Parlamento Europeu manifesta “profunda preocupação” com nomeação de Portugal para procurador europeu

Francisco Seco / POOL / EPA

O primeiro-ministro, António Costa, no Parlamento Europeu

O Parlamento Europeu (PE) aprovou hoje o relatório sobre a quitação do orçamento do Conselho Europeu e do Conselho da UE para 2019 manifestando “profunda preocupação” com a nomeação de Portugal para o cargo de procurador europeu.

O assunto é abordado num capítulo dedicado ao “Papel do Conselho na nomeação dos procuradores europeus para a Procuradoria Europeia”, manifestando o PE “profunda preocupação com as revelações dos meios de comunicação social segundo as quais o Governo português transmitiu ao Conselho informações erróneas sobre as qualificações e a experiência do candidato classificado em segundo lugar pelo comité de seleção europeu, o que conduziu à sua nomeação para o cargo de procurador europeu português”.

Os eurodeputados salientam ainda que “os procuradores europeus devem ser independentes e que qualquer suspeita de intervenção de um governo nacional a favor de um candidato contra a recomendação do comité de seleção europeu teria um impacto extremamente negativo na reputação, na integridade e na independência da Procuradoria Europeia enquanto instituição”.

O PE lamenta ainda que “o Conselho não tenha respondido de forma adequada a várias perguntas escritas apresentadas por deputados ao Parlamento Europeu entre julho e setembro de 2020, nas quais se solicitava ao Conselho que indicasse as razões que o levaram a não seguir as recomendações do comité de seleção europeu e que prestasse esclarecimentos sobre o processo de avaliação que lhe permitiu decidir não seguir as recomendações do comité de seleção europeu”, situações verificadas na Bélgica, Bulgária e Portugal.

O PE aprovou hoje, com 633 votos a favor, 39 contra e 18 abstenções, o relatório sobre a quitação pela execução do orçamento geral da União Europeia para o exercício de 2019, Secção II – Conselho Europeu e Conselho.

A nomeação de José Guerra para procurador europeu deu origem a polémica, estando agora a ser analisada pelo Tribunal de Justiça da União Europeia (UE), na sequência de um recurso interposto pela procuradora do departamento Central de Investigação e Ação Penal Ana Carla Almeida contra a nomeação, pelo Conselho da UE, do magistrado português José Guerra para a Procuradoria Europeia.

Ana Carla Almeida entende que foi injustamente preterida no concurso e nomeação nacional para procurador europeu, após ter ficado em primeiro lugar na escolha do Júri Europeu.

A ministra da Justiça, Francisca van Dunem, já nomeou, entretanto, os quatro procuradores delegados e apelou, em 11 de março, aos 22 Estados-membros que fazem parte da Procuradoria a avançarem com as suas escolhas, de modo a que o organismo esteja operacional ainda este semestre, durante a presidência portuguesa do Conselho da UE.

A Procuradoria Europeia é, por designação, um órgão europeu criado para melhorar a cooperação entre os Estados-membros no combate aos crimes que prejudiquem os interesses financeiros da UE.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Em vez da conversa sobre a preocupação, a Europa devia obrigar Portugal a mandar de volta, o amigo do Costa e da ministra da Justiça escolhido à revelia, pois estava em 2º lugar enquanto a Procuradora que ficou e 1º lugar foi descartada. Trafulhices próprias dos xuxas

RESPONDER

No seu último discurso, presidente do Supremo atira críticas aos megaprocessos

António Piçarra, presidente do Supremo Tribunal de Justiça, centrou o seu último discurso na falta de eficácia do sistema judicial em tratar os processos especialmente complexos de corrupção. Para o presidente do Supremo Tribunal de Justiça, …

Viagens não essenciais de e para o Reino Unido permitidas a partir de segunda-feira

Cristóvão Norte, deputado do PSD, criticou a indefinição em torno das viagens do Reino Unido para Portugal, em entrevista à BBC. Entretanto, esta manhã, fonte governamental revelou que as viagens não essenciais de e para …

PPP na saúde levou Estado a "poupar" mais de 200 milhões

As Parceiras Público-Privadas (PPP) dos hospitais de Braga, Vila Franca de Xira, Loures e Cascais trouxeram ao Estado uma "poupança" de 203 milhões de euros, menos de um terço do que se esperava no arranque …

Praias podem receber mais banhistas este verão

Apesar de o semáforo de lotação das praias se manter nesta época balnear, a percentagem de ocupação sobe para os 90%. Quem não respeitar as regras estará sujeito a coimas. As limitações à lotação, introduzidas no …

Ritmo de vacinação da UE ultrapassa o dos EUA e China. Grécia reabre turismo

Atualmente, o ritmo de vacinação da União Europeia ultrapassa o registado nos Estados Unidos da América e na China, de acordo com os dados da plataforma Our World in Data. Os dados recolhidos pelo Público …

"Síndrome de Havana" tem sido cada vez mais reportada por militares dos EUA

Diplomatas norte-americanos, espiões e funcionários da Defesa nacional dos EUA sofreram mais de 130 casos de lesões cerebrais, conhecidos como síndrome de Havana. Segundo o jornal The New York Times, três agentes da CIA revelaram ter …

Caso Maddie. Polícia alemã tem novas provas contra Brueckner

A polícia alemã tem novas provas contra Christian Brueckner, o principal suspeito do rapto de Madeleine McCann, que desapareceu do empreendimento turístico Ocean Club, no Algarve, há 14 anos. De acordo com o procurador Hans Christian …

PSP propôs festa dos adeptos dentro de Alvalade, mas "não foi aceite"

A PSP avança que sugeriu, na reunião de preparação da festa do título, que os festejos ocorressem dentro do Estádio de Alvalade, mas que a proposta não foi aceite. Esta quinta-feira, o presidente da Câmara de …

Nuno Tavares e Rui Patrício podem juntar-se a Mourinho em Roma

Treinador português José Mourinho vai liderar a Roma e poderá contar com dois compatriotas na sua nova equipa. Mais de uma década depois, José Mourinho vai voltar ao campeonato italiano. O futuro treinador da Roma pode, …

Governo vai dar apoio de 500 euros a quem quiser completar a sua formação

O Governo quer aumentar as taxas de conclusão dos níveis de qualificação e como tal vai criar um incentivo financeiro atribuído a quem já tenha avançado no processo e esteja na fase final. O valor …