Norte sem contágios por covid-19. Grande Lisboa regista 96,5% dos novos casos

Tiago Petinga / Lusa

Portugal regista hoje 1.424 mortes relacionadas com a covid-19, mais 14 do que no domingo, e 32.700 infectados, mais 200, segundo o boletim da Direcção-Geral de Saúde (DGS). 193 dos novos casos são na área da Grande Lisboa, representando 96,5% do total, enquanto o Norte não apresenta casos de contágio.

Em comparação com os dados de domingo, em que se registavam 1.410 mortos, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 1%. Já os casos de infecção subiram 0,6%.

Na Região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se tem registado o maior número de surtos nos últimos dias, há mais 193 casos de infecção – mais 1,7%, o que é uma descida relativamente à subida verificada no domingo, que foi de 2,5%.

Já no Norte, onde começou por ser mais problemático o surto, não apareceram novos casos de infecção nas últimas 24 horas.

Outra tendência que continua a verificar-se aponta para a continuidade da tendência do aumento de novas infecções em pessoas mais jovens. Dos 200 casos registados nas últimas 24 horas, 48 são em jovens entre os 20 e os 29 anos, o que constitui 24% do total. Há 35 novos casos na faixa etária dos 30 aos 39 anos, isto é, 17,5%. Na faixa dos 50 aos 69 anos, há um aumento de cerca de 11%, com 45 novos casos.

As pessoas recuperadas da infecção são, agora, 19.552, 143 das quais nas últimas 24 horas.

Há ainda 471 pessoas internadas, 64 nos Cuidados Intensivos.

A recuperar em casa estão 11.253 pessoas.

O número de crianças com covid-19 internadas no Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, é agora de 5. Havia, segundo dados anteriores, 14 crianças internadas. Só uma das crianças internadas está nos Cuidados Intensivos e encontra-se “estável”, de acordo com a directora-geral de Saúde, Graça Freitas.

Mulheres são as mais infectadas e as que morrem mais

A região Norte continua a ser a que regista o maior número de mortos (791), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (363), do Centro (239), do Algarve e dos Açores (ambos com 15) e do Alentejo, que regista um óbito, adianta o relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24 horas de domingo, mantendo-se a Região Autónoma da Madeira sem registo de óbitos.

Segundo os dados da DGS, 724 vítimas mortais são mulheres e 700 são homens.

Das mortes registadas, 958 tinham mais de 80 anos, 276 tinham entre os 70 e os 79 anos, 126 tinham entre os 60 e 69 anos, 45 entre 50 e 59, 16 entre os 40 e os 49. Há duas mortes registadas entre os 20 e os 29 anos e uma na faixa etária entre os 30 e os 39 anos.

Os dados da DGS precisam que o concelho de Lisboa é o que regista o maior número de casos de infecção (2.409), seguido por Vila Nova de Gaia (1.567), Porto (1.357), Matosinhos (1.280), Braga (1.225) e Gondomar (1.083).

Desde o dia 1 de Janeiro, registaram-se 326.278 casos suspeitos, dos quais 1.720 aguardam resultado dos testes.

Há 291.858 casos em que o resultado dos testes foi negativo, refere a DGS, adiantando que há 27.958 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.

Do total de infectados, 18.762 são mulheres e 13.938 são homens.

A faixa etária mais afectada pela doença é a dos 40 aos 49 anos (5.479), seguida da faixa dos 50 aos 59 anos (5.387) e das pessoas com idades entre os 30 e 39 anos (4.953).

Há ainda 4.559 doentes acima dos 80 anos, 4.344 entre os 20 e os 29 anos, 3.569 entre os 60 e 69 anos e 2.610 com idades entre 70 e 79 anos.

A DGS regista igualmente 691 casos de crianças até aos nove anos e 1.108 jovens com idades entre os 10 e os 19 anos.

