Ninguém cala Maurice. Queixas dos vizinhos não impedem galo de cantar

Os donos de uma casa de férias na ilha francesa de Oléron queixaram-se de que o galo Maurice cantava cedo demais. O tribunal decidiu que o “símbolo da França rural” pode cantar quando bem lhe apetecer.

O caso começou com uma queixa de “distúrbio anormal da vizinhança“. A acusação foi avançada por dois agricultores reformados de Haute-Vienne, que tinham casa de férias em Oléron e se sentiam incomodados pelo canto matinal de Maurice.

A casa ao lado de Maurice acusava-o de ser barulhento e cantar demasiado cedo. Também se queixaram do seu companheiro, o cão e ainda de buzinas e música. Tudo junto, um “dossier do barulho” e um “incómodo sonoro“, apontou o advogado da acusação.

O caso tornou-se paradigmático, pois em França o galo é considerado símbolo nacional, elevando-se uma guerra entre rural e urbano. O galo da discórdia, da ilha Oléron, chegou mesmo a ser elevado a símbolo da Franca rural e, esta quinta-feira, o tribunal deliberou a seu favor, multando os queixosos.

O tribunal, além de ter decidido que os queixosos não conseguiram provar que Maurice fosse um incómodo, multou-os em mil euros, a serem pagos por danos a Corinne.

“É uma vitória para todos os que estão na mesma situação que eu”, comentou Corinne Fesseau, dona do galo gaulês, que vive em Saint-Pierre-d’Oléron há 35 anos. “Espero que crie um precedente”, cita a AFP.

Assim que foi oficialmente acusado de perturbar a paz campestre dos vizinhos, Maurice tornou-se uma celebridade mundial — uma petição a favor do galo chegou a atingir perto de 140 mil assinaturas; foi também criado ‘merchandising’ e ainda milhares de cartas de apoio chegaram de todos os pontos do mundo, conta a Reuters.

A audiência decorreu em Julho e no tribunal de Rochefort os advogados de Corinne tiveram que defender que a acusação era ridícula, porque “os galos fazem parte da vida do campo”. Agora que a situação se resolveu legalmente, Corinne Fesseau sugere uma lei Maurice para que se possa proteger todos os ruídos naturais do campo.

Bruno Dionis du Sejour, presidente da câmara de Gajac já tinha escrito em maio uma carta a defender esta ideia: incluir os sons do campo — do badalar dos sinos ao cantar dos galos e mugidos das vacas — na lista do património francês.

Desta forma, seria possível defender a banda sonora da vida rural contra quaisquer queixas semelhantes, que se tornam cada vez mais frequentes. Especialmente em zonas como a de Saint-Pierre-d’Oléron, em que os sete mil habitantes durante o ano passam para mais de 35 mil na altura do Verão.

Ainda assim, este julgamento não é o último deste tipo. De acordo com o Le Monde, em Landes, o tribunal de Dax vai examinar, no início de outubro, o caso de patos e gansos acusados de gargalhar muito alto.

Avatar DR, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Besta dos cinco dentes". Descoberta nova espécie de mamífero na Patagónia

Paleontólogos descobriram uma nova espécie de mamífero, com dentes peculiares, que viveu na Patagónia durante o período Cretáceo. De acordo com a agência Europa Press, os fósseis foram encontrados em Cerro Guido, na província chilena de …

Com os zoos fechados, tudo serve para entreter uma família de lontras. Até um simples galho de bambu

O confinamento serviu como um lembrete indesejado de que ficar preso dentro de casa sem muito o que fazer pode ser desgastante. O mesmo é verdade para os animais, por isso os jardins zoológicos tiveram …

Uma ilha, cinco géneros. Os Bugis têm palavras para as "cinco maneiras de estar no mundo"

Uma ilha, cinco géneros. O povo Bugis é um poderoso grupo étnico que se destaca pelo reconhecimento de cinco géneros distintos. Na Indonésia, a ilha Sulawesi é a casa de um povo que reconhece cinco …

O "aeroporto do amanhã" está abandonado no meio de um pântano dos Estados Unidos

Era para ser o "aeroporto do amanhã", um centro intercontinental para aviões supersónicos com seis pistas e conexões ferroviárias de alta velocidade para as cidades vizinhas. Hoje, é pouco mais do que uma pista no …

Facebook remove (acidentalmente) página oficial de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa

O Facebook apagou a página de Ville de Bitche, uma remota cidade francesa. O município passou um mês a apelar à rede social para repor a página. "Recebemos uma mensagem no Facebook e também percebemos que …

NASA escolheu SpaceX de Elon Musk para a próxima missão tripulada à Lua

Elon Musk fecha contrato de 2,9 mil milhões de dólares para levar o Homem novamente à Lua. O contrato é a mais importante vitória da SpaceX e reforça a posição da empresa como parceira …

Benfica 1-2 Gil Vicente | Galo canta e silencia águia na Luz

STOP. O Gil Vicente visitou na tarde deste sábado o Benfica e saiu do palco da Luz com os três pontos na bagagem e a “cantar de galo”, ao vencer por 2-1, num duelo relativo …

"Longa vida à monarquia." Realeza britânica tende a viver mais três décadas do que a população geral

As diferenças na longevidade de alguns membros da família real em comparação com a população em geral são extremamente grandes, mas não incomuns. O príncipe Filipe, marido da rainha Isabel II e o consorte mais antigo …

Abominável (e falso) Homem das Neves. Líder russo usou Yeti para atrair turistas para a Sibéria

Um dos líderes regionais mais antigos de Vladimir Putin confessou ter encenado avistamentos falsos de Yetis numa tentativa de encorajar o turismo na Sibéria. Aman Tuleev, um dos líderes regionais de longa data do Presidente russo …

Irão já está a enriquecer urânio a 60%

O Irão avisou e já está a cumprir. Menos de uma semana depois de ter acusado Israel de um ataque contra a sua principal central nuclear, o país diz estar a enriquecer urânio com uma …