Norte sem contágios por covid-19. Grande Lisboa regista 96,5% dos novos casos

Tiago Petinga / Lusa

Portugal regista hoje 1.424 mortes relacionadas com a covid-19, mais 14 do que no domingo, e 32.700 infectados, mais 200, segundo o boletim da Direcção-Geral de Saúde (DGS). 193 dos novos casos são na área da Grande Lisboa, representando 96,5% do total, enquanto o Norte não apresenta casos de contágio.

Em comparação com os dados de domingo, em que se registavam 1.410 mortos, hoje constatou-se um aumento de óbitos de 1%. Já os casos de infecção subiram 0,6%.

Na Região de Lisboa e Vale do Tejo, onde se tem registado o maior número de surtos nos últimos dias, há mais 193 casos de infecção – mais 1,7%, o que é uma descida relativamente à subida verificada no domingo, que foi de 2,5%.

Já no Norte, onde começou por ser mais problemático o surto, não apareceram novos casos de infecção nas últimas 24 horas.

Outra tendência que continua a verificar-se aponta para a continuidade da tendência do aumento de novas infecções em pessoas mais jovens. Dos 200 casos registados nas últimas 24 horas, 48 são em jovens entre os 20 e os 29 anos, o que constitui 24% do total. Há 35 novos casos na faixa etária dos 30 aos 39 anos, isto é, 17,5%. Na faixa dos 50 aos 69 anos, há um aumento de cerca de 11%, com 45 novos casos.

As pessoas recuperadas da infecção são, agora, 19.552, 143 das quais nas últimas 24 horas.

Há ainda 471 pessoas internadas, 64 nos Cuidados Intensivos.

A recuperar em casa estão 11.253 pessoas.

O número de crianças com covid-19 internadas no Hospital Dona Estefânia, em Lisboa, é agora de 5. Havia, segundo dados anteriores, 14 crianças internadas. Só uma das crianças internadas está nos Cuidados Intensivos e encontra-se “estável”, de acordo com a directora-geral de Saúde, Graça Freitas.

Mulheres são as mais infectadas e as que morrem mais

A região Norte continua a ser a que regista o maior número de mortos (791), seguida da região de Lisboa e Vale do Tejo (363), do Centro (239), do Algarve e dos Açores (ambos com 15) e do Alentejo, que regista um óbito, adianta o relatório da situação epidemiológica, com dados atualizados até às 24 horas de domingo, mantendo-se a Região Autónoma da Madeira sem registo de óbitos.

Segundo os dados da DGS, 724 vítimas mortais são mulheres e 700 são homens.

Das mortes registadas, 958 tinham mais de 80 anos, 276 tinham entre os 70 e os 79 anos, 126 tinham entre os 60 e 69 anos, 45 entre 50 e 59, 16 entre os 40 e os 49. Há duas mortes registadas entre os 20 e os 29 anos e uma na faixa etária entre os 30 e os 39 anos.

Os dados da DGS precisam que o concelho de Lisboa é o que regista o maior número de casos de infecção (2.409), seguido por Vila Nova de Gaia (1.567), Porto (1.357), Matosinhos (1.280), Braga (1.225) e Gondomar (1.083).

Desde o dia 1 de Janeiro, registaram-se 326.278 casos suspeitos, dos quais 1.720 aguardam resultado dos testes.

Há 291.858 casos em que o resultado dos testes foi negativo, refere a DGS, adiantando que há 27.958 contactos em vigilância pelas autoridades de saúde.

Do total de infectados, 18.762 são mulheres e 13.938 são homens.

A faixa etária mais afectada pela doença é a dos 40 aos 49 anos (5.479), seguida da faixa dos 50 aos 59 anos (5.387) e das pessoas com idades entre os 30 e 39 anos (4.953).

Há ainda 4.559 doentes acima dos 80 anos, 4.344 entre os 20 e os 29 anos, 3.569 entre os 60 e 69 anos e 2.610 com idades entre 70 e 79 anos.

A DGS regista igualmente 691 casos de crianças até aos nove anos e 1.108 jovens com idades entre os 10 e os 19 anos.

