Norte do país em alerta vermelho

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou esta segunda-feira sob aviso vermelho, de situação meteorológica de risco elevado, os distritos de Viana do Castelo, Braga, Porto e Vila Real.

Os distritos do litoral norte já estavam na manhã de hoje sob aviso laranja, o segundo mais grave numa escala de quatro, mas na última revisão o IPMA colocou-os sob aviso vermelho, o mais grave, devido a previsões de chuva e vento fortes para os próximos dias.

Os distritos de Bragança, Aveiro, Viseu, Guarda, Coimbra e Castelo Branco estão sob aviso laranja (estavam sob aviso amarelo). O aviso amarelo é o terceiro mais grave e implica risco para determinadas atividades. Leiria aparece na página da internet do IPMA sob aviso amarelo.

A escala de avisos do IPMA oscila entre o verde, sem nenhuma situação meteorológica de risco, e o vermelho, de muito risco.

De acordo com um comunicado do IPMA o agravamento das condições para os próximos dias, especialmente para esta terça-feira, deve-se à passagem de uma depressão com origem no ex-ciclone tropical Henri, centrada hoje a norte dos Açores.

A depressão irá aproximar-se da Corunha, Espanha, na próxima madrugada, em direção do Golfo da Biscaia.

Os efeitos da depressão irão prolongar-se até ao fim de quarta-feira e traduzem-se por precipitação forte e vento intenso nas regiões a norte do Mondego, diz-se no comunicado do IPMA.

As regiões do Minho, Douro e Beira Litoral, na tarde e na noite de terça-feira, vão ser as mais atingidas, com precipitação que pode ultrapassar os 100 mililitros em 24 horas.

O vento forte chegará ao litoral logo na manhã de terça-feira e deve prolongar-se até ao fim da manhã de quarta-feira.

A região sul será menos afetada mas no norte as rajadas serão na ordem dos 90 quilómetros a norte do rio Mondego, com rajadas superiores a 110 quilómetros nas terras altas.

O IPMA chama a atenção ainda para forte agitação marítima.

Com base nestas previsões a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alertou também hoje para “um agravamento excecional” das condições meteorológicas no norte e centro nos próximos três dias, com chuva forte, ondas até quatro metros e vento com rajadas até 130 quilómetros.

Num aviso à população emitido ao início da tarde a ANPC lembra que “não são de excluir eventuais fenómenos extremos de vento”, e chama a atenção para efeitos como formação de lençóis de água nas estradas, cheias rápidas em meio urbano, inundações, danos em estruturas montadas ou suspensas e “galgamento costeiro”.

A ANPC recomenda a desobstrução de sistemas de escoamento de águas, cuidados na condução, nomeadamente evitando zonas inundadas e arborizadas e a orla costeira, e a fixação de estruturas soltas, como andaimes.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Testes rápidos registaram maior número de sempre. APED defende venda nos super e hipermercados

O recurso a testes rápidos de antigénio à covid-19 está a aumentar em Portugal, tendo atingido o maior número a 7 de abril, com mais de 34 mil realizados nesse dia, segundo dados do Instituto …

Francisco Rodrigues dos Santos admite que tem sido "difícil" juntar o CDS (mas "não por falta de iniciativa")

Francisco Rodrigues dos Santos, presidente do CDS-PP, afirmou, numa entrevista ao Jornal de Notícias e TSF que tem sido "difícil" conquistar a coesão do partido. Em entrevista ao Jornal de Notícias e à TSF, o líder …

Isabel dos Santos usou equipa de espiões para provar "conspiração" e "vingança" de João Lourenço

A empresária Isabel dos Santos contratou uma firma de antigos agentes secretos israelitas para provar que foi vítima de um ataque orquestrado pelo governo de João Lourenço. Isabel dos Santos criou uma equipa de espiões para …

"Perdemos o avô da nação". Morte do príncipe Filipe deixou "um grande vazio" na vida de Isabel II

A morte do príncipe Filipe, duque de Edimburgo, na sexta-feira, aos 99 anos, deixou a Rainha Isabel II, sua esposa, com "um grande vazio na sua vida", disse este domingo aos jornalistas o seu filho …

Mapa online interativo ajudou indígenas do Panamá a fazer frente à pandemia

Quando a covid-19 chegou ao Panamá no ano passado, o cartógrafo Carlos Doviaza temeu pelas pessoas indígenas da sua comunidade. Por isso, para as ajudar, dedicou-se a fazer aquilo que faz melhor: mapas. "Pensei: 'Porque não …

"A política ama traição, mas despreza o traidor". Sócrates acusa PS de "ataque injusto" (e diz-se alvo de "vingança" da direita)

"A política ama a traição, mas despreza o traidor". No livro "Só Agora Começou", que será publicado nos próximos dias, José Sócrates acusa a atual direção do PS de traição. De acordo com o Diário de …

Portugal regista mais 566 casos e seis óbitos por covid-19

Portugal registou, este domingo, mais seis mortes e 566 novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde …

PS quer que Cavaco Silva diga "quando é que soube do buraco do BES"

O PS quer que o antigo Presidente da República Cavaco Silva esclareça "quando é que soube do buraco do BES" e porque é que "não agiu atempadamente" para evitar o aumento de capital, que gerou …

Perdoar o passado, celebrar o renascimento e cumprir tradições. A primavera traz o Nowruz, o ano novo persa

Assim que as flores começam a desabrochar e os dias ficam mais longos, fica claro que o Nowruz está prestes a chegar. A celebração do ano novo iraniano é secular, com raízes que remontam a …

“Mostrámos que sabemos governar”. Bloco apresenta candidata a Lisboa (e abre a porta a acordo com PS)

O Bloco de Esquerda apresentou a candidatura de Beatriz Gomes Dias à Câmara Municipal de Lisboa, pediu “mais força” para determinar a governação da cidade e abriu a porta a novos entendimentos com o PS …