Nostradamus profetizou o fim do mundo (e pode estar ligado à erupção de Yellowstone)

photos-et-voyages / Flickr

O lendário astrólogo, médico, farmacêutico e alquimista francês Nostradamus

Uma série de previsões referentes ao Dia do Juízo Final feitas há cinco séculos por Michel de Nostredame, popularmente conhecido como Nostradamus, está a voltar a ser questionada por teóricos da conspiração.

No seu livro Les Propheties (“As Profecias”) de 1555, o astrólogo francês escreveu sobre “fogo vulcânico” e terremotos devastadores na “Nova Cidade”, de acordo com a Sputnik News.

Muitos conspiracionistas acreditam que esta cidade seja uma referência ao continente norte-americano, que fora descoberto apenas cem anos antes por Cristóvão Colombo, pouco antes das profecias sombrias de Nostradamus e muitas vezes referido como o Novo Mundo, afirma o Express.

O jornal britânico aponta para os versos do astrólogo medieval francês, que fala sobre “um terremoto que deve preocupar particularmente a área ocidental da Nova Cidade” com uma potência que poderia ser “sentida em terras em todo o mundo” e “fogo vulcânico do meio da terra”, que causaria “tremores em torno da Nova Cidade”.

As tensões globais e os desastres naturais podem ser sinais da catástrofe que Nostradamus predisse há 500 anos, segundo o Before It’s News.

“Está na hora de mudar o mundo para um estado de preparação, não de conflito. A era das grandes inundações já começou. Não vai parar. Se a liderança do seu país não está a promover um Estado universal de preparação, talvez seja hora de encontrar uma nova liderança”, escreve o site.

Além disso, os meios de comunicação apontam também para os presságios dos finais dos tempos iminentes na passagem do Apocalipse da Bíblia sobre “uma enorme montanha, em chamas, atirada ao mar” e um “terço do mar se transformado em sangue”.

O jornal britânico acredita que a interpretação destas citações seja uma referência a Yellowstone. Se a região entrar em erupção, as emissões de dióxido de enxofre podem matar 87 mil pessoas e tornar inabitável a maior parte dos Estados Unidos, transformando-o num “inverno nuclear”, além de acarretar mudanças climáticas drásticas em todo o mundo.

Por outro lado, no entanto, o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS) afirma que as probabilidades de uma erupção são escassas, apontando que é mais provável um asteroide atingir a Terra e aniquilar a civilização do que Yellowstone entrar em erupção.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Em Miami e Nova Iorque, os polícias ajoelharam-se por George Floyd

Em Miami e em Nova Iorque, alguns agentes da autoridade juntaram-se aos manifestantes por breves momentos, para mostrar o seu respeito pela memória de George Floyd. Nos Estados Unidos, os protestos pela morte de George Floyd …

A Nova Zelândia está em cima de uma enorme bolha de lava

A Nova Zelândia situa-se no topo dos restos de uma pluma vulcânica gigante. Este processo é o responsável pela atividade vulcânica e desempenha um papel fundamental no funcionamento do nosso planeta. Nos anos 70, vários cientistas …

Petição busca estatuto de vítima para crianças em contexto de violência doméstica

Uma petição lançada na sexta-feria que reivindica a criação do estatuto de vítima para as crianças que vivem em contexto familiar de violência doméstica já foi assinada por mais de 1300 pessoas, entre elas personalidades …

Assimétrica e flutuante. A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai "nascer" em 48 horas

A primeira casa impressa em 3D na República Checa vai estar pronta no próximo mês para demonstrar a velocidade e a eficácia de uma técnica de construção que será sete vezes mais rápida e terá …

Anonymous garantem que princesa Diana foi assassinada para abafar caso Epstein

O movimento internacional de ciberativistas Anonymous - ou alguém que alega operar em seu nome - garante que a princesa Diana, que morreu num acidente de viação em agosto de 1997, foi, na verdade, assassinada …

Empresa de mineração pede desculpa por destruir cavernas sagradas aborígenes

A empresa mineira Rio Tinto admitiu que destruiu as cavernas pré-históricas que eram locais de culto para os aborígenes australianos e pediu desculpa. As cavernas de pedra Juukan Gorge 1 e 2 – dois locais de …

Itália exige "respeito": vai abrir fronteiras, mas excluir países que impõem restrições a italianos

Apesar de acredita "no espírito europeu", o ministro dos Negócios Estrangeiros italiano sublinhou que o país está pronto "para fechar as fronteiras" àqueles que não o respeitem. A Itália vai abrir as suas fronteiras internacionais a …

As Forças Armadas sul-africanas não estavam preparadas para um inimigo invisível

A Força de Defesa Nacional da África do Sul não está preparada para combater uma pandemia silenciosa como a da covid-19. Este "inimigo invisível" veio trazer à tona as fragilidades do país. As Forças Armadas da …

Putin convoca referendo sobre alterações constitucionais para 1 de julho

A aprovação da reforma constitucional permitirá ao atual Presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprir mais dois mandatos suplementares a partir de 2024. Vladimir Putin anunciou a data de 1 de julho para o referendo nacional de …

Depois das máscaras e do gel, procura por acrílico dispara

À semelhança do que aconteceu com as máscaras de proteção e com o álcool-gel, a procura mundial por acrílico está a aumentar. Primeiro foram as máscaras e o desinfetante em gel, mas agora há um novo …