Médico norte-americano acusado de matar 25 pacientes com doses letais de analgésicos

William Husel, antigo médico no Hospital Mount Carmel Health de Columbus, no estado norte-americano de Ohio, entregou-se à polícia esta quarta-feira depois de ser acusado de assassinar 25 pacientes com doses letais de analgésicos.

De acordo com a investigação, o antigo profissional na unidade de cuidados intensivos prescreveu aos seus pacientes dezenas de doses entre 500 a 2.000 mais gramas de Fentanil, que mataram pelo menos 25 pessoas entre 2015 e 2018.

O chefe de polícia, Tom Quinlan, disse, em conferência de imprensa, que as autoridades estão a investigar as circunstâncias da morte de cerca 35 pacientes.

“Os especialistas com que falamos afirmam com certeza que uma dose deste nível não poderia suportar qualquer propósito médico legítimo e que esta mesma dose causaria a morte”, acrescentou Ron O’Brien, do condado de Franklin, que investiga também o caso.

O Fentanil, recorde-se, foi uma das substâncias detetadas pelos médicos legistas no corpo do cantor Michael Jackson, que morreu em 2009, vítima de overdose medicamentosa.

Husel, de 43 anos, foi despedido do hospital em dezembro passado, depois de a polícia ter recebido informações de que “vários pacientes” tinham morrido durante os tratamentos prescritos pelo antigo médico no Mount Carmel Health. Depois de uma investigação interna no hospital, a sua carteira profissional foi revogada.

De acodo com a agência Associated Press, foram feitas duas dezenas de acusações contra o médico, tendo várias destas sido arquivadas mediante o pagamento de centenas de dólares, O hospital acabou por admitir que este só foi afastado no inverno passado e que, entre o início das acusações e o seu afastamento, três mortes terão ocorrido nas mesmas circunstâncias.

Todos os funcionários que trabalhavam com Husel durante a administração dos medicamentos aos pacientes que morreram foram afastados ou transferidos para outros serviços. Quarenta e oito enfermeiros e farmacêuticos foram sinalizados, 30 dos quais foram afastados e 18 deixaram de trabalhar em Mount Carmel.

Husel declarou-se inocente, tendo o seu advogado afirmando que o ex-médico não tinha a intenção de matar ninguém e que não realizou execuções por misericórdia. A fiança do réu foi fixada num milhão de dólares.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O problema é mundial. O criminoso entitulado de doutor com graves problemas de parafilias (psicopatia) mata seus pacientes e numa boa consegue defesa com as mesmas características com advogado do diabo que estende o crime no judiciário e o criminoso conseguira continuar matando em outro local de trabalho.

RESPONDER

Menos 115 deputados. Itália realiza referendo para reduzir Parlamento

A Itália organiza em 29 de março um referendo sobre a alteração da Constituição e a redução do número de deputados, uma data esta proposta pelo Governo de coligação entre o Movimento Cinco Estrelas (M5S) …

Flamengo chega a acordo com o Inter por Gabigol

Flamengo e Inter de Milão já chegaram a acordo para a transferência definitiva de Gabigol, jogador que esteve durante a última temporada na equipa brasileira por empréstimo. Segundo o portal brasileiro Globo Esporte, os dirigentes do …

Espanha quer "assaltar" o lugar de Centeno no Eurogrupo

Nadia Calviño, a número dois do Governo Espanhol, assume-se como favorita para assumir a presidência do Eurogrupo, caso o ministro das Finanças português, Mário Centeno, decida não entrar na corrida. A notícia é avançada esta terça-feira …

Dívidas de hospital de Lisboa travam compra de dois medicamentos para cancro

As dívidas do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte, que inclui os hospitais de Santa Maria e Pulido Valente, levaram o Tribunal de Contas (TdC) a chumbar a compra de dois medicamentos para um cancro …

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões da Sonangol para uma empresa de Isabel dos Santos

Em 15 dias, foram transferidos 73 milhões das contas da petrolífera estatal Sonangol no private banking do Eurobic, em Lisboa, para uma empresa de Isabel dos Santos, avança o Correio da Manhã esta terça-feira. …

Livro de John Bolton pode prolongar julgamento de Donald Trump

  Ao segundo dia de defesa dos advogados da Casa Branca no julgamento do impeachment de Donald Trump, caiu uma "bomba" no Senado. O livro escrito por John Bolton, ex-conselheiro de segurança nacional do Presidente dos …

Afinal, Bruno Fernandes pode rumar ao Barcelona (e fazer escala no Valência)

Afinal, o futuro do internacional português Bruno Fernandes pode passar por Espanha e não por Inglaterra, onde foi dado como quase certo. O negócio envolve dois emblemas espanhóis e o avançado ex-Benfica Rodrigo Moreno. De …

Coronavírus já matou 106 pessoas na China. E já chegou à Alemanha

A China elevou para 106 o número de mortos causados pelo coronavírus e o número de infetados já chegou aos quatro mil. Esta segunda-feira, confirmou-se um caso na Alemanha, sendo agora o segundo país da …

Iniciativa Liberal quer privatizar CGD, TAP e RTP

O Iniciativa Liberal quer privatizar a Caixa Geral de Depósitos, a TAP e a RTP. Esta segunda-feira, no Parlamento, o deputado único João Cotrim Figueiredo defendeu ainda a redução do IVA na eletricidade para uma …

PSD convidou BE e PCP para negociar. Teme-se uma "perigosa" coligação negativa no IVA da luz

O PSD está disponível para "conversar" com a esquerda parlamentar para negociar uma solução que permita baixar o IVA da eletricidade. A garantia foi dada por um dos coordenadores do processo orçamental do PSD, Duarte Pacheco, …