica que ocorreu há 100 milhões de anos e provocou várias fissuras no sexto maior satélite natural de Saturno. A …

-

AT alerta para falsas mensagens de email a cobrar dividas às Finanças

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) alertou hoje que estão a ser enviadas para alguns contribuintes através de correio eletrónico falsas mensagens a solicitar a regularização de dívidas fiscais. "Estas mensagens são falsas e devem ser …

-

Internet não para de rir com o busto de Ronaldo na Madeira

Na manhã desta quarta-feira, o Aeroporto da Madeira recebeu uma cerimónia de homenagem a Cristiano Ronaldo e um novo nome. O evento contou com a presença do futebolista, do Presidente da República, Marcelo Rebelo de …

Tomás Correia presidiu ao Montepio entre 2008 e 2015

Ex-presidente do Montepio arguido em inquérito extraído da "Operação Marquês"

O ex-presidente do Montepio Tomás Correia foi constituído arguido num processo em que é suspeito de ter recebido indevidamente 1,5 milhões de euros do empresário da construção civil José Guilherme, confirmou à agência Lusa fonte …

-

Tribo indemnizada em 1,2 milhões de euros depois de se queixar da presença de espíritos

Uma das maiores companhias aéreas brasileiras, a Gol, vai ter de pagar 1,2 milhões de euros a uma tribo indígena, devido à queda de um avião em 2006, na qual morreram 154 pessoas, noticiou esta …

Afonso Dias, condenado pelo rapto de Rui Pedro

Condenado pelo rapto de Rui Pedro libertado da cadeia de Guimarães

Afonso Dias, condenado em março de 2013 a três anos de prisão pelo desaparecimento, em 1998, de Rui Pedro, foi esta quarta-feira libertado no Estabelecimento Prisional de Guimarães, indicou à Lusa o seu advogado. Segundo o …

-

Investigação revela onde estão sepultados prisioneiros portugueses da I Guerra Mundial

Descendentes de cerca de 200 prisioneiros portugueses da primeira Guerra Mundial (1914-1918) já podem saber onde se encontram sepultados estes expedicionários, através de um trabalho de investigação publicado em livro. A investigadora Maria José Oliveira reuniu …

-

Detidos 5 futebolistas e um membro dos Super Dragões por suspeitas de corrupção

A Polícia Judiciária deteve seis pessoas, entre as quais cinco futebolistas e um elemento da claque Super Dragões, e constituiu outros oito arguidos por suspeitas de associação criminosa, corrupção ativa e corrupção passiva, no âmbito …