Nova escova limpa os dentes em apenas 10 segundos

Uma nova escova consegue limpar totalmente os dentes em apenas dez segundos. Em formato de Y, a escova de dentes começou a ser vendida no início deste ano.

Criada pela empresa francesa FasTeesH, a Y-Brush esteve a ser desenvolvida e aperfeiçoada desde 2018, quando na altura conseguiu 165 mil dólares num crowdfunding. Disponível em pré-compra desde julho de 2018, está finalmente disponível para os consumidores a partir deste mês.

A escova de dentes baseia-se numa espécie de placa dentária flexível com fibras de nylon de um dos lados, presa a uma base quadrada. Tal como uma escova normal, basta pôr pasta dos dentes no lado com as fibras, colocar o aparelho dentro da boca e mordê-lo durante cinco segundos. Depois basta invertê-lo e fazer o mesmo para garantir a limpeza completa.

Segundo o Engadget, a Y-Brush tem três modos de vibração e a bateria tem um mês de autonomia. O equipamento vem com uma base incluída para carregar a escova.

O kit completo está à venda por 125 dólares e inclui a base, a escova, um carregador USB, uma pasta dos dentes e um recipiente com espaço para duas escovas. A empresa recomenda que a cabeça da escova seja trocada a cada seis meses, com cada uma a custar 30 dólares.

Apesar de ser mais cara do que as escovas de dentes tradicionais, consegue ser mais económica do que algumas escovas de dentes elétricas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"O índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual a nós", diz Bolsonaro

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse, durante um vídeo em direto em que comentava a criação do Conselho da Amazónia, que "o índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual …

Jorge Brito Pereira deixa de ser advogado de Isabel dos Santos

O advogado anunciou, esta sexta-feira, que saiu da sociedade de advogados Uría Menéndez Proença de Carvalho, suspendeu a atividade profissional e, como consequência, vai cessar "o patrocínio jurídico" à empresária angolana. "Face às informações publicadas nos …

621 milhões de euros. Ministra reconhece que redução do défice no SNS ficou aquém

A ministra da Saúde reconheceu, esta sexta-feira, que a redução do défice do SNS em 2019 para 621 milhões ficou aquém do que estava previsto, sublinhando o aumento dos custos com pessoal. A ministra da Saúde, …

Governo prevê descontos nas portagens no interior

A ministra da Coesão Territorial disse esta sexta-feira que o novo modelo de desconto das portagens para o interior do país prevê descontos para quem vive, para quem trabalha e para quem visita no …

Excesso de higiene está a tornar a nossa saúde mais frágil, aponta estudo

Um grupo de investigação do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC) divulgou recentemente um estudo sobre a perda de diversidade da flora intestinal - também denominada como microbiota - e as consequências desta diminuição na nossa …

Tiroteio na Alemanha faz pelo menos seis mortos e vários feridos

Pelo menos seis pessoas morreram e várias ficaram feridas num tiroteio, esta sexta-feira, na cidade alemã de Rot am See. De acordo com vários media alemães, pelo menos seis pessoas morreram num tiroteio em Rot am …

IKEA aumenta salário de entrada dos trabalhadores para 700 euros

A IKEA aumentou o salário de entrada para trabalhadores a tempo inteiro de 650 euros para 700 euros brutos mensais, acima do salário mínimo nacional (635 euros), anunciou hoje a cadeia de venda de mobiliário. Em …

Mortes nos Comandos. Recruta diz que colocaram um cateter em Hugo Abreu já depois de estar morto

Rodrigo Silvano, o último recruta no curso 127 de Comandos a sair da tenda de enfermaria onde morreu Hugo Abreu no primeiro dia da Prova Zero, relatou ao tribunal que viu o enfermeiro do INEM …

Rafa inegociável. Benfica só vende por 80 milhões de euros

Rafa é inegociável. O Benfica só deixar sair o extremo de 26 anos pelo valor da sua cláusula de rescisão, que está fixada nos 80 milhões de euros. A notícia é avançada esta sexta-feira pelo Correio …

França é esta sexta-feira novamente palco de greve geral contra reforma das pensões

Os sindicatos franceses voltam à rua no 51.º dia de greve contra a reforma das pensões que é apresentada esta sexta-feira no Conselho de Ministros. Durante esta sexta-feira, não se espera o nível de paralisação …