De acordo com a DGS, 40% dos doentes positivos ao novo coronavírus apresentam como sintomas tosse, 29% febre, 21% dores musculares, 20% cefaleia, 15% fraqueza generalizada e 11% dificuldade respiratória.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. E que tal fazer a cerca sanitária à capital?! Não estou a falar da discoteca!!
    Temos de lidar com gente com falta de educação, desprovida de responsabilidades e depois dá nisto…
    Isto de termos de “levar” com os “sulitas” é dose!!!
    Nunca me inspiraram grande confiança. Aguardo a explicação da tvi, pois nisto de zonas mais abrangidas que outras, eles não costumam ter “paninhos quentes”!!
    Sim, claro que não espero sentado!

    • Sem o recurso ao vernáculo do colega paineleiro aqui do ZAP, concordo com a ideia de uma cerca sanitária na Região de Lisboa. Até porque está aí o 10 de junho e o feriado de Lisboa e, como é hábito, muita gente de Lisboa vai rumar ao Algarve que, até ao momento, tem tido a situação do surto contida.

RESPONDER

"Checkmate". Rússia apresenta o seu novo jacto de combate revolucionário

O novo jacto é a aposta do governo russo para as exportações e pode vir a ditar o fim da supremacia (aérea e no mercado) do F-35 norte-americano. A Rússia apresentou o protótipo do novo jacto …

"É demasiado tarde". As palavras dos médicos aos doentes com covid-19 que recusaram a vacina

Estados Unidos da América contam com 48.49% da população totalmente vacinada, apesar de o processo ter estagnado nas últimas semanas. Os números de novas infeções crescem, assim como as mortes face ao crescimento galopante da …

"Pingdemic". Há uma nova "pandemia" a causar escassez de comida e combustível no Reino Unido

As medidas de distanciamento social no Reino Unido caíram e, como consequência, centenas de milhares de pessoas estão a ser notificadas para cumprir isolamento. A partir desta segunda-feira o uso de máscara e outras medidas de …

O lago mais improvável de Roma é um refúgio urbano (que impulsiona o ativismo ambiental)

O lago mais improvável de Roma, que nem sequer devia existir, motivou uma luta pela proteção ambiental do local. No anos 90, num local de construção a apenas alguns quilómetros a leste do Coliseu de Roma, …

Afeganistão. EUA lançam ataques aéreos enquanto Talibãs exigem a renúncia do Presidente

Os Estados Unidos (EUA) entraram num confronto pela cidade de Kandahar, realizando ataques aéreos em apoio às forças afegãs, enquanto os Talibãs apelam ao Presidente Ashraf Ghani para renunciar. O porta-voz do Pentágono, John Kirby, avançou …

A primeira casa impressa em 3D no Canadá é inspirada na sequência de Fibonacci

Depois de ter inspirado inúmeros edifícios, a sequência de Fibonacci serviu de musa à empresa de impressão em 3D Twente Additive Manufacturing (TAM), que criou a primeira casa impressa em 3D do Canadá. A Fibonacci House é …

Marcha do Orgulho de Budapeste será um protesto contra as leis anti-LGBTQI, diz organização

A marcha do Orgulho em Budapeste, que ocorrerá no sábado, será "uma celebração, mas também um protesto", disseram os organizadores, enquanto a comunidade LGBTQI húngara se prepara para desafiar a escalada da campanha anti-homossexual do …

PSD propõe máximo de 215 deputados e divisão de grandes círculos eleitorais

O PSD apresentou, esta sexta-feira, a sua proposta para a reforma do sistema eleitoral, que fixa um máximo de 215 deputados, menos 15 do que o total atualmente em vigor. A proposta do PSD para a …

Variante Lambda: o que saber sobre a nova mutação que preocupa as autoridades

Está a ter um foco mais circunscrito à América Latina, mas já houve dois casos desta mutação em Portugal. A OMS está atenta e de momento classifica a Lambda como uma variante de interesse. Foi inicialmente …

PSD força audição de Eduardo Cabrita sobre inquérito da IGAI

O PSD recorreu à figura da audição potestativa a que os partidos têm direito a usar regimentalmente para ouvir membros do Governo e entidades públicas.  O PSD requereu esta sexta-feira a audição parlamentar obrigatória do ministro …