De acordo com a DGS, 40% dos doentes positivos ao novo coronavírus apresentam como sintomas tosse, 29% febre, 21% dores musculares, 20% cefaleia, 15% fraqueza generalizada e 11% dificuldade respiratória.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. E que tal fazer a cerca sanitária à capital?! Não estou a falar da discoteca!!
    Temos de lidar com gente com falta de educação, desprovida de responsabilidades e depois dá nisto…
    Isto de termos de “levar” com os “sulitas” é dose!!!
    Nunca me inspiraram grande confiança. Aguardo a explicação da tvi, pois nisto de zonas mais abrangidas que outras, eles não costumam ter “paninhos quentes”!!
    Sim, claro que não espero sentado!

    • Sem o recurso ao vernáculo do colega paineleiro aqui do ZAP, concordo com a ideia de uma cerca sanitária na Região de Lisboa. Até porque está aí o 10 de junho e o feriado de Lisboa e, como é hábito, muita gente de Lisboa vai rumar ao Algarve que, até ao momento, tem tido a situação do surto contida.

RESPONDER

Despedida de Centeno e estreia de Leão. Eurogrupo elege presidente na quinta-feira

A eleição para a presidência do Eurogrupo, na quinta-feira, será a última reunião presidida por Mário Centeno e a estreia europeia de João Leão como ministro das Finanças. A eleição para a presidência do Eurogrupo é …

Governo está a preparar um programa específico de apoio ao Algarve

O Algarve terá um programa específico de apoio, que já está a ser preparado pelo Governo, avançou o ministro da Economia esta terça-feira. O ministro da Economia disse, esta terça-feira, que o Governo está a preparar …

OMS admite transmissão pelo ar e pede que se evitem espaços fechados

Depois do alerta de 239 especialistas, a Organização Mundial de Saúde diz que há novas provas de que o novo coronavírus se transmite pelo ar. A Organização Mundial de Saúde (OMS) admitiu, esta terça-feira, haver novas …

Lufthansa vai cortar mil empregos administrativos (e reduzir novas aeronaves a metade)

Esta terça-feira, a Lufthansa anunciou novas medidas do seu plano de reestruturação que incluem uma redução de mil postos de trabalho nos serviços administrativos. A companhia aérea alemã Lufthansa anunciou, esta terça-feira, que irá reduzir o …

Bloco deixa recado ao PS: voto do Suplementar não estará garantido para o OE2021

Depois de o PCP ter rompido o espírito de acordos à esquerda, foi a vez de o Bloco de Esquerda deixar avisos para 2021. Em entrevista ao portal esquerda.net, divulgada esta terça-feira, Mariana Mortágua deixa claro …

Ferrari vai enfrentar problemas no Mundial de F1 "sem chorar"

O diretor-geral da Ferrari elogiu o talento de Leclerc e mostrou-se preocupado com os problemas que afetaram Sebastian Vettel. O diretor-geral da Ferrari, Louis Camilleri, reiterou esta terça-feira a confiança na equipa e assegurou que a …

Governo russo exige 1,8 mil milhões de euros a empresa mineira por poluição no Ártico

A agência russa de defesa do ambiente exigiu uma indemnização de 147,8 mil milhões de rublos (1,8 mil milhões de euros) ao conglomerado mineiro Norilsk Nickel, pela grave poluição do Ártico com hidrocarbonetos. Em comunicado, a …

Perda de habitat pode aumentar doenças que passam de animais para humanos, prevê ONU

Um novo relatório da Organização das Nações Unidas (ONU) alertou que podem surgir mais doenças que passam de animais para humanos, como a covid-19, à medida que os habitats são devastados pela exploração da vida …

Rússia ameaça retaliar face às sanções "hostis" do Reino Unido

A Rússia ameaçou responder às sanções "hostis" anunciadas por Londres contra 59 pessoas e entidades, 25 delas russas. A Rússia vai responder às sanções "hostis" anunciadas pelo Governo britânico contra 49 pessoas e organizações, 25 das …

Ministério dispensa quase todos os alunos da renovação de matrículas (após ataques informáticos e o desespero dos pais)

As matrículas online são agora obrigatórias apenas para os alunos que no próximo ano lectivo vão iniciar os 5.º, 7.º e 10.º anos de escolaridade. O anúncio é feito pelo Ministério da Educação depois